Momento Tecnologia

Vale a pena? Samsung Galaxy Note 20 chega ao Brasil por até R$8.000

Publicados

em


source

Olhar Digital

Note 20
Divulgação/Samsung

Galaxy Note 20

Samsung  revelou nesta quarta-feira (2) a chegada da nova geração do Galaxy Note no Brasil, formada pelo Note 20 e do Note 20 Ultra. Os aparelhos entram em pré-venda no país a partir da quinta-feira (3), mas o produto chega às lojas a partir de 18 de setembro, custando até R$ 8.000 pelo modelo mais avançado.

Começando pelo que é único da linha, a Samsung implementou algumas melhorias na caneta que reduziram ainda mais seu tempo de resposta, levando a latência para até 9 milissegundos. A mudança torna a escrita e o desenho no display mais natural. Além disso, o aparelho também trouxe novos comandos de navegação com a S-Pen , que permitem dispensar os botões típicos do  Android .

Por dentro, a Samsung aposta no que há de melhor neste momento. Os aparelhos saem de fábrica com duas opções de processadores, mas as versões brasileiras utilizarão o chipset Exynos 990, produzidos pela própria empresa. As baterias são de 4.300 mAh e 4.500 mAh e sistema de recarga rápida, permitindo carregar 50% da bateria em meia hora.

A empresa aposta em alto desempenho para games com um modo chamado de Game Booster, que identifica atividades mais exigentes e intensifica o uso do processador de acordo. Para minimizar o aquecimento do aparelho, a Samsung implementou um sistema de resfriamento por câmara de vapor, descrita pela companhia como a mais fina do mundo, permitindo minimizar o impacto no design do produto.

Leia Também:  Número de usuários do 5G dobra em três meses, mas ainda é 10x menor que do 2G

Em relação a câmeras, a Samsung implementou uma configuração de câmera tripla nos dois modelos. A principal delas tem uma contagem maior de pixels, dependendo do modelo escolhido, que pode ser de 108 MP no Ultra e 64 MP no Note 20 simples. Já os outros dois sensores são iguais, com um sensor ultra-wide de 12 MP e outro telefoto também de 12 MP. O zoom do Note 20 Ultra é óptico de até 5x, utilizando uma lente periscópio, enquanto o Note 20 é híbrido limitado a 3x.

A Samsung destaca principalmente as capacidades de vídeo da linha Note 20 , permitindo realizar gravações com resolução 8K com taxa de 24 quadros por segundo e proporções de 16:9 e 21:9. O aparelho também permite alternar rapidamente entre diferentes microfones em uma configuração padrão, ou utilizar apenas o microfone frontal ou o traseiro, ou então dispositivos externos conectados via USB ou Bluetooth . A alternação entre as entradas de áudio pode ser feita em tempo real, sem precisar parar a gravação.

A empresa também implementou um modo “Pro”, possibilitando ajustes finos, como foco manual, controle de brilho, balanço de branco e velocidade de zoom, que eram funções antes limitadas à fotografia.

Leia Também:  Sabadou! Confira os lançamentos da Netflix para ver no final de semana

Os aparelhos são distintos em questão de armazenamento e memória RAM . O Note 20 padrão é levemente mais modesto, que se reflete em seu custo um pouco mais acessível, custando R$6.499. No Brasil, esse modelo chega com 8 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento, enquanto o Ultra (R$7.999) terá 12 GB de RAM e os mesmos 256 GB de espaço.

Eles também divergem na questão da tela. Enquanto o Note 20 tem uma tela mais simples, com qualidade Full HD+ e um pouco menor, com 6,7 polegadas, o Note 20 Ultra tem um display maior e mais parrudo, com 6,9 polegadas e definição Quad HD+.

O Note 20 também é um dos poucos aparelhos preparados para o 5G brasileiro. A Samsung destaca que os celulares já vêm com suporte às bandas do 5G após o leilão das frequências previstas para 2021, mas o dispositivo já é equipado para funcionar com o  5G DSS, recém-implementado no Brasil por operadoras como Claro e Vivo utilizando as frequências já utilizadas para o 4G.

No entanto, o dispositivo não terá suporte às ondas milimétricas no Brasil, que prometem o desempenho máximo do 5G ; o recurso só estará disponível nos Estados Unidos.

Propaganda

Momento Tecnologia

Diversidade: veja os mais de 200 emojis que serão lançados em 2021

Publicados

em


source

Olhar Digital

Emojis
Emojipedia/Divulgação

Novos emojis chegarão aos celulares em 2021

Há novidades à vista no universo dos emojis . Outras 217 novas imagens foram aprovadas pelo Consórcio Unicode, organização voluntária responsável pela seleção e inclusão destes pictogramas à família. Os novos membros estarão à disposição em meados de 2021.

Entre as estreias, destaque para um coração em chamas, o rosto nas nuvens, uma mulher barbada, além de novas opções de tons de pele mistos para casais, que representam a maioria das adições.

A atualização é pequena e é reflexo da própria pandemia de Covid-19 , que provocou inclusive o adiamento do Unicode 14.0 , previsto agora para 2022. Nesta futura oportunidade, espera-se que seja liberado um pacote completo de figuras. Como ainda estão em desenvolvimento, o 14.0 poderá ter novas figuras além das de abutre, bolhas, corvo, panela e mão com indicador e polegar cruzados (também conhecido como coração de dedo).

Leia Também:  LGPD: primeiro processo com base na nova lei tem sentença proferida

Personalização depois de aprovação pelo Consórcio Unicode

A respeito das novas imagens que fazem parte do pacote 13.1, estas foram anunciadas antes mesmo de a maioria dos usuários ter tido acesso ao conjunto 13.0, já previamente divulgado. Google e Samsung , por exemplo,  só fizeram o lançamento no mês passado para um subconjunto de telefones.

Já o novo suporte a emoji da Apple , também parte do 13.0, foi anunciado em 17 de julho, no Dia Mundial do Emoji. Espera-se que esteja disponível para o iOS até o fim do ano. Na lista apresentada constam Ninja, Boomerang, Piñata e Bubble Tea.

Embora o conjunto de novos emojis já tenha sido aprovada pelo Unicode, em janeiro, como parte do pacote 13.0, cada fornecedor de plataforma precisa de mais tempo até torná-los disponíveis para o usuário final. Isso porque eles criam seus próprios designs e padronização, o que demanda igualmente tempo para a execução. É por isso que, geralmente, as novidades deste universo acabam chegando somente na segunda metade do ano.

Leia Também:  Marca lança máscara de proteção com fone de ouvido embutido

Além dos novos ícones, o pacote 13.1 adicionará 200 combinações de tons de pele para os emojis de casal com coração e casal se beijando. Será possível, por exemplo, utilizar o emoji de uma pessoa branca beijando uma pessoa negra, entre muitas outras possibilidades, podendo mesclar as cinco tonalidades de pele existentes nas figuras.

emojis
Divulgação/Emojipedia

Novos emojis darão mais possibilidades de combinações entre casais

Até então, os emojis de casais com coração ou de casal se beijando mostravam apenas pessoas com tom de pele neutro, na cor amarela. Os novos modelos permitirão usar emojis de pessoas do gênero neutro, masculino ou feminino, formando centenas de combinações diferentes. Evidentemente, como cada empresa usa padrões gráficos exclusivos, os traços finais dos emojis acabam sendo diferentes daqueles que são lançados pelo Consórcio Unicode .

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA