Momento Tecnologia

Novo vírus grava a tela do celular para roubar senhas; saiba se proteger

Publicados

em


source
Hackers invadem smartphones
Unsplash/Mika Baumeister

Hackers invadem smartphones

Um novo vírus chamado Vultur consegue se instalar em smartphones, gravar a tela e roubar os dados que são digitados no teclado. O malware pode roubar senhas de aplicativos bancários e outros dados sensíveis e, de acordo com relatório da empresa de segurança Threat Fabric, divulgado na quinta-feira (29), já infectou entre 5 mil e 8 mil celulares.

Inicialmente, o vírus, que fica escondido em aplicativos maliciosos, foi desenvolvido para roubar dados bancários em países europeus. Depois, ele passou a acessar também serviços de pagamentos digitais, carteiras de criptomoedas, mensageiros e redes sociais.

Sem que o usuário perceba, o Vultur ativa o sistema de captura de tela e envia todas as informações a um cibercriminoso. Esse acompanhamento humano serve para que o hacker vá extraindo as informações relevantes, como senhas, conforme a vítima usa o smartphone.

De acordo com o relatório, o vírus se instala diretamente pela Google Play Store, ou seja, vem “embutido” em aplicativos falsos. “Pela primeira vez estamos diante de um trojan bancário para Android que usa gravação de tela e keyloggin como estratégia principal para coletar dados de login de forma automatizada e escalonável”, diz o documento.

Você viu?

Para se previnir de golpes como esse, é importante tee um antivírus instalado e atualizado no celular. Confira aqui algumas opções gratuitas .

Propaganda

Momento Tecnologia

Governo publica decretos que abrem caminho para leilão do 5G; entenda

Publicados

em


source
5G é a nova geração de internet móvel
Unsplash/Azamat E

5G é a nova geração de internet móvel

O governo federal irá publicar dois decretos nesta sexta-feira (17) que abrem caminho para o leilão do 5G. Os decretos atendem a exigências formuladas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e devem permitir a análise do edital pela Anatel. Os textos sairão em edição extra do Diario Oficial da União.

O primeiro diz respeito a implementação de uma rede privativa de comunicação na administração pública federal, um dos requisitos previstos no edital. O decreto permite que outras empresas, além da Telebrás, possam fazer essa implementação.

Já o segundo institui o Programa Amazônia Integrada e Sustentável (Pais) e cria seu Comitê Gestor. O programa deve implementar uma rede de fibra óptica ao longo dos rios da Região Amazônica. O Comitê Gestor deve garantir a sustentabilidade da operação e disponbilizar a capacidade excedente para o setor privado.

Como mostrou O GLOBO, os dois decretos, além de um envio de informações do Ministério das Comunicações, eram os itens que faltavam para que o conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Moisés Queiroz Moreira,  devolvesse o processo para análise do conselho diretor da agência.

No início desta semana,  Moreira pediu vista do processo alegando que alguns pontos precisavam ser ajustados para dar segurança à decisão da Anatel. Com isso, a votação sobre o edital pode acontecer antes do dia 30, quando o conselho diretor já tem marcada uma reunião ordinária.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA