Momento Saúde

Rússia: vacinação em massa contra Covid-19 começa em outubro

Publicados

em


source
vacina
Serviço de Imprensa/Ministério da Defesa da Rússia

Ministro da Saúde afirmou que em outubro deve começar a imunização em massa

O Ministro da Saúde da Rússia declarou que testes de vacina contra o coronavírus (Sars-Cov-2) foram completados e que o país deverá dar início à vacinação em massa no mês de outubro.  Mikhail Murashko fez as declarações em entrevista ao site Sputnik. 

“Estamos nos preparando para que em outubro comece a vacinação em massa contra o coronavírus”, disse o ministro.

“A vacina contra a infecção pelo coronavírus, desenvolvida pelo instituto Gamalei, completou suas pesquisas clínicas”, afirmou Murashko. Segundo o governo russo, atualmente estão sendo colhidos os documentos necessários para o registro oficial da vacina do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei, que precederá seu uso.

Leia Também:  Com tecnologia barata, cientistas visualizam replicação de Covid-19 se em célula

No plano, médicos e professores deverão ser os primeiros a ser vacinados. Mas ainda são esperadas pelo menos duas declarações oficiais sobre os testes clínicos de outras vacinas desenvolvidas na Rússia nos próximos 45 dias.

No último dia 29, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, havia dito que a situação do coronavírus na Rússia havia se estabilizado mas que em algumas regiões a situação ainda é complicada.

Nos meses de junho e julho o número de infectados caiu pela metade na Rússia, em comparação com os números recordes em maio, mas a situação ainda pode se agravar.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Momento Saúde

Covid-19: 81% dos bairros de Belo Horizonte já registraram casos da doença

Publicados

em


source
BH
Wikipedia

Segundo último boletim de Saúde, a capital mineira soma 615 óbitos causados peal Covid-19

Na noite desta quarta-feira, a  Prefeitura de Belo Horizonte divulgou novo balanço sobre a expansão da Covid-19 na capital mineira. Até o momento, os casos confirmados somam 22.676 e 615 pessoas já morreram, sendo dez apenas nas últimas 24h.

Porém, o dado que chama mais atenção no boletim é a informação de que o novo coronavírus já se espalhou 394 bairros de Belo Horizonte , o que representa 81% dos 487 que compõem a cidade.

Lindéia continua sendo o bairro com o maior número de mortes confirmadas, com 13, seguido de Cabana do Pai Tomás, no oeste da cidade (11), e Serra, na região centro-sul (10), os outros dois que somam dígitos duplos na contagem.

Leia Também:  Vacina de Oxford evita que macacos tenham pneumonia, diz pesquisa

Já na soma de infectados , a liderança fica com Buritis, na região oeste, com 109 diagnósticos positivos. Na sequência, aparecem Lourdes (92), Castelo (83), Alto Vera Cruz (81) e Serra (78).

No estado de Minas Gerais, que voltou a registrar recorde diário de óbitos , já são quase 140 mil casos e 3.195 mortes, o que faz com que a capital Belo Horizonte represente, respectivamente, 16% e 19% dos dados.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA