Momento Tecnologia

Como ver seu iceberg do Spotify com artistas mais ouvidos no app

Publicados

em

Veja como gerar seu iceberg do Spotify
Tecnoblog

Veja como gerar seu iceberg do Spotify

Usuários do Spotify que gostam de se informar sobre suas métricas e histórico na plataforma agora tem mais uma ferramenta para se divertir – e, de quebra, aderir a uma trend das redes sociais. O iceberg do Spotify é uma ferramenta não oficial do streaming, em que o usuário pode descobrir seus artistas mais ouvidos no serviço e o quanto eles são populares por lá.

Para ver o seu iceberg do Spotify e descobrir quais são seus artistas mais ouvidos da plataforma e o quão populares eles são no serviço de streaming, siga os passos abaixo. Esteja ciente, porém, que ao aderir à brincadeira do Icebergify, você estará compartilhando informações do seu perfil com o criador do site:

  1. Acesse o site Icebergify:  Acesse o site do Icebergify  e toque no botão “Create yours” para fazer login em sua conta do Spotify;
  2. Conceda permissão de compartilhamento de informações:  Na próxima tela, se informe sobre todos os conteúdos que serão compartilhados com o site. Se concordar com essa permissão e decidir continuar, toque em “Aceito”;
  3. Veja seu iceberg:  Pronto, seu iceberg do Spotify será gerado automaticamente. Clique na imagem com o botão direito do mouse, salve em seu computador e compartilhe nas redes sociais! Caso o seu iceberg não apareça, talvez seja necessário atualizar a página algumas vezes. Se mesmo assim o desenho não for gerado, limpe seus cookies ou tente outro dispositivo.
Leia Também:  App do HBO Max ganha tela dividida, modo aleatório no celular e mais

É recomendado que, depois de participar da brincadeira, o usuário revogue o acesso do Icebergify a seus dados. Para isso, faça login no site do Spotify e, no menu com sua foto, clique em “Conta”. Em seguida, toque em “Aplicativos” e revogue o acesso.

Como funciona o Icerbeg do Spotify

Depois do Spotify Wrapped (ferramenta oficial de retrospectiva 2021 da plataforma) e da pizza do Spotify (recurso para descobrir seus gêneros musicais mais ouvidos no último mês), chegou a vez do iceberg do Spotify se transformar na nova febre das redes sociais.

A ferramenta, que não é oficial do streaming e foi criada pelo desenvolvedor Akshay Ra, gera uma imagem em formato de iceberg com nomes de cantores e bandas que estão entre os 50 artistas mais ouvidos pelo perfil na plataforma.

Para fazer essa seleção, o Icebergify utiliza dados observados no curto (último mês), médio (últimos seis meses) e longo prazo (vários anos). O que significa que na sua imagem podem aparecer artistas que você ainda escuta quase diariamente no serviço, mas também cantores e bandas que você ouvia muito anos atrás.

Além disso, a imagem dispõe esses artistas em diferentes camadas do iceberg, de acordo com seu nível de popularidade na plataforma. Isso quer dizer que quanto mais popular um artista é no serviço, mais no alto ele estará localizado, e quanto mais desconhecido, mais embaixo seu nome aparecerá.

Essa classificação é feita pelo Icebergify por meio de informações do Spotify como número de streams, compartilhamentos, curtidas e seguidores.

Por que meu iceberg está com níveis em branco?

Caso um ou mais níveis do seu iceberg fiquem em branco, sem nenhum artista aparecendo na camada, fique tranquilo, porque isso não é um erro do Icebergify. Situações como essa querem dizer apenas que dentre os 50 artistas mais ouvidos por você na plataforma, nenhum deles se encaixa naquele nível de popularidade específico.

Caso você queria deixar seu iceberg completo, uma dica é “sair da bolha” e escutar artistas com os quais normalmente você não tem contato.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Propaganda

Momento Tecnologia

Google Meet terá compartilhamento de Spotify e YouTube durante chamada

Publicados

em

Google Meet ganhará novos recursos
Tecnoblog

Google Meet ganhará novos recursos

O Google Meet ganhou muito destaque nos últimos anos, e vai receber alguns recursos extras para deixar suas reuniões mais legais. Com um novo recurso de compartilhamento ao vivo, dá para ouvir músicas no Spotify, ver vídeos no YouTube ou jogar com outros participantes da chamada. É bem parecido com o SharePlay, da Apple.

O recurso faz parte da fusão do Meet com o Duo, o app de videochamadas do Google (que não tem a mesma fama do irmão profissional).

Esse é um processo bem confuso, aliás: o app do Duo vai virar Meet e ganhar os recursos dele, enquanto o Meet vai ser renomeado para Meet Original e posteriormente descontinuado.

Jogos e streaming no Google Meet

Bagunça à parte, alguns novos recursos foram acrescentados. Um deles é este recurso de compartilhamento ao vivo. Ele ainda está em fase beta.

Durante uma chamada, basta tocar nos três pontos, escolher “Atividades” e selecionar uma das opções. Dá para iniciar uma sessão em grupo no Spotify, por exemplo, jogar Uno! Mobile ou Kahoot!, entre outras possibilidades.

Leia Também:  5G chegará a 25 das 27 capitais até o final do mês, afirma Fábio Faria

SharePlay da Apple funciona com produtos diferentes

Compartilhar conteúdo de streaming em uma chamada não é inédito. É isso que o SharePlay da Apple faz.

Ele permite usar o FaceTime para compartilhar conteúdos de apps de streaming. Dentre as opções, estão a Apple TV+, o Disney+ e o HBO Max.

Spotify e YouTube não estão nessa lista, o que conta como um diferencial para o serviço do Google Meet.

O compartilhamento ao vivo teria sido bem interessante durante a fase mais crítica da pandemia de Covid-19, quando regras restritas de circulação estavam em vigor.

Mesmo assim, pode ser útil para empresas que adotaram o trabalho remoto ou para quem tem amigos espalhados pelo país ou pelo mundo.


Fonte: IG TECNOLOGIA

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI