Momento Tecnologia

É impostor! Jogo imita Among Us no Facebook e é ejetado

Publicados

em


source

Olhar Digital

Among Us
Reprodução

Among Us ganha fake no Facebook

Os rumores de que o jogo do momento Among Us estaria disponível no Facebook animou muitos usuários. No entanto, assim como acontece com alguns jogadores, a presença do game na rede social é uma mentira: se trata apenas de um software impostor que não foi criado pela InnerSloth, desenvolvedora oficial do título para outras plataformas.

Apesar de impostor, o game que invadiu o Facebook já tinha cerca de 585 mil jogadores simultâneos na última segunda-feira (26). Não era para menos: a miniatura do título falso era idêntico ao ícone do verdadeiro Among Us , da InnerSloth. Contudo, o jogo em si não tinha relação nenhuma com o game que todos estão acostumados, a não ser pelos característicos personagens vestidos de pequenos astronautas.

Leia Também:  WhatsApp libera mensagens temporárias para usuários no Brasil

Não se sabe quem fez o upload do game impostor no Facebook Gaming , plataforma do Facebook para streaming de jogos, mas usuários da rede social em outros países alegaram estarem jogando, de fato, Among Us. Com a promessa de fornecer games aos usuários sem que seja necessário o download dos títulos, o Facebook Gaming tenta viabilizar o processamento mais rápido dos jogos disponíveis.

Quando percebeu a falsa autoria do Among Us presente em sua plataforma, o Facebook logo tratou de acabar com a graça do game impostor. “Desativamos o jogo da plataforma do Facebook Gaming por violar nossas políticas, que não permitem jogos cujo único propósito seja imitar, copiar ou se passar por outros”, comunicou a rede social.

O Among Us de mentira era um jogo estilo quebra-cabeça , no qual os jogadores precisavam alcançar itens e ultrapassar armadilhas para poderem avançar de fase. Estacas no teto e espinhos no chão matavam os usuários e, para sobreviver, você poderia utilizar, como defesa, os cadáveres ensanguentados espalhados no decorrer do game.

Leia Também:  Google Classroom melhora detecção de plágio em textos de alunos

Os movimentos eram guiados por setas apontadas para a direita, para a esquerda e para cima.Segundo relatos, o jogo possuía muitos travamentos e era infestado de anúncios obrigatórios. Pronto, ejetado do Facebook .

Propaganda

Momento Tecnologia

Belo Horizonte testa serviço de ônibus sob demanda, pedido por aplicativo

Publicados

em


source

Brasil Econômico

Shotl
Milton Silva/Divulgação

Novo aplicativo promete melhor condição do transporte sem aumentos no preço

A Transfácil (Consórcio Operacional do Transporte Coletivo de Passageiros por Ônibus do Município de Belo Horizonte) está experimentando o aplicativo de transporte sob demanda Shotl , voltado para os ônibus de linha urbana . Trata-se de uma nova modalidade de serviço na cidade.

O objetivo é oferecer mais conforto e rapidez ao usuário do transporte coletivo da capital mineira, mas sem precisar aumentar a tarifa .

Na estação Gabriel, na região Nordeste, um empregado da Transfácil tem convidado usuários do transporte para testarem o aplicativo . Nesses grupos, os passageiros recebem orientações sobre o uso do Shotl, recebendo, também, um panfleto com áreas e horários 

Na área de cobertura do do aplicativo, existem mais de 50 pontos de ônibus virtuais , nos quais é possível embarcar ou desembarcar dos micro-ônibus (que possuem 20 assentos cada).

Leia Também:  PayPal afirma que 17% de seus usuários já compraram Bitcoin

Para aqueles que utilizarem o aplicativo, é necessário deixar o GPS do celular ativo e digitar a localização desejada. Assim, o Shotl pode orientar sobre o melhor lugar para entrar no transporte, além de, ao chegar perto do local de desembarque, avisar o passageiro. 

“Estamos fazendo um teste mais controlado e, com os dados obtidos, vamos poder definir quais vão ser as próximas etapas. Nosso objetivo é verificar qual vai ser a aceitação do cliente e qual a viabilidade do aplicativo para a população”, disse Ana Flávia da Silva, coordenadora de Mobilidade da Transfácil.

Até a tarde desta quarta-feira, 17 pessoas tinham utilizado o aplicativo.

Algumas informações sobre o serviço

Abrangência

Até o momento, integram a área de cobertura os bairros Minaslândia, Providência, Guarani, Primeiro de Maio e parte do Dona Clara, na Pampulha e nas regiões Norte e Nordeste

O serviço está disponível de segunda-feira a sexta-feira, das 6h às 20h

Valor

A tarifa pode ser paga com o cartão BHBus ou em dinheiro, ao condutor, ao mesmo custo das linhas suplementares, R$ 3,15.

Onde baixar

É possível fazer download do aplicativo  Google Play e App Store .

BHTrans acompanha estudo

O motorista Marcos Gomides de Souza, que conduz os micro-ônibus nessa fase de testes, informa que quem escolhe a rota a ser feita é o aplicativo.

Leia Também:  Apple prepara lançamento de novo produto na semana que vem

“Só preciso marcar quem entrou e avisar as pessoas quando elas devem sair. É bem parecido com um aplicativo de carro . Basta eu ir seguindo o caminho no GPS”,disse.

A Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), disse que os serviços sob demanda têm como objetivo aumentar as opções de transporte coletivo e que ainda precisará esperar a consolidação dos dados para análise e para que sejam definidos os próximos passos, principalmente em relação à regulamentação e critérios. 

O presidente do Sindicato dos Rodoviários de BH , Paulo César da Silva afirmou que a entidade não foi convidada para acompanhar a implementação do teste. Ele alega, também, que, mesmo com as poucas informações disponíveis sobre a novidade, a expectativa é que a mudança não impacte os trabalhadores da categoria. 

Ele afirma que pretende fiscalizar o estudo da Transfácil e que, ao que tudo indica, os motoristas que vão trabalhar na modalidade serão os já contratados.  

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA