Momento Tecnologia

Elon Musk revela videogame integrado a carro da Tesla e joga Cyberpunk 2077

Publicados

em


source
Carro da Tesla
Unsplash/Bram Van Oost

Carro da Tesla

O excêntrico bilionário Elon Musk é conhecido, entre muitas coisas, por fazer algumas promessas vazias e que, quando não cumpridas, acabam por ser esquecidas. Porém, desta vez, o CEO da Tesla cumpriu uma promessa, e uma para lá de ousada. No início do ano, o sul-africano disse que o console do sistema de infotenimento do Tesla Model S Plaid seria capaz de rodar os avançados gráficos do game “ Cyberpunk 2077 ”, dito e feito.

Cerca de seis meses depois, durante a apresentação do novo modelo de sua montadora, Musk mostrou brevemente o console do veículo e, para demonstrar a capacidade do sistema, ele rodou justamente o jogo de RPG . Durante a demonstração, o Musk comparou as capacidades gráficas de jogo do carro com as de um PlayStation 5 . Para ele, isso será crucial para atrair os clientes para a compra dos carros autônomos, que devem começar a circular pelas ruas em um futuro próximo.

Você viu?

Pensando no futuro

“Nunca houve um carro que tivesse tecnologia de computação de ponta, infoentretenimento de última geração onde isso estivesse literalmente no nível de um PlayStation 5”, disse Musk ao Futurism .  “Este é o desempenho real de nível de PlayStation 5 . Sim, ele pode executar Cyberpunk. É uma alta taxa de quadros, ele fará 60 fps com jogos de última geração”, completou o executivo, sobre o Plaid.

Musk acredita também que as ofertas de entretenimento se tornarão parte importantíssima no mercado de carros, em um movimento parecido com o que já acontece com viagens de avião. “Se você pensar no futuro em que o carro estará frequentemente no piloto automático ou no modo de direção totalmente autônomo, o entretenimento se tornará cada vez mais importante”, disse ele.

O mais novo membro da família Model S possui uma respeitável placa de vídeo com poder de computação de 10 teraflops, que fica abaixo apenas do PS5 quando falamos de consoles, já que o hardware da Sony tem 10.28. Porém, de acordo com o The Verge, a diferença de potência, na verdade, precisará ser maior, já que a placa de vídeo do carro não será dedicada apenas a rodar os jogos.

Leia Também:  58% dos brasileiros não assinam plataformas de streaming, diz pesquisa

Propaganda

Momento Tecnologia

Como transformar uma TV normal em Smart? Confira 4 opções com preço atrativo

Publicados

em


source
Veja como transformar uma TV em Smart
Unsplash/ Jens Kreuter

Veja como transformar uma TV em Smart

Com a ascensão das plataformas de streaming, todos querem ter uma Smart TV para aproveitar os filmes e séries na telona. Trocar de televisor, porém, pode ser bastante caro, além do fato de que dispensar um eletrônico em funcionamento não é bom para o meio ambiente .

Para a sorte de quem quer gastar menos, existem ótimas opções de dispositivos que transformam uma televisão normal em uma Smart TV. Os recursos são bastante completos e não ficam atrás daqueles presentes nas TVs mais modernas. Por isso, se sua televisão normal ainda está “inteirona”, confira 4 opções para atualizá-la com menos de R$ 400.

1. Chromecast

Chromecast
Divulgação

Chromecast

A primeira opção é o Chromecast, do Google. O aparelho é pequeno e se encaixa na entrada HDMI da televisão. Ele não tem controle nem interface própria e, por isso, precisa ser comandado pelo celular ou pelo computador.

Quando o Chromecast e o smartphone estão conectados na mesma rede Wi-Fi, é possível transmitir conteúdos da telinha para a telona. Por exemplo, dá para entrar no aplicativo da Netflix no celular (que pode ser Android ou iOS) e clicar em um botão para que o conteúdo seja exibido na televisão.

Leia Também:  Globoplay cresce 70% durante as Olimpíadas de Tóquio

Todos os controles, como pausar, mexer no volume e voltar alguns segundos do vídeo, são feitos pelo smartphone. O Chromecast 3, que exibe imagens em Full HD, está disponível no Brasil por cerca de R$ 230.

Você viu?

2. Roku Express

Roku Express
Divulgação

Roku Express

O aparelho da Roku é mais completo que o Chromecast, já que vem com controle e tem sistema operacional próprio. Ele também é pequeno e pode ser conectado à entrada HDMI da televisão.

Uma vez conectado, é possível baixar os aplicativos das plataformas de streaming e realizar todas as ações pelo controle – menos alterar o volume, que precisa ser ajustado na própria TV. O Roku Express também transmite imagens em Full HD e tem um aplicativo para smartphones que traz controles extras, como a possibilidade de ouvir o conteúdo da televisão em um fone de ouvido no celular. O dispositivo é vendido no Brasil por cerca de R$ 230.

3. Mi TV Stick

Mi TV Stick
Divulgação

Mi TV Stick

O Mi TV Stick, da Xiaomi, é um dispositivo que possui o sistema operacional Android TV. Assim como a opção da Roku, ele vem com controle remoto, e o aparelho que fica acoplado à TV tem o formato parecido com o de um pen-drive, que pode ser conectado à entrada HDMI.

Também com resolução Full HD, ele permite o download de aplicativos e o comando de ações pelo controle remoto. Assim como no Chromecast, também é possível enviar parear um celular e enviar conteúdos dele para a televisão. No Brasil, o Mi TV Stick sai por cerca de R$ 400.

4. Fire TV Stick

Fire TV Stick
Divulgação

Fire TV Stick

O Fire TV Stick, da Amazon, funciona de forma bastante similar ao Mi TV Stick e ao Roku Express, transformando a TV em Smart com controle remoto próprio. O grande diferencial é que o dispositivo tem suporte à Alexa, a assistente de voz da marca.

Isso significa que é possível controlar o conteúdo que passa na televisão através de comandos de voz, o que torna a experiência mais tecnológica do que a oferecida por muitas Smart TVs, mas por um preço bem mais atrativo. No Brasil, o produto é vendido por cerca de R$ 380.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA