Momento Saúde

SP recebe 475 mil doses da Pfizer e 374 mil da Janssen, anuncia Doria

Publicados

em


source
Governador João Doria
Reprodução/Governo de SP

Governador João Doria


O estado de São Paulo deve receber 475 mil doses da Pfizer e 374 mil da Janssen, afirmou João Doria em resposta ao iG Saúde quarta-feira (23). Mais cedo, o governador disse que o Ministério da Saúde que regularizou hoje as entregas das vacinas da Pfizer e que, já na próxima sexta-feira,  devem ser entregues os imunizantes da Johnson — 1,5 milhão de doses, metade do que foi previsto anteriormente.

“Estamos recebendo, no dia de hoje, estas 475 mil doses no centro de distribuição e logística do estado de São Paulo”, afirmou Regiane de Paula, coordenadora geral do programa estadual de imunização sobre a vacina da Pfizer.

“Em relação a Janssen, acho que todos lembram, o ministro Marcelo Queiroga afimrou à imprensa que receberia 3 milhões de doses no dia 15 de junho, mas isso não se consolidou”, continuou. “O estado de São Paulo tem uma previsão, [que era de 678 mil doses caso fossem entregues as 3 milhões], de um recebimento, até o final de semana, de aproximadamente 374 mil doses da Janssen”, concluiu Regiane, em resposta ao iG Saúde.

Leia Também:  SP: vacinação contra covid-19 para pessoas de 28 anos começou hoje
Fonte: IG SAÚDE

Propaganda

Momento Saúde

Covid-19: Rio tem vacinas para imunização até a quarta-feira

Publicados

em


Apesar da programação da Prefeitura do Rio de Janeiro para a vacinação contra a covid-19, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) da capital informou que com o estoque atual de imunizantes só será possível continuar com a vacinação até a próxima quarta-feira (4). 

O calendário vacinal desta semana na capital prevê a partir desta segunda-feira (2) uma faixa etária por dia para a vacinação contra a covid-19, começando com quem tem 32 anos, chegando no sábado (7) a quem tem 27 anos. De acordo com a SMS, a programação vai ser cumprida se a pasta receber mais doses.

Na semana seguinte, entre a segunda (9) e o sábado (14), também com uma faixa de idade por dia, serão os que estão entre os 26 e os 21 anos. A Prefeitura do Rio pretende encerrar a vacinação das pessoas com 18 anos ou mais no dia 18 de agosto. Antes disso, na segunda-feira (16), serão os jovens de 20 anos e na terça (17) os de 19 anos. A repescagem está suspensa até que seja concluída a vacinação das pessoas acima de 18 anos. Ao todo, a SMS tem 280 pontos de vacinação em toda a cidade, que funcionam de segunda-feira a sábado.

Leia Também:  CNI: 90% não fazem questão de escolher marca de vacina

Distribuição

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) entregou ontem (31) aos 92 municípios do Rio de Janeiro 586.140 doses de vacina contra a covid-19. Foram 283.140 doses da Pfizer para primeira aplicação; 69 mil doses da Oxford/Astrazeneca para segunda aplicação; e 234 mil doses da CoronaVac para as duas aplicações do esquema vacinal.

A capital e os municípios de Niterói, São Gonçalo, Maricá e Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio, puderam retirar os seus lotes diretamente na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) da SES, em Niterói. As regiões Metropolitana I e II, Médio Paraíba, Serrana e Centro Sul receberam as doses por meio de vans e de caminhões, com escolta da Polícia Militar. Já para as regiões Noroeste, Norte, Baixada Litorânea e Costa Verde, a distribuição foi feita por quatro aeronaves, sendo uma do governo do Estado, uma da Polícia Militar, uma do Corpo de Bombeiros e outra da SES.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, com esta remessa, a SES ultrapassou a marca de 15 milhões de doses distribuídas aos municípios. “Estamos avançando na campanha de imunização e o resultado disso é que os dados epidemiológicos estão caindo. Nesta semana, registramos o menor número de internações por covid desde abril”, destacou.

Leia Também:  Máscaras mal utilizadas podem elevar em 1000% os casos de Covid-19

A Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde (SVAPS) orienta frequentemente as secretarias municipais de Saúde sobre a importância de os responsáveis técnicos e gestores municipais organizarem suas ações de vacinação, respeitando a destinação das doses para a primeira ou segunda aplicação do esquema vacinal. “Essa destinação é sinalizada por meio de Informe Técnico enviado pelo Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, aos estados. A SVAPS ressalta que a distribuição do imunizante é feita de forma proporcional e igualitária a todos os municípios”, disse em nota.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA