Momento Saúde

Hospitais privados em SP estão com 84% das UTIs ocupadas por casos de Covid-19

Publicados

em


source
Leito
Northwestern Medicine

Hospitais privados alertam para aumento de casos da Covid-19 no estado

De acordo com o Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (SindHosp), a taxa de ocupação dos leitos de UTI para Covid-19 entre os hospitais privados do estado é de 84%.

O levantamento foi divulgado ontem após uma pesquisa realizada em 76 unidades, que correspondem a 20% de todos os hospitais privados de São Paulo. Os dados foram coletados entre 23 e 26 de novembro e pesquisou o aumento em relação ao período de 16 a 19 de novembro.

Segundo o sindicato, a informação é um alerta para a gravidade do aumento de casos no estado, sugerindo uma nova onda da Covid-19. Na rede pública, a ocupação dos leitos de UTI no estado é de cerca de 52%, segundo boletim divulgado na segunda-feira (30).

Fonte: IG SAÚDE

Leia Também:  Diante de novas variantes do coronavírus, França desaconselha máscaras caseiras
Propaganda

Momento Saúde

Vacina de Oxford deve ter dose única para atingir mais pessoas, diz Fiocruz

Publicados

em


source
Fiocruz
Reprodução: BBC News Brasil

Deve haver uma maior lacuna entre as duas doses da vacina de Oxford, segundo defende a Fiocruz

O vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da Fiocruz, Marco Krieger, orientou nesta quinta-feira (21) que a  vacina de Oxford seja, em um primeiro momento, aplicada por meio de dose única para que mais pessoas possam ser vacinadas.

“O programa que vem sendo usado pela Inglaterra e outros países, é aproveitar a característica da vacina e disponibilizar a vacina para mais pessoas.”, disse, em entrevista à GloboNews

De acordo com Krieger, o imunizante produzido pela niversidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca tem eficácia de 73% por 120 dias a partir da aplicação da primeira dose, o que já seria suficiente para resuzir a carga viral da população e arrefecer a pandemia.

Leia Também:  Não há escassez de oxigênio no Pará, diz governador

“Tratamos a segunda dose como um reforço. Não é uma vacina que precisa de duas doses, já que tem uma eficácia com a primeira dose. Dados científicos mostram que o esforço nesse espaço de tempo (120 dias) aumenta um dos componentes da resposta imune em cerca de 7x e eleva a eficácia para acima dos 80%.”, explicou.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA