Momento Tecnologia

May The 4th: Disney+ lança união entre ‘Star Wars’ e ‘Os Simpsons’

Publicados

em


source
Disney+ celebra “May The 4th” com crossover entre ‘Star Wars’ e ‘Os Simpsons’
Reprodução

Disney+ celebra “May The 4th” com crossover entre ‘Star Wars’ e ‘Os Simpsons’

Nesta terça-feira (4), os fãs da saga criada por George Lucas se unem para celebrar o “ May the 4th [be with you]”, homenagem à famosa expressão dos filmes do universo de ‘Guerra nas Estrelas’. E para comemorar, a Disney+ resolveu fazer projeto audacioso: um crossover entre ‘ Os Simpsons ’ e os personagens de ‘ Star Wars ‘.

O novo curta-metragem, intitulado ‘Maggie Simpson in: The Force Awakens From Its Nap’ (na tradução livre, “Maggie Simpson em: O despertar da força de sua soneca”), vai levar figuras e referências da saga até à cidade de Springfield . E agora isso é mais do que possível, visto que as duas marcas pertencem à Disney .

A sinopse oficial disponibilizada no serviço de streaming Disney+ diz: “Numa creche muito, muito, distante… mas ainda em Springfield, Maggie se vê numa missão épica em busca de sua chupeta, que foi roubada. A sua aventura leva ela a cruzar caminhos com jovens Padawans, Lordes Sith, dróides familiares, membros da Aliança Rebelde, além de uma batalha final contra o lado negro, neste curta original que celebra a galáxia Star Wars”.

Leia Também:  Apple é processada por quase 20 milhões de pessoas no Reino Unido

Você viu?

O título do curta faz referência à mais recente trilogia de ‘ Star Wars ’, mas o crossover se inspira em diferentes momentos da franquia. O pôster já confirma a presença de um Darth Maul em Springfield, com uma Estrela da Morte ao fundo e BB-8 ao lado de Maggie, provando que todas as três gerações de filmes estão presentes. E de acordo com a Disney , este é apenas o primeiro “encontro” entre ‘ Os Simpsons ’ com outros títulos da empresa.

E não é só isso que a casa do Mickey Mouse’ tem preparado para o “ Star Wars Day ”. ‘The Bad Batch’, nova série de animação e produção derivada do desenho ‘A Guerra dos Clones’, também irá estrear no dia 4 de maio. A empresa ainda promete outras novidades em forma de celebrar a data .

Leia Também:  123movies.la, um dos maiores sites de pirataria de filmes, é retirado do ar

‘Maggie Simpson in The Force Awakens From Its Nap’, ‘The Bad Batch’ e os outros especiais de ‘ Star Wars ‘ estão disponíveis no Disney+ , claro, a partir de 4 de maio.

Propaganda

Momento Tecnologia

Apple barrou quase 2 milhões de aplicativos perigosos em 2020

Publicados

em


source
Apple barrou aplicativos fraudulentos
Unsplash/Mihai Moisa

Apple barrou aplicativos fraudulentos

A Apple barrou quase dois milhões de aplicativos da App Store durante o ano de 2020, de acordo com estatísticas divulgadas pela própria empresa. Além disso, cerca de US$ 1,5 bilhão em pagamentos possivelmente fraudulentos foram impedidos. Esse tipo de divulgação é inédita para a gigante de tecnologia.

O número exato de aplicativos bloqueados ao longo do ano não foi revelado, mas a Apple afirma que “quase um milhão” de novos apps e “quase um milhão” de atualizações em apps já existentes foram rejeitados. Destes, 215 mil realizavam alguma violação de privacidade , 48 mil tinham “funções ocultas”, 150 mil eram clones de outros aplicativos e 95 mil tentaram adicionar recursos maliciosos depois de ganhar a confiança dos usuários.

Esta é a primeira vez que a Apple divulga abertamente estes dados. Embora não tenha citado isso em seu relatório, é possível que a  disputa judicial com a Epic Games tenha motivado a companhia a aumentar a transparência da App Store .

Leia Também:  Xiaomi escapa de sanções dos EUA após governo recuar

No processo, a Epic Games mostrou um documento que revela que a Apple soube de mais de 128 milhões de usuários que instalaram aplicativos com comportamento oculto em 2015. No documento público deste ano, a gigante de tecnologia reconheceu que é impossível detectar todos os problemas.

No relatório, a Apple ainda informou que sua loja de aplicativos impediu, em 2020, o uso de três milhões de cartões de créditos roubados, bloqueou um milhão de contas e barrou transferências “potencialmente fraudulentas” que somam US$ 1,5 bilhão.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA