Momento Saúde

Prefeito de Santos ameaça fechar praia por causa do feriado de 7 de setembro

Publicados

em


source
Prefeito de santos ameaça fechar praias em entrevista a CNN
Reprodução/Redes Socias

Prefeito de santos ameaça fechar praias em entrevista a CNN

Prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) ameaçou fechar praias caso o Estado não apoie a cidade a evitar aglomerações no feriado de 7 de setembro. Desde 22 de junho atividades esportivas individuais são permitidas nas faixas de areia, comércio ambulante foi liberado no dia 27 do último mês .

Com a estabilização dos casos de Covid-19 em São Paulo, a população começou a se sentir mais a vontade para sair de casa, ainda que os últimos números da secretaria de saúde indiquem 30,6 mil mortos pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) no Estado  paulista. A movimentação preocupa prefeitos das cidades litorâneas quanto ao feriado do dia 7 de setembro, que tem previsão de tempo ensolarado e aglomeração nas praias .

Para o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), participar de aglomerações neste feriado e deixar de utilizar máscara é um ato de irresponsabilidade com a vida e a saúde. Em coletiva de imprensa ele pediu:  “Não façam aglomerações em praias, em calçadões, em praças, em parques, em clubes, em condomínios ou residências privadas”.

Leia Também:  INSS informa que 202 peritos compareceram ao trabalho hoje

Paulo Alexandre Barbosa foi convidado pela CNN para falar ao vivo sobre as medidas a serem tomadas para evitar a acumulação de pessoas nas faixas de areia. O prefeito espera que o governo do Estado de São Paulo organize uma campanha de orientação e controle a entrada de pessoas na Baixada Santista .

Contando que a população chega até as cidades pela Rodovia Anchieta, Barbosa diz que foi requerido ao Governo a distribuição de máscaras nas praças de pedágio e que a polícia auxilie na fiscalização do uso desse equipamento na região.

Ainda assim, caso as praias fiquem cheias, o prefeito diz que terá que tomar medidas mais restritivas. “Nesse momento, com a evolução da pandemia, nenhuma opção será descartada. Se nós tivermos que fechar a praia, nós vamos fechar “, afirmou.

Anteriormente, Barbosa já havia ameçado fechar as praias caso a população continuasse ignorando as determinações de distanciamento social e uso obrigatório de máscaras. Na época, chegou a mencionar que a prefeitura deveria encaminhar à Câmara Municipal um projeto para aplicar multas a quem participasse ou incentivasse aglomerações .

Para ele medidas extremas não seriam justas com a população da Baixada Santista, pois ela “está consciente do seu papel”. A região está há mais de um mês na fase amarela do Plano de São Paulo e apresenta os melhores indicadores do Estado para chegar até a fase verde.

“O que nós observamos é que muitas vezes os turistas que vem usufruir da região não tem a mesma consciência”, completa Paulo Alexandre Barbosa.


Fonte: IG SAÚDE

Propaganda

Momento Saúde

Estudo encontra gene responsável por resposta imune à Covid-19 na América do Sul

Publicados

em


source
gene
Pixabay

Gene pode ser chave para a criação de vacinas voltadas para a região

Uma pesquisa com participaçao da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP encontrou os primeiros registros dos genes HLA na América do Sul. O gene é importante por expor o novo coronavírus (Sars-CoV-2) às células de defesa do corpo, sendo fundamental no desenvolvimento de vacinas.

O estudo foi feito a partir de um banco de informações genéticas da população, o que ampliou a base de dados genética do grupo. Assim, os pesquisadores mapearam áreas do vírus que podem ser mais vulneráveis aos genes HLA. Caso aplicada, a pesquisa pode facilitar diagnósticos e kits de vacinas específicas para a região.

Ao jornal da USP, o geneticista e biotecnólogo Ruy Diego Chacón afirmou que a base de dados sobre os genes HLA mais usada no mundo, a Allele Frquency Database, não possui informações aprofundadas sobre o continente sulamericano. “Para atender essa limitação, fizemos um levantamento de mais de 2.000 estudos genéticos e geramos informações atualizadas e mais representativas sobre as variações dos genes mais comuns nos países da região”, afirmou.

Leia Também:  Como a pandemia de Covid-19 pode levar a uma revolução nas vacinas
Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA