Momento Saúde

Rio inicia campanha para aumentar doação de sangue

Publicados

em


O Instituto Estadual de Hematologia do Rio (Hemorio) lança hoje (14) uma campanha para ampliar as doações de sangue no estado. A campanha Cada Gota Importa busca reverter a queda nos estoques de derivados de sangue ocorrida devido à pandemia de covid-19.

Segundo o Hemorio, a pandemia provocou uma queda de 30% nos estoques do produto. Para atender a demanda dos pacientes no estado do Rio, é necessário obter pelo menos 300 bolsas de sangue por dia. A média atual é de 210.

Além do Hemorio, haverá pontos de coleta em outros cinco locais: Barra Shopping, Park Shopping, Via Brasil Shopping, Hospital Municipal Lourenço Jorge e Hospital da Criança.

Quinhentos bilhetes unitários de Metrô serão distribuídos para facilitar o deslocamento de quem quiser doar. E, para evitar aglomerações em transportes públicos, o aplicativo de transporte privado 99 dará R$ 30 nas viagens de ida e mais R$ 30 nas viagens de volta até o Hemorio.

A campanha se estende até o dia 30 de junho. Para doar, é preciso ter entre 16 e 60 anos (menores de idade devem ter autorização), pesar pelo menos 50 kg e estar bem de saúde. Os idosos que já são doadores podem também participar, desde que tenham, no máximo, 69 anos.

Leia Também:  Tóquio 2020: Recorde de casos de covid liga alerta, mas tem ligação com Jogos?

É necessário ainda apresentar um documento de identidade oficial com foto. Não é preciso estar em jejum, apenas evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e não ingerir bebidas alcoólicas 12 horas antes.

Covid-19

Pessoas que tiveram covid-19 ficam inaptas por 30 dias após a cura. O mesmo acontece com quem chegar de viagens internacionais (não podem doar por 30 dias). Candidatos à doação que tiveram a forma grave da covid-19 ficam inaptos por um ano após a cura.

Quem tomou as vacinas da Pfizer e AstraZeneca fica inapto por sete dias, enquanto aqueles que receberam o imunizante da CoronaVac ficam impedidos de doar por 48h, mesmo período para aqueles que foram vacinados contra a gripe.

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Saúde

Propaganda

Momento Saúde

Rio: 24 cidades estão sem mortes por covid-19 há duas semanas    

Publicados

em


Dos 92 municípios do estado do Rio, 24 estão há duas semanas sem registrar mortes por covid-19. O levantamento é de técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgado nesta sexta-feira (30). A análise levou em consideração dados das semanas epidemiológicas 27 e 28, período de 4 a 17 de julho.

As cidades sem óbitos provocados pela doença são: Aperibé, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cambuci, Cantagalo, Cardoso Moreira, Carmo, Comendador Levy Gasparian, Cordeiro, Duas Barras, Italva, Itaocara, Laje do Muriaé, Macuco, Miguel Pereira, Paracambi, Paty do Alferes, Rio das Flores, Santa Maria Madalena, São José de Ubá, São Sebastião do Alto, Sumidouro, Trajano de Moraes e Varre-Sai.

O secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe disse que é importante destacar que essa análise não pode ser feita com semanas tão próximas. “É preciso respeitar 15 dias, ao menos, para que as informações estejam mais consolidadas. O resultado é consequência da vacinação no estado do Rio de Janeiro, que já atingiu mais de 50% de toda população fluminense adulta com ao menos uma dose da vacina”, avaliou.

Leia Também:  Covid-19: São Paulo vacina pessoas de 28 anos nesta sexta-feira

A secretaria informou ainda que muitos casos são notificados após a data do óbito. Por essa razão, desde o início da pandemia, recomenda-se que a análise das informações seja feita pela data de ocorrência da morte; e não pela data de notificação ou confirmação.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA