Momento Saúde

InfoGripe mostra tendência de aumento da covid-19 em algumas capitais

Publicados

em


O boletim InfoGripe, divulgado hoje (2) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), aponta que há uma tendência de aumento a longo prazo no número de internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Rio de Janeiro, no Recife e em Manaus. Segundo a Fiocruz, este ano 97,6% dos casos e 99,3% dos óbitos reportados que tiveram comprovação laboratorial para a causa da internação deram positivo para o vírus Sars-CoV-2, causador da covid-19.

Na Semana Epidemiológica (SE) 39, entre 20 e 26 de setembro, a análise mostra que em Manaus ocorreu um leve sinal de queda em curto prazo. Segundo o pesquisador Marcelo Gomes, coordenador do InfoGripe, a tendência de longo prazo avalia o períodos de seis semanas seguidas e a de curto prazo analisa três semanas.

De acordo com ele, o Brasil permanece na zona de risco muito alto para a SRAG, com ocorrências semanais bastante elevadas em todas as regiões do país. Por outro lado, o registro de óbitos e de casos notificados por covid-19 nacionalmente estão em queda. Porém, o pesquisador alerta que a situação é muito diversa de acordo com o estado do país.

“Aracaju, Fortaleza e Manaus já haviam apresentado sinal de crescimento no último boletim. No entanto, Manaus, que mostrou tal registro nas últimas seis semanas em relação à tendência de longo prazo, na última semana apresenta tendência de queda no curto prazo. Mesmo com sinal de estabilização na última semana, Recife e Rio de Janeiro apresentaram tendência de crescimento no longo prazo”.

Os dados indicam sinal forte de crescimento no longo prazo em Florianópolis, sendo moderado no curto prazo. Para Aracaju, Fortaleza, Macapá e Manaus o sinal é de crescimento no longo prazo. A tendência é de queda no longo prazo em Porto Velho, Palmas, Goiás, Campo Grande, Natal, Vitória, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre. No Distrito Federal, a tendência é de estabilização no curto prazo e queda em seis semanas.

Leia Também:  Marcos Pontes participa de publicação científica sobre nitazoxanida

Gomes chama a atenção para as novas medidas de flexibilização anunciadas no Rio de Janeiro que podem intensifica o crescimento observado nas últimas semanas.

Este ano, o Sistema Infogripe registrou 473.222 casos de internação por SRAG, com 54,6% do total apresentando resultado laboratorial positivo para algum vírus respiratório até o término da Semana Epidemiológica 39. Os casos positivos indicaram 0,5% de Influenza A, 0,2% de Influenza B, 0,4% acusaram vírus sincicial respiratório (VSR) e 97,6% foram causados por Sars-CoV-2 (Covid-19).

Edição: Liliane Farias

Fonte: EBC Saúde

Propaganda

Momento Saúde

Brasil deve avaliar possibilidade de vacina só para idosos, diz pesquisador

Publicados

em


source
Idoso
Rovena Rosa/Agência Brasil

Boa resposta imunológica da vacina de Oxford pode ajudar idosos do grupo de risco

A possibilidade de uma vacina contra a Covid-19 voltada especialmente aos idosos, que estão no grupo de risco da doença, deve ajudar a salvar vidas no Brasil. De acordo com o pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz, Júlio Croda, essa pode ser a melhor maneira de aproveitar a  resposta imunológica robusta da vacina de Oxford nessa população.

“Se uma dessas vacinas for mais importante nos idosos e mostrar uma proteção maior, pode ser feita uma escolha, se o Brasil tiver essa opção, para que seja feita uma vacina que tenha uma melhor resposta em idosos e uma vacina que tenha uma melhor resposta em adultos jovens, por exemplo”, disse o pesquisador em entrevista à CNN Brasil.

A vacina, que é desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca em parceria com a Universidade Oxford, já conta com um enorme investimento prometido pelo governo federal e pode se tornar o principal imunizante a ser distribuído no Brasil.

Leia Também:  "Situação obviamente não é técnica, tem componentes políticos", diz Dimas Covas
Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA