Momento Saúde

Famílias estão mais dispostas a doar órgãos, diz Unicamp

Publicados

em


A disposição das famílias em fazer doação de órgãos de parentes aumentou no Hospital de Clínicas (HC) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Segundo levantamento da instituição, o percentual de famílias que se negam a doar órgãos passou de 45%, de março a setembro de 2019, para 38% durante o mesmo período deste ano.

O número de doadores de órgãos teve ligeiro aumento no hospital neste ano. De janeiro a setembro de 2020, foram registrados 92 doadores, contra 86 em igual período de 2019.

O neurologista, médico intensivista e coordenador da Organização de Procura de Órgãos do HC de Campinas, Luiz Antonio da Costa Sardinha, atribuiu a melhora na disposição de doar ao treinamento da equipe do hospital em comunicação em situações críticas, iniciado no ano passado. “Treinamos muitos médicos e enfermeiros no que a gente chama de comunicação de más notícias e estamos, mesmo com essa pandemia, conseguindo coletar alguns resultados disso”, disse.

Transplantes

Conforme explicou Sardinha, a pandemia afetou de forma negativa a realização dos transplantes. “O risco de infecção aumentou. Alguns transplantes foram suspensos porque o receptor estava com covid-19”, disse. O médico também citou que a maioria dos hospitais fecharam seus serviços de transplantes. “O risco de infecção de um vírus dentro de um paciente transplantado, que usa remédios que diminuem a sua defesa – que a gente chama de imunomoduladores ou imunossupressores – pode aumentar a incidência das infecções”, explicou.

Leia Também:  Covid-19: Brasil tem 157,9 mil mortes e 5,43 milhões de casos

Edição: Kelly Oliveira

Fonte: EBC Saúde

Propaganda

Momento Saúde

Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia

Publicados

em


O balanço divulgado hoje (28) pelo Ministério da Saúde (MS) mostra 28.629 novos casos de covid-19 em 24 horas, desde o boletim divulgado ontem. Agora são 5.468.270 de casos desde o começo da pandemia. Além disso, foram registradas 510 novas mortes, totalizando 158.456 óbitos. Do total de infectados, 4.934.548 pessoas (90,2%) se recuperaram da doença.

O balanço do Ministério da Saúde é feito a partir de registros reunidos pelas secretarias estaduais de saúde e enviados à pasta para consolidação.

Covid-19 nos estados

São Paulo chegou a 1.103.582 de pessoas contaminadas. Os outros estados com maior número de casos no país são Minas Gerais (353.311) e Bahia (349.711). Já o Acre tem o menor número de casos (30.545), seguido de Amapá (51.523) e Roraima (56.469).

São Paulo também lidera o número de pessoas que morreram por complicações da covid-19, com 39.007 mortes. Rio de Janeiro (20.376) e Ceará (9.325) aparecem na sequência. Os estados com menos mortes são Acre (691), Roraima (692) e Amapá (744).

Edição: Aline Leal

Leia Também:  Prometer vacinação para dezembro ou janeiro "não é realista", diz pesquisadora
Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA