Momento Tecnologia

Amazon Prime Channels chega ao Brasil com programação ao vivo por R$9,50

Publicados

em


source
Amazon Prime Channels
Unsplash/Christian Wiediger

Amazon libera Prime Channels no Brasil

A Amazon lançou, nesta quarta-feira (02), o Amazon Prime Video Channels , serviço de streaming associado ao Prime Video que disponibiliza conteúdos ao vivo de canais específicos. 

Por enquanto, estão disponibilizadas as assinaturas para os canais Paramount+, MGM, Starzplay, Looke e Noggin. As assinaturas variam de R$9,50 a R$19,90, e as opções contam tanto com conteúdo em streaming quanto com programação ao vivo

As assinaturas ficam atreladas a uma conta já existente no Prime Video que, hoje, cobra R$9,90 por mês e oferece streaming e frete grátis em compras na Amazon. Os novos conteúdos são acessados através da mesma plataforma do Prime Video. 

Com o lançamento, todos os canais podem ser experimentados gratuitamente por sete dias. Depois disso, a cobrança acontece automaticamento junto com a mensalidade do Prime Video. 

Leia Também:  Veja os 11 melhores recursos do Android 11

De acordo com a Amazon , novos conteúdos serão adicionados nos próximos meses. Anteriormente, o conteúdo da HBO havia aparecido no Prime Video em alguns testes mas, por enquanto, o canal ainda não chegou oficialmente ao Prime Channels . Confira as possibilidades de assinatura:

  • Paramount+: mais de dois mil títulos, incluindo filmes como Spotlight e Homem-Aranha. Preço: R$ 19,90 por mês;
  • MGM: oferece grandes franquias e filmes clássicos. Preço: R$ 14,90 por mês;
  • Starzplay: serviço dono de filmes famosos e séries originais. Preço: R$ 14,90 por mês;
  • Looke: streaming brasileiro com mais de seis mil títulos. Preço: R$ 16,90 por mês;
  • Noggin: serviço do canal Nick Jr. com programação infantil. Preço: R$ 9,50 por mês.

Propaganda

Momento Tecnologia

PlayStation 5 não vai rodar jogos do PS3, PS2 e PS1, confirma Sony

Publicados

em


source

Olhar Digital

PlayStation 5
Nassim All / Unsplash

PlayStation 2 e PlayStation 4

Em declaração à revista japonesa Famitsu, o presidente da Sony Interactive Entertainment, Jim Ryan, confirmou um rumor que já havia circulado em agosto: o PlayStation 5 não terá nenhuma compatibilidade com jogos do PlayStation 3, PlayStation 2 ou PlayStation original.

Segundo o executivo, a equipe está mais focada no “uso simultâneo dos SSDs e no controle DualSense”, o que não deixa recursos disponíveis para a implantação da retrocompatibilidade . Ryan confirmou, entretanto, que o console será compatível com “99%” dos jogos existentes para o PS4 . É melhor do que nada, mas é um golpe para os gamers que ainda curtem e mantém coleções de jogos das gerações mais antigas.

A retrocompatibilidade com discos do PS1 , PS2 e PS3 daria ao PS5 acesso a uma biblioteca com quase 17 mil jogos, muitos deles clássicos que marcaram gerações e cuja influência pode ser sentida até hoje.

Leia Também:  Kim Kardashian sai do Facebook e Instagram e se une a boicote; entenda

Vale lembrar que o PS2 e PS3 são compatíveis com todos os discos do PS1, e o PS3 também era compatível com os do PS2, até este recurso ser removido em revisões do hardware . Mesmo após a remoção do suporte a discos do PS2, alguns jogos do console ainda podem ser baixados e executados no PS3 através de versões digitais na PlayStation Network.

Já a Microsoft segue uma direção contrária. Embora a compatibilidade não seja universal, o Xbox One pode rodar 577 jogos do Xbox 360 e 41 jogos do Xbox original. E os novos Xbox, claro, serão capazes de rodar todos os jogos do Xbox One.

Em 2017 Ryan declarou em uma entrevista à Time Magazine não entender o interesse nos jogos para consoles antigos. “Estive recentemente em um evento de Gran Turismo onde eles tinham os jogos para PS1, PS2, PS3 e PS4, e os jogos de PS1 e PS2 pareciam antiguidades. Porque alguém iria querer jogar isto?”.

A resposta é óbvia: Pelo mesmo motivo que algumas músicas e filmes nunca saem de moda. Alguns clássicos não tem idade.

Leia Também:  TikTok e WeChat serão banidos dos EUA no domingo, confirma governo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA