Momento Tecnologia

Após polêmicas com privacidade, Zoom anuncia criptografia de ponta a ponta

Publicados

em


source

Olhar Digital

Zoom
Unsplash/ Gabriel Benois

O aplicativo Zoom ganhará criptografia de ponta a ponta

O Zoom finalmente vai se tornar mais seguro, após meses de críticas sobre privacidade . A partir da próxima semana, o aplicativo receberá suporte a criptografia de ponta a ponta , que deve cifrar as conversas com chaves armazenadas apenas localmente, nos dispositivos dos usuários, inacessíveis à própria empresa.

O recurso, no entanto, precisa ser ativado pelo usuário, e não é implementado automaticamente. Quando a atualização estiver disponível, o público deverá configurar a criptografia de ponta a ponta em suas próprias contas para contar com a funcionalidade.

Quando os participantes estiverem usando a nova ferramenta, a conversa será acompanhada de um símbolo de um escudo verde com um cadeado preto no meio no cantinho da tela. Se apenas o escudo verde sem o cadeado estiver exibido, significa que nem todos os participantes têm a criptografia de ponta a ponta ativada, e a conversa utiliza apenas a proteção GCM antiga.

Leia Também:  LG anuncia novos fones de ouvidos autoesterelizantes com cancelamento de ruído

O Zoom explica que o padrão criptográfico (AES 256-bit) utilizado para proteger as conversas é o mesmo, sem importar se usuários estão usando o novo recurso ou não. O que muda é a localização das chaves para decifrar o conteúdo. Sem a criptografia de ponta, as chaves são localizadas no servidor do Zoom, o que, em teoria, abre a possibilidade de acesso indevido às conversas por um funcionário, por exemplo, ou a entrega indevida para algum governo.

Segundo o Zoom, o lançamento da próxima semana é apenas a primeira fase de um lançamento em quatro etapas que estará completo apenas em 2021. Todos os usuários terão acesso à ferramenta, tanto as contas pagas quanto as gratuitas , e as salas permitirão até 200 pessoas fazendo uso da tecnologia.

Propaganda

Momento Tecnologia

Não é só você: Mark Zuckerberg não consegue se conectar em depoimento nos EUA

Publicados

em


source
mark zuckerberg facebook
Reprodução

Mark Zuckerberg durante depoimento ao Senado dos EUA

Quem nunca teve um problema para se conectar em uma chamada de vídeo , que atire a primeira pedra. Nessa quarta-feira (28), ficou claro que esse tipo de dificuldade é geral, inclusive para o CEO de uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, o Facebook .

Em depoimento ao Senado dos Estados Unidos , na manhã de quarta-feira, Mark Zuckerberg teve dificuldades para se conectar à chamada de vídeo que também incluía os diretores do Twitter e Google

A falha aconteceu logo no início da sessão, e Zuckerberg teve até que pedir um recesso de cinco minutos para resolver seu problema de internet. “Ouvimos do time do Facebook que Zuckerberg está sozinho e tentando se reconectar. Acho que é um desenvolvimento interessante para o dia de hoje”, informou aos demais o senador Roger Wicker, que presidiu a sessão.

Leia Também:  5G: empresa vende kit para usuários criarem sua própria rede

Depois que conseguiu se conectar, Zuckerberg pediu desculpas. “Eu consegui ouvir o começo, mas estava com problemas para me conectar”, afirmou. “Entendo bem o sentimento, senhor Zuckerberg”, respondeu o senador.

Na internet , a cena se tornou alvo de comentários de muita gente. “Um dos homens mais ricos do mundo e o chefe do Facebook , empresa cuja missão é conectar pessoas, não conseguir conectar sua chamada de vídeo para trabalhar é… bem 2020″, brincou Steven Dennis, repórter da Bloomberg.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA