Momento Tecnologia

Instagram lança recurso de legendas automáticas nos stories

Publicados

em


source
Instagram cria sticker que coloca legendas automáticas
Unsplash/Luke van Zyl

Instagram cria sticker que coloca legendas automáticas

Uma nova atualização do Instagram liberou uma forma de colocar legenda nos stories usando apenas um sticker . O texto fica em cima da imagem e aparece sincronizado com o áudio. Assim como todas as figurinhas e textos da plataforma, dá para alterar a posição e o tamanho das legendas.

Até o momento, a função foi liberada apenas em países com a língua inglesa, mas deve chegar a outros idiomas caso seja bem-sucedido. Por enquanto, o modelo ainda é bastante cru, com o texto apenas branco, sem possibilidade de realçar para aparecer melhor. Para isso, os usuários estão usando a ferramenta de desenho dos stories, ou colocando uma outra figurinha por trás da legenda.

Você viu?

Algo semelhante deve começar a ser testado no Reels em breve. As legendas automáticas dificilmente vão ficar 100% sincronizadas nos stories , por isso, é importante usar a ferramenta de edição para corrigir isso.

Uma função parecida já está em testes no TikTok . Por enquanto, a novidade está disponível em japonês e inglês no aplicativo. Demais idiomas devem ser liberados nos próximos meses. Visando a inclusão digital, o recurso surge para ajudar os espectadores surdos ou com alguma deficiência auditiva, mas também é útil para quem assiste a vídeos em momentos inconvenientes para ouvir o áudio.

Além do TikTok e dos stories do Instagram , no mês passado, o  Google  lançou um recurso no Chrome que permite gerar legendas para áudios reproduzidos pelo navegador. O sistema Live Caption também está disponível para dispositivos  Android . O Zoom e o  Google Meet  também passaram a gerar legendas automáticas durante as chamadas e o Instagram já testa recurso semelhante.

Propaganda

Momento Tecnologia

Taxi aéreo para 40 passageiros pode ser o futuro do transporte público

Publicados

em


source
Startup americana  apresenta projeto de ônibus voador elétrico
Reprodução /Nova York Kelekona

Startup americana apresenta projeto de ônibus voador elétrico

No futuro, o transporte de passageiros e até mesmo de carga poderá ser feito com uso de um ônibus voador elétrico. Ao menos é isso o que promete a startup de Nova York Kelekona, que apresentou um projeto conceitual de um veículo do tipo com capacidade de ser um táxi aéreo para até 40 passageiros sentados.

Com design futurista – uma espécie de mistura de dirigível com disco voador -, o ônibus voador elétrico ainda está em estudos, mas seu criador, Braeden Kelekona, tem planos ousados para o ele. O empreendedor acredita que a aeronave terá papel importante no transporte público do futuro, oferecendo viagens longas e rápidas a preços mais baixos do que os oferecidos atualmente.

Para isso, é preciso que a aeronave aguente bastante tempo no ar, e a Kelekona diz que planeja capacidade similar à bateria do Tesla Model 3 em um modelo que roda a 3,6 megawatt hora – nível de energia suficiente para alimentar centenas de casas.

Leia Também:  Google Chrome tem nova falha grave de segurança sendo usada por hackers

A Kelekona não é a única empresa trabalhando em veículos do tipo. A Uber também planeja um serviço de táxi aéreo chamado Uber Elevate , previsto para ser lançado lá fora em 2023. Com capacidade de transportar quatro passageiros e um piloto, o projeto da Uber teria uma grande desvantagem em relação ao da Kelekona, que teria espaço para 10 vezes mais passageiros.

Táxi aéreo rápido como avião, barato como trem

Os planos ousados da Kelekona envolvem criar, no futuro, diversas rotas aéreas para seus veículos. O primeiro trajeto em estudo é entre Manhattan e os Hamptons – entre a cidade de Nova York e os subúrbios. Atualmente, empresas aéreas cobram US$ 85 para um voo de 30 minutos – a Kelekona faria o mesmo trajeto em tempo semelhante, mas com preço equivalente ao de uma passagem de trem.

Você viu?

Vale ressaltar, no entanto, que tudo isso não passa de promessa, ao menos por enquanto. A Kelekona ainda não conseguiu construir um modelo próprio para testes, realizando estudos com simulação em computadores. Mas, se tudo der certo, a empresa planeja fazer o primeiro voo para carga em 2022 e iniciar em 2024 o transporte de passageiros humanos.

O post Taxi aéreo para 40 passageiros pode ser o futuro do transporte público apareceu primeiro em Olhar Digital .

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA