Momento Saúde

Municípios de SP terão apoio de 20 mil policiais no feriado prolongado

Publicados

em


.

Para ajudar os municípios a evitar aglomerações de pessoas nas praias do litoral paulista no feriado prolongado de 7 de Setembro, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo vai implantar a Operação Independência. A ação tem início hoje (4) e vai até a próxima terça-feira (8), mobilizando 20 mil policiais.

Esses policiais foram requisitados ao governo de São Paulo por prefeitos do litoral e de estâncias turísticas do estado. Os prefeitos temem que, com o feriado prolongado, turistas se desloquem para essas regiões e promovam aglomerações, o que facilita a disseminação do novo coronavírus.

Os policiais, então, ajudariam a patrulhar estradas e também devem apoiar as ações de fiscalização de medidas sanitárias. “Cada município tem o direito de estabelecer os seus limites para parques, praças, praias e calçadões. O governo de São Paulo apoiará aqueles que solicitaram formalmente o apoio da Polícia Militar (PM) no sentido de proteger a vida de seus cidadãos”, disse o governador de São Paulo, João Doria.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, as ações no feriado prolongado vão envolver também o uso de 7,2 mil viaturas, 880 motocicletas, 35 montarias, 11 helicópteros Águia da PM e oito drones para monitoramento de pontos estratégicos nas rodovias e também nas áreas urbanas, como praias.

Leia Também:  Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19

A fiscalização de tráfego vai se concentrar em testes de bafômetro e verificação do uso obrigatório de cinto de segurança, assentos infantis e capacetes. A cada dia devem ser instalados 160 pontos de fiscalização nas estradas e 1,5 mil em áreas urbanas.

No litoral, a PM fará patrulhamento ostensivo em áreas de orla ou que concentram quiosques, bares e restaurantes. Haverá uso de megafones para divulgação de mensagens de conscientização e prevenção ao novo coronavírus e também apoio a equipes locais de Vigilância Sanitária e Guarda Civil.

Sem desfile

Por causa da pandemia do novo coronavírus e atendendo a uma recomendação das autoridades sanitárias, não haverá desfiles ou paradas em homenagem à Independência do Brasil, celebrada no dia 7 de setembro. A informação foi dada hoje (4) pelo governador de São Paulo, João Doria.  

Ouça na Radioagência Nacional

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Saúde

Propaganda

Momento Saúde

Saúde atualiza números da pandemia: Brasil tem 363 novos óbitos

Publicados

em


.

Segundo a última atualização do Ministério da Saúde, mais 363 pessoas morreram por causa da covid-19 no Brasil neste domingo (20). Com isso, o total de óbitos chega a 136.895 desde 27 de março. 

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 3%. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 65,1. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 2.162,6. As informações são do Ministério da Saúde e estão disponíveis na internet.

De acordo com a atualização de dados feita às 18h, 16.389 pessoas tiveram confirmadas novas contaminações hoje. O balanço totaliza 4.544.629 casos de contaminação pelo novo coronavírus Segundo o ministério, 3.851.227 de pessoas recuperaram a saúde depois da infecção – cerca de 85% dos casos.

A Região Sudeste registra um total de 1,581 milhão de casos de infecção pela covid-19, seguida pela Região Nordeste com 1,272 milhão de casos. No Norte do país, somam 600,8 mil casos. No Sul, 545,2 mil. E no Centro-Oeste, mais de 544 mil casos.

Leia Também:  A logística de apoio à população da Amazônia no combate à pandemia de Covid-19

O Estado de São Paulo, o mais populoso é o com maior número de contaminações. Desde o início da pandemia no Brasil, a região registra 935.300. Nesse período, 33.952 mortes ocorreram no estado por causa da covid-19.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA