Momento Saúde

Maioria dos norte-americanos deve ser vacinada contra Covid-19 até julho

Publicados

em


source
Ainda não existe vacina contra a doença, mas há várias em testes de estágio avançado no país, como as da Pfizer, da Moderna e da Johnson & Johnson
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Ainda não existe vacina contra a doença, mas há várias em testes de estágio avançado no país, como as da Pfizer, da Moderna e da Johnson & Johnson

O chefe do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, Robert Redfield, disse ao comitê do Senado do país que a maioria dos norte-americanos devem ser vacinados contra a Covid-1 9 até julho de 2021. A doença já matou mais de 200 mil pessoas nos EUA.

Redfield afirmou que acredita que haverá cerca de 700 milhões de doses de vacinas até o fim de março ou abril, o suficiente para 350 milhões de pessoas.

“Acho que vamos precisar de abril, maio, junho, vocês entendem, possivelmente julho, para que o público americano inteiro seja completamente vacinado”, disse ele ao Comitê de Saúde, Educação, Trabalho e Pensões do Senado.

Leia Também:  ‘Não vamos controlar a pandemia’, diz chefe de Gabinete de Trump

Apesar de ainda não existir uma vacina oficial no país, há várias em testes de estágio avançado, como as da Pfizer, da Moderna e da Johnson & Johnson. As empresas começaram a fabricar as vacinas contando com uma autorização regulatória rápida assim que for provado que funcionam.

Redfield disse que a Operação Warp Speed, grupo governamental que conta com autoridades dos departamentos da Saúde, dos Serviços Humanos e da Defesa, decidirá como alocar as vacinas nos EUA.

Fonte: IG SAÚDE

Propaganda

Momento Saúde

Mundo registra mais de meio milhão de casos da Covid-19 em 24h

Publicados

em


source
Mundo registra mais de meio milhão de casos da Covid-19 em apenas um dia e bate novo recorde, segundo agência
Foto: Divulgação/Prefeitura de Campinas

Mundo registra mais de meio milhão de casos da Covid-19 em apenas um dia e bate novo recorde, segundo agência

O mundo registrou um novo recorde de mais de 500 mil novos casos  da Covid-19, na terça-feira (27). Os dados foram divulgados pela agência AFP com base nos números divulgados pelas autoridades de saúde. No total, foram 516.898 novas infecções e 7.723 mortes nas últimas 24 horas.

Mais da metade dos casos registrados em 24 horas estão localizados nos dez países mais afetados, segundo o levantamento da AFP: Estados Unidos, Índia, Brasil, Rússia, França, Espanha, Argentina, Colômbia, Reino Unido e México.

A Europa é o continente onde a pandemia avança mais rápido, com uma média diária maior que 220 mil novos casos nos últimos sete dias, um aumento de 44% em relação à semana anterior, segundo a AFP.

Leia Também:  Taxa de transmissão da Covid-19 fica abaixo de 1 pela quinta semana seguida

Europa e a segunda onda

Os governos da Alemanha e da França anunciaram nesta quarta-feira (28) um lockdown parcial para conter a segunda onda do novo coronavírus nos dos países. 

No caso alemão, bares, restaurantes e outros estabelecimentos ficarão fechados por quatro semanas a partir de segunda (2), mas escolas e comércio permanecem abertos.

Na França, as restrições começam nesta sexta-feira (30) e durarão até 1ª de dezembro, no mínimo.

“Estamos agora em um ponto em que, pela média nacional, não sabemos mais de onde vieram 75% das infecções. Só conseguimos verificar 25%”, explicou a chanceler Angela Merkel.

A decisão foi tomada depois que autoridades de saúde alemãs registraram quase 15 mil novos casos em 24 horas, o maior número de diagnósticos diários no país desde o início da pandemia. São mais de 449 mil casos de Covid-19 desde o começo da crise sanitária na Alemanha.

A República Tcheca também retomou medidas de isolamento e decretou toque de recolher a partir desta quarta entre as 21h e 6h (horários locais). O país já havia estabelecido limitações na circuação, o fechamento de lojas, escolas e restaurantes e o uso obrigatório de máscaras.

Leia Também:  ‘Não vamos controlar a pandemia’, diz chefe de Gabinete de Trump
Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA