Momento Tecnologia

5g, maior resolução, Inteligência Artificial e mais; veja as novidades para 2022

Publicados

em


source
5g, maior resolução, Inteligência Artificial e mais; veja as novidades para 2022
Redação 1Bilhão Educação Financeira

5g, maior resolução, Inteligência Artificial e mais; veja as novidades para 2022

Na palma da mão, um celular com sistema de inteligência artificial que conta com reconhecimento do padrão de voz para detectar algum problema de saúde do usuário. Câmeras equipadas com sensores que permitem registrar mais de um bilhão de cores e fazer fotos com resolução de até 200 megapixel. Há ainda novo”detalhe” essencial: uma velocidade de conexão que pode chegar a inéditos 10 Gigabits por segundo (Gbps) nas redes 5G. É dessa forma que os principais fabricantes de smartphones estão apostando todas as suas fichas para a temporada de 2022.

No primeiro evento presencial desde o início da pandemia da Covid-19, a Qualcomm em conjunto com os principais fabricantes de celulares do mundo apresentaram suas novas tecnologias e estratégias para impulsionar ainda mais as vendas de 5G.

A previsão é que os aparelhos de quinta geração representem mais da metade do mercado em todo o mundo já em 2022, estima a consultoria IDC

Uma das principais novidades é que essa nova leva de smartphones vai contar com uma solução inédita que vai permitir velocidades de até 10 Gbps na internet móvel.

Com a nova velocidade que será possível baixar um video de 4k de duas horas em apenas um minuto.

Na prática, é como se uma antena 5G estivesse dentro do processador (chamado comercialmente de Snapdragon) do celular.

Como base de comparação, a Coreia do Sul, um dos países mais avançados tecnologicamente do mundo, chega a ter hoje picos de velocidade 5G de 830 megabits por segundo (Mbps), de acordo com dados da consultoria Open Signal. Um Gigabit equivale a mil Megabits.

Além da Motorola, as chinesas Xiaomi e Realme, deverão ser os primeiros fabricantes a ter a nova tecnologia. A Qualcomm fechou ainda contrato de dois anos com a Samsung. Hoje, os processadores da americana estão presentes em cerca de dois bilhões de smartphones.

“Refizemos a nossa solução para entregar uma experiencia melhor e uma experiencia mais imersiva. O smartphones vai permitir cada vez mais que as pessoas tenham uma experiência mais premium seja com conexão 5G e inteligência artificial em imagem e som”, disse Cristiano Amon, presidente e CEO global da Qualcomm na abertura do evento.

Leia Também:  Além da Activision Blizzard: as 10 maiores aquisições nos games

Jane Cui, CEO da Ernest Leitz Labs, fabricante alemã de fotografia, a câmera nos smartphones vêm se tornando cada vez mais um dos principais atributos dos smartphones. Por isso, a companhia anunciou parceria para levar ainda mais a inteligência artificial para novas lentes que estão em desenvolvimento.

“Vamos lançar novas lentes em 2022 e usar a inteligência artificial para entender o mundo e permitir correção de cor e refinamento de bordas”, disse Jane, destacando que o tamanho das lentes será maior de forma a trazer imagens mais realistas.

Segundo ela, na era do 5G , a imagem vai ganhar serviços e produtos que se comunicam com a nuvem. Ou seja, as câmeras contam com filtros que fazem ajustes automáticos.

“Temos um software embutido (Leitz Engine) disponível nos telefones Android top de linha que, ao contrário de um filtro, que altera um arquivo de foto após o fato, o Leitz Engine se comunica diretamente com a cadeia de ferramentas de imagem em sua câmera e funciona junto com o software de inteligência artificial para renderizar a imagem”, disse Jane.

Veja as principais novidades:

Conectividade

Leia Também

Os novos celulares vão contar com processador que conta com um novo sistema integrado de 5G. Isso vai permitir que os smartphones cheguem a velocidades médias de download de 10 Gigabit por segundo (Gbps). Isso porque esses celulares serão equipados com a tecnologia chamada “cutting-edge 5G”. Ou seja, é como se uma antena de 5G estivesse dentro do modem do celular que conta com o processador chamado “Snapdragon 8”. No Brasil, o 4G tem velocidade média de 13 Megabits por segundo (Mbps) e pode chegar, em alguns casos, a 80 Mbps. Já o 5G DSS, em operação em algumas cidades, permite em média velocidades de 200 Mbps.

Inteligência artificial

Os novos modelos vão contar com inteligência artificial que vai funcionar como uma espécie de assistente pessoal. Será possível analisar os padrões vocais de um usuário para determinar se há risco de sofrer algum tipo de problema de saúde, como asma, depressão e até Covid-19. Além disso, poderá analisar suas notificações, e criar alertas específicos e priorizar certas mensagens.

Leia Também:  Pirate Bay e canal sobre IPTV pirata são ocultados pelo Google

Câmera profissional

As câmeras contam com um sistema próprio que vai permitir registrar quatro mil vezes mais dados no momento da captura de imagem em relação à geração atual de smartphones. Ou seja, é possível fotos até 200 megapixel de resolução. Essa maior capacidade nas lentes vai permitir, por exemplo, fazer vídeos de maior nitidez com uma resolução de até 3,2 gigapixels por segundo.

Modo “mega noturno”

Depois das fotos em “modo noturno”, as empresas buscam facilitar ainda mais os registros ao cair da luz. Para isso, desenvolveram o modo “mega noturno” que vai captar até 30 imagens ao mesmo tempo. É um volume cinco vezes maior que a geração atual. A tecnologia consiste em mesclar as melhores partes de todas as fotos feitas em uma única imagem. A promessa é uma imagem mais clara, nítida e colorida após o anoitecer.

Vídeos em 8K com HDR

Esqueça o 4K. A próxima onda da imagem nos celulares é o “8K HDR”. Além da maior definição do 8K, o HDR permite fazer vídeos com maior contraste de cores e mais brilho, gravando mais de um bilhão de tons de cor.

Som em alta velocidade

O sistema de som permite latência zero, ideal para games. Sem atraso, o sistema permite ainda neutralizar diferentes ruídos ao mesmo tempo

Edição vídeo

Depois da edição em fotos, o foco é fazer edição em vídeos. Uma das novas tecnologias é a chamada “Bokeh Engine”, que adiciona fundos aos vídeos. É o “modo retrato” para a captura de vídeos.

Lente sempre ligada

Os novos celulares trazem o recurso “Always-on”, no qual é possível manter a câmera ligada o tempo todo sem comprometer a vida útil da bateria. O sistema de inteligência artificial detecta rostos e torna a focagem ainda mais rápida.

Segurança

Os smartphones vão contar com o “Android Ready SE”, um novo padrão para chaves digitais de automóveis , carteiras de motorista entre outros.

*O repórter viajou à convite da Qualcomm

Propaganda

Momento Tecnologia

Microsoft fala com Sony e planeja manter Call of Duty no PlayStation

Publicados

em


source
Microsoft conversa com Sony e planeja manter Call of Duty no PlayStation
Felipe Vinha

Microsoft conversa com Sony e planeja manter Call of Duty no PlayStation

Após a Sony expressar preocupação com a série Call of Duty , Phil Spencer, diretor da linha Xbox na Microsoft, comentou em seu Twitter que conversou com representantes da empresa a respeito e disse que planeja manter COD como um game multiplataforma nos consoles PlayStation. Vale lembrar que a Microsoft anunciou a compra da Activision Blizzard, produtora da marca, há poucos dias.

“Tive boas conversas nesta semana com líderes da Sony. Confirmei nossa intenção de honrar todos os acordos existentes após a aquisição da Activision Blizzard e nosso desejo de manter Call of Duty no PlayStation. A Sony é uma parte importante do nosso setor e valorizamos nosso relacionamento”, disse Spencer.

A declaração foi bem recebida por fãs na rede social, que elogiaram a liderança do executivo na hora de tomar decisões importantes e em não incitar a guerra de consoles, ao elogiar a concorrência direta da Sony.

Leia Também

Sony demonstrou preocupação

Ao comentar pela primeira vez sobre a aquisição da Microsoft, representantes da Sony demonstraram preocupação especialmente com Call of Duty. “Esperamos que a Microsoft cumpra os acordos contratuais e continue a garantir que os jogos da Activision sejam multiplataforma”, disse a Sony ao The Wall Street Journal. Vale lembrar que Call of Duty já teve um acordo de “exclusividade” com o PlayStation para conteúdo extra, em 2015, durante cinco anos.

Call of Duty: Black Ops Cold War foi o segundo jogo mais jogado do PS5 ao longo de todo o ano de 2021, de acordo com a Sony, perdendo apenas para Fortnite , outro título multiplataforma. Call of Duty também ficou no topo dos jogos mais vendidos do ano nos Estados Unidos, nos últimos 12 meses.

Vale lembrar que a Microsoft pode ou não manter a exclusividade de alguns futuros jogos da Activision Blizzard, como fez com a Bethesda, que também comprou. O game Starfield , um dos mais aguardados de 2022, será exclusivo do Xbox por este motivo, por exemplo.

Microsoft conversa com Sony e planeja manter Call of Duty no PlayStation

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA