Momento Saúde

Medidas restritivas para combater a covid-19 começam hoje em Salvador

Publicados

em


Começa a valer a partir das 17h de hoje (25) as medidas restritivas adotadas pela Prefeitura de Salvador para conter o avanço nos casos de covid-19 na capital baiana. Com isso, todas as atividades não essenciais terão que fechar as portas até as 5h da segunda-feira (1°).

Desde a terça-feira (23), todos os campos e quadras públicos estão fechados para a realização de atividades esportivas. Ontem (24), foi a vez das praias e clubes sociais da cidade que voltaram a ser fechados. Nos dois casos, as determinações valerão pelo prazo inicial de sete dias.

Segundo o prefeito Bruno Reis, as interdições visam ampliar o isolamento social para conter o avanço de casos da covid-19 e evitar um possível colapso na rede de assistência à saúde. A capital baiana já tem um toque de recolher a partir das 20h, enquanto os bares e restaurantes só podem funcionar até as 18h.

“Diante da situação crítica da rede de saúde com o aumento dos casos, acabei de anunciar em conjunto com o governador da Bahia, Rui Costa, novas medidas para nossa cidade e toda região metropolitana. A partir de sexta (26), 17h, até segunda (1º), 5h, vamos fechar todas as atividades não essenciais”, disse o prefeito por meio de uma rede social.

Edição: Valéria Aguiar

Leia Também:  SP: trabalhadores do transporte serão vacinados a partir de 18 de maio
Fonte: EBC Saúde

Propaganda

Momento Saúde

Pfizer: 1 milhão de doses da vacina serão distribuídas em maio

Publicados

em


O Ministério da Saúde anunciou hoje (22) que enviará a estados e municípios 1 milhão de doses da vacina da Pfizer/BioNTech contra a covid-19 no mês de maio. Serão distribuídas inicialmente 500 mil doses no início do mês para a primeira dose. Uma semana depois, será encaminhada nova remessa com mais 500 mil doses.

Semana passada, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, divulgou que a Pfizer vai adiantar a entrega de 2 milhões de doses do imunizante para o Brasil no primeiro semestre. O governo brasileiro tem um contrato com a farmacêutica para a entrega de 100 milhões de doses até o final de 2021. Segundo Queiroga, estão garantidas 15,5 milhões de doses da vacina da Pfizer para os meses de abril, maio e junho.

A orientação do Ministério da Saúde é que as secretarias estaduais de saúde priorizem cidades com câmaras refrigeradas. Isso porque a vacina da Pfizer/BioNTech demanda temperaturas especiais de armazenamento.

Em condições normais, ela deve ser guardada em um ambiente de -90º à -60º. A Anvisa permitiu uma flexibilização desse patamar, autorizando de – 25º à -15º. Contudo, essa condição só pode ocorrer por até 14 dias.

Leia Também:  São Paulo antecipa vacinação contra covid-19 para pessoas com 64 anos

Uma vez retiradas dos refrigeradores e colocadas na rede de frio nacional, cuja conservação é de temperaturas de 2 graus Celsius a 8 graus Celsius, as equipes de saúde têm até cinco dias para fazer a aplicação sem risco de prejudicar a eficácia do imunizante.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA