Momento Tecnologia

LG marca data para lançar celular em formato de cruz com tela giratória; assista

Publicados

em


source

Olhar Digital

LG
Reprodução/Youtube

LG Wing tem duas telas, uma delas giratória

A LG marcou uma data para o lançamento do Wing , seu ambicioso smartphone com duas telas integradas . Um teaser publicado no canal da empresa no YouTube anuncia um evento em 14 de setembro às 11h (horário de Brasília).

O vídeo não menciona o smartphone pelo nome, mas mostra sua icônica silhueta em forma de T e o texto “a vida fica inesperadamente melhor quando você descobre o inexplorado”. Segundo a empresa, o aparelho é o primeiro do “Projeto Explorer”, que “incluirá aparelhos que oferecem experiências de uso distintivas e ainda inexploradas”. 

Duas telas, mas de um jeito diferente

Ao contrário do case para o LG V60 ThinQ , que adiciona uma segunda tela ao aparelho ao lado da tela principal, o LG Wing trará uma segunda tela oculta embaixo da tela principal. Esta pode ser rotacionada em 90º, revelando a tela secundária abaixo.

Leia Também:  Pré-venda do Xbox Series X e S começa em 22 de setembro

É um conceito similar a um celular antigo da LG chamado VX9400 , que ficou famoso por aparecer em uma cena do primeiro “Homem de Ferro” nas mãos do herói. A ideia é liberar a tela principal para tarefas que exigem tela cheia, como vídeos ou navegação GPS, e usar a tela secundária para interagir com outros apps, como um media player, mensagens ou atender e fazer chamadas.

Segundo rumores, o aparelho será equipado com 5G , um processador Qualcomm Snapdragon da série 700 (provavelmente o 765G do Velvet) e câmera traseira tripla com um sensor principal de 64 MP. A tela principal terá 6,8 polegadas com proporção 18:9, e a secundária 4 polegadas com proporção 1:1. A estimativa é que o LG Wing custe US$ 1.000 (cerca de R$ 5.400).

A LG não é a única empresa investindo em um aparelho com duas telas. A Microsoft já anunciou o Surface Duo , um smartphone Android com duas telas de 5,6 polegadas que, quando combinadas, formam um display de 8,1 polegadas. Segundo a companhia, o sistema de dobradiça que une as duas partes do aparelho é “revolucionário”.

Leia Também:  O Dilema das Redes: o que aprendemos com o filme que expõe o pior da tecnologia

Apesar do design inovador, as especificações do Duo, quando comparadas a outros carro-chefe no mercado, são modestas. Processador Qualcomm Snapdragon 855 , 6 GB de RAM, 128 ou 256 GB de memória interna e câmera única de 11 MP. A bateria tem capacidade de 3.577 mAh e suporta carregamento rápido a 18 Watts. O aparelho chega ao mercado em breve, com preço sugerido de US$ 1.399 (R$ 7.500).

Propaganda

Momento Tecnologia

Assinar streaming ou alugar filmes? Descubra o que compensa para o seu perfil

Publicados

em


source
streaming
Unsplash/Glenn Carstens-Peters

Confira o que compensa para o seu perfil

Diante de tantas opções de serviços de streaming , pode ser até difícil escolher qual assinar. Na hora da decisão, muita gente acaba se esquecendo de uma outra possibilidade: alugar filmes. 

Se passar horas nos corredores das locadoras escolhendo o filme do final de semana já virou coisa do passado, o aluguel em si ainda é uma prática recorrente, mesmo que de forma digital. Algumas plataformas como Looke , Google Play Store e Now oferecem a compra ou locação de títulos e fazem bastante sucesso. A dúvida que fica é: compensa? 

Precinho camarada? 

Na escolha entre assinar um serviço de streaming e pagar uma taxa mensal ou pagar apenas pelo conteúdo que consumir, o comportamento de cada usuário pesa bastante.

Se você é o tipo de pessoa que maratona séries e assiste a vários filmes, pagar um valor fixo pode ser mais vantajoso. Por outro lado, se você passa pouco tempo em frente a televisão e gosta de acompanhar filmes recém-lançados, a locação ou compra pode ser a decisão ideal. 

Leia Também:  Veja os 11 melhores recursos do Android 11

No Looke , por exemplo, filmes podem ser alugados por a partir de R$1,89. O valor mínimo de assinatura mensal do streaming da mesma plataforma fica por R$16,90. Se o usuário assistir menos de nove filmes por mês, portanto, vale mais a penas alugar um a um do que manter um gasto mensal fixo.

Nem todos os títulos, porém, tem o preço tão atraente. No próprio Looke, é possível encontrar títulos com aluguel a R$16,99, por exemplo. Em outras plataformas, o preço alto se mantém.

Na Google Play Store (a mesma loja dos aplicativos para Android), por exemplo, o aluguel dos filmes costuma ficar na faixa entre R$11,90 e R$19,90, preço parecido com o valor praticado pelo Now.

Do lado do streaming , algumas plataformas trazem preços que agradam mais. É o caso, por exemplo, do Amazon Prime Video e do Apple TV+ , ambos com assinatura mensal de apenas R$9,90.

Não é só o preço

Fazer as contas, porém, não é a única forma de definir qual tipo de serviço melhor se encaixa para você. É preciso avaliar, também, o padrão de consumo. 

Leia Também:  PlayStation 5 contra Xbox Series X: confira qual console é melhor para você

Os filmes alugados ficam disponíveis, geralmente, por 48 horas. Portanto, se você gostar de ver e rever o mesmo título várias vezes, a locação pode não ser a melhor opção. 

Os mesmo serviços citados oferecem também a compra de títulos, deixando-os disponíveis para sempre. Nesse caso, porém, o preço é mais salgado. A compra de filmes pode facilmente ultrapassar os R$40, preço parecido com o cobrado pela assinatura mensal de plataformas como Netflix e Telecine Play

Outra análise que deve ser feita é a respeito do tipo de filme que o usuário costuma assistir. Títulos mais recentes costumam chegar primeiro em plataformas de locação do que em serviços apenas de streaming . Nesses casos, pode compensar pagar um pouco mais caro para ter acesso a filmes mais atraentes.

A dica para tomar a decisão é sempre comparar os catálogos, e o  site JustWatch  pode ser uma boa opção. A plataforma compara os preços e conteúdos disponíveis em todos os serviços de streaming e locação de filmes disponíveis no Brasil.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA