Momento Saúde

Saúde diz que busca solução para certificado de quem tomou vacinas diferentes

Publicados

em


source
Aplicativo Conecte SUS
Divulgação

Aplicativo Conecte SUS


Diante do problema no aplicativo Conecte SUS, que  não permite a emissão do Certificado da Vacinação a pessoas que completaram o esquema vacinal com dois tipos de imunizante, o Ministério da Saúde disse que “busca uma solução”. Procurada pelo iG, a assessoria de comunicação da pasta reconheceu o problema  e se limitou a dizer que tenta resolvê-lo.

“O Ministério da Saúde informa que busca uma solução para que seja possível emitir o certificado de vacinação no aplicativo Conecte SUS em situações que ocorram intercambialidade de vacinas”, diz o texto. A pasta não estimou um prazo para resolver o impasse.

Tal intercambialidade ocorre em algumas situações no Brasil. Dois exemplos são o caso de gestantes que tomaram a primeira dose da vacina de Oxford/ AstraZeneca e foram recomendadas a completar o esquema vacinal com o imunizante da Pfizer e os casos em que houve falta de um tipo de vacina e os estados liberaram a aplicação de outra marca para segunda dose.


Em meio a isso, o aplicativo é uma ferramenta importante no atual estágio da pandemia porque serve como comprovação de que o cidadão está imunizado contra a Covid-19. Mesmo sem consenso entre as autoridades — o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é contra a instituição de um “passaporte da vacina” —, essa comprovação já é exigida para acessar alguns lugares, como estádios de futebol .

Fonte: IG SAÚDE

Propaganda

Momento Saúde

Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes

Publicados

em


O balanço divulgado neste sábado (4) pelo Ministério da Saúde registra 8.838 novos diagnósticos de covid-19 em 24 horas. O dado eleva para 22.138.247 o número de pessoas infectadas pela doença desde o início da pandemia no país. Ontem (3), o painel de estatísticas marcava 22.129.409 casos acumulados.

As mortes pelo novo coronavírus ao longo da pandemia somam 615.570. Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 170 novos óbitos. Ontem, o painel de informações marcava 615.400 mortes acumuladas.

O balanço apontou também 163.325 pacientes em acompanhamento e 21.359.352 recuperados da doença.

Estados

Os estados com mais mortes são os seguintes: São Paulo (154.348), Rio de Janeiro (69.132), Minas Gerais (56.309), Paraná (40.807) e Rio Grande do Sul (36.198).

Já as unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.849), Amapá (2.004), Roraima (2.056), Tocantins (3.922) e Sergipe (6.047).

Boletim covid 04.12.2021 Boletim covid 04.12.2021

Boletim covid 04.12.2021 – Ministério da Saúde

Edição: Paula Laboissière

Fonte: EBC Saúde

Leia Também:  Apesar da Ômicron, Bolsonaro diz que Brasil 'não suporta mais um lockdown'
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA