Momento Tecnologia

Anatel também tem proposta para levar USB-C ao iPhone

Publicados

em

Entrada USB-C pode se tornar padrão no Brasil
Unsplash/Daniel Romero

Entrada USB-C pode se tornar padrão no Brasil

A União Europeia exigiu a adoção da porta USB-C  em todos os smartphones vendidos no bloco, e uma medida similar também pode acontecer no Brasil. A Anatel, que determina as regras para homologação de dispositivos, abriu uma consulta pública sobre a padronização dos carregadores de celular.

A proposta da Anatel é baseada nos novos requisitos europeus e considera a comissão de senadores dos EUA, que  luta pela padronização do conector de carga dos celulares. A agência também optou pelo USB-C, que está presente na maioria dos smartphones Android vendidos hoje em dia.

A Anatel afirma que a padronização “permitirá maior conveniência dos consumidores” e “possivelmente reduzirá resíduos eletrônicos pelo reaproveitamento de carregadores” quando houver trocas de aparelho. Na proposta da agência, a obrigatoriedade para o USB-C começaria a partir de 1º de julho de 2024.

Caso o texto proposto seja aprovado de forma integral, a exigência do conector USB-C existirá apenas para celulares com possibilidade de carregamento via cabo. Com isso, Apple e outras fabricantes não ficam impedidas de eliminar totalmente os cabos e criar smartphones que só podem ser carregados por indução (sem fio).

Leia Também:  Robô da Meta diz que Zuckerberg 'explora as pessoas por dinheiro'

Embalagens devem indicar requisitos de carga

Além de unificar os conectores para o USB-C, a proposta da Anatel prevê a padronização dos protocolos de carregamento dos dispositivos. As embalagens e o manual dos celulares devem indicar a potência mínima e se há suporte a carregamento rápido.

Por contemplar apenas celulares, a proposta da Anatel é menos exigente que a da União Europeia. O bloco também prevê a padronização com USB-C até 2024 para câmeras, leitores de e-books, fones de ouvido, videogames portáteis e alto-falantes recarregáveis.

Por se tratar de uma consulta pública, qualquer pessoa, empresa ou entidade poderá enviar sua opinião. As contribuições podem ser feitas até 26 de agosto de 2022 pela plataforma Participa Anatel .

Fonte: IG TECNOLOGIA

Propaganda

Momento Tecnologia

Google Meet terá compartilhamento de Spotify e YouTube durante chamada

Publicados

em

Google Meet ganhará novos recursos
Tecnoblog

Google Meet ganhará novos recursos

O Google Meet ganhou muito destaque nos últimos anos, e vai receber alguns recursos extras para deixar suas reuniões mais legais. Com um novo recurso de compartilhamento ao vivo, dá para ouvir músicas no Spotify, ver vídeos no YouTube ou jogar com outros participantes da chamada. É bem parecido com o SharePlay, da Apple.

O recurso faz parte da fusão do Meet com o Duo, o app de videochamadas do Google (que não tem a mesma fama do irmão profissional).

Esse é um processo bem confuso, aliás: o app do Duo vai virar Meet e ganhar os recursos dele, enquanto o Meet vai ser renomeado para Meet Original e posteriormente descontinuado.

Jogos e streaming no Google Meet

Bagunça à parte, alguns novos recursos foram acrescentados. Um deles é este recurso de compartilhamento ao vivo. Ele ainda está em fase beta.

Durante uma chamada, basta tocar nos três pontos, escolher “Atividades” e selecionar uma das opções. Dá para iniciar uma sessão em grupo no Spotify, por exemplo, jogar Uno! Mobile ou Kahoot!, entre outras possibilidades.

Leia Também:  Microsoft acusa Sony de impedir que jogos entrem no Game Pass

SharePlay da Apple funciona com produtos diferentes

Compartilhar conteúdo de streaming em uma chamada não é inédito. É isso que o SharePlay da Apple faz.

Ele permite usar o FaceTime para compartilhar conteúdos de apps de streaming. Dentre as opções, estão a Apple TV+, o Disney+ e o HBO Max.

Spotify e YouTube não estão nessa lista, o que conta como um diferencial para o serviço do Google Meet.

O compartilhamento ao vivo teria sido bem interessante durante a fase mais crítica da pandemia de Covid-19, quando regras restritas de circulação estavam em vigor.

Mesmo assim, pode ser útil para empresas que adotaram o trabalho remoto ou para quem tem amigos espalhados pelo país ou pelo mundo.


Fonte: IG TECNOLOGIA

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI