Momento Tecnologia

iPhone 12 não terá fone de ouvido e carregador na caixa; celular chega a US$1099

Publicados

em


source

Olhar Digital

iphone 12
Reprodução/Apple

iPhone 12 é lançado sem acessórios na caixa

No evento de anúncio da linha iPhone 12 nesta terça-feira (13), a Apple voltou a falar sobre sua missão de, até 2030, se tornar 100% neutra em emissão de carbono também na cadeia de suprimento. Neste processo, seguindo o que rumores já apontavam, a Apple retira da caixa dos novos celulares acessórios como o adaptador de energia e os fones de ouvido EarPods , deixando apenas um novo cabo USB-C para Lightning.

A mudança ainda significa que os modelos já lançados anteriormente e que continuam no catálogo – iPhone SE (2ª geração), XR e 11 – também começarão a ser enviados somente com o novo cabo dentro da caixa.

“Nas embalagens do iPhone, estamos substituindo o adaptador de energia e fones de ouvido, que muitas vezes nem eram usados, por um cabo de USB-C para Lightning compatível com recarga rápida”, diz a página de produtos da companhia.

Leia Também:  4G vai chegar à Lua: Nokia é escolhida pela Nasa para instalar rede

Atualmente, a Apple já atua de forma livre de emissão de carbono nos seus escritórios, data centers e lojas. Como um dos motivos, a Apple diz que quer evitar o acúmulo de lixo eletrônico , que normalmente são acessórios “antigos” que usuários já possuem. A empresa disse, na apresentação de hoje, que existem mais de dois bilhões de adaptadores de energia do iPhone em circulação.

A companhia estima que a redução de carbono produzida por ela pode ser comparada a 450 mil carros a menos rodando por ano. Ainda na apresentação, a Apple disse que espera que outras empresas sigam esse mesmo modelo de missão focada na preservação do meio ambiente.

Propaganda

Momento Tecnologia

TikTok bane QAnon: movimento conspiratório é expulso do aplicativo

Publicados

em


source

Olhar Digital

tiktok
Unsplash/Solen Feyissa

TikTok bane movimento QAnon

Desde junho de 2020, o TikTok , app da gigante chinesa ByteDance para compartilhamento de vídeos, vinha impedindo a veiculação de hashtags relacionadas ao movimento conspiratório conhecido como ” QAnon “. Agora, a empresa está adotando uma medida mais severa, banindo completamente contas que compartilhem conteúdo da rede de desinformação.

“O conteúdo e as contas que promovem o QAnon estão em violação de nossa política contra desinformação e nós os estamos removendo de nossa plataforma”, disse um porta-voz do TikTok ao site NPR. “Nós também tomamos medidas significativas para tornar esse conteúdo mais difícil de ser encontrado em nossas buscas e hashtags por meio do redirecionamento de termos relacionados [a eles] às regras de conduta de nossa comunidade”.

O TikTok não está sozinho nisso. Em um passado recente, YouTube , Reddit , Twitter , Facebook e outras plataformas tomaram providências para impedir ou diminuir a veiculação de conteúdo da rede conspiratória. As regras de conduta citadas pelo porta-voz do app da ByteDance é bem específico ao proibir “a veiculação de desinformação que cause dano aos indivíduos, à nossa comunidade ou ao público em geral”.

Leia Também:  Novo carregador sem fio da Xiaomi enche bateria em 19 minutos; assista

Uma investigação da organização não governamental (ONG) Media Matters for America havia revelado que entusiastas do QAnon usavam o app chinês para veicular conteúdos sem veracidade, comprovação ou negacionista.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA