Momento Turismo

5 exposições de arte em São Paulo para visitar no feriado

Publicados

em


source
Veja quais exposições de arte visitar neste feriadão;
Reprodução/Instagram/Masp

Veja quais exposições de arte visitar neste feriadão; “Beatriz Milhazes: Avenida Paulista”, no MASP, termina no próximo domingo (6)




A pandemia do novo coronavírus ainda não acabou e é preciso se manter em segurança para evitar que a propagação da Covid-19 se intensifique. No entanto, espaços de lazer têm permissão para funcionar, desde que sigam protocolos de segurança corretamente. Por esse motivo, as exposições de arte são uma grande opção para conseguir sair da rotina botar a saúde em risco


Mesmo que o feriado de Corpus Christi tenha sido antecipado pelo Governo de São Paulo , houve empresas que não aderiram ao decreto e, por isso, podem conceder folgas. Se for o seu caso, confira cinco exposições de arte em São Paulo para curtir os dias de descanso com segurança. 

Estreia

Nova exposição: Di Cavalcanti, Muralista, no Instituto Tomie Ohtake


Nesta semana, o  Instituto Tomie Ohtake estreou a exposição “Di Cavalcanti, Muralista”, que reúne 23 painéis e murais produzidos pelo pintor modernista entre as décadas de 1920 e 1970. Com trabalhos organizados pelo curador Ivo Mesquita, a mostra enfatiza a dedicação de Di Cavalcanti em retratar o povo brasileiro em suas obras e evidenciar sua linguagem repleta de figurações, composições estratégias e a maneira com as formas são posicionadas em sua arte.

As medidas de segurança para visitação incluem uso obrigatório de máscara, medição de temperatura, tapetes sanitizantes, distanciamento social de 1,5 metro entre visitantes e tótens de álcool em gel disponíveis no local. O percurso é único e são permitidas de 2 a 10 pessoas por sala na exposição. O guarda-volumes do local está desativado.

Serviço Exposição Di Cavalcanti, Muralista Local: Instituto Tomie Ohtake – Av. Faria Lima 201, com entrada pela Rua Coropés, 88 – Pinheiros Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 12h às 17h Preço: grátis

Em cartaz

OSGEMEOS: Segredos, na Pinacoteca de São Paulo


OSGEMEOS: Segredos é uma exposição panorâmica que apresenta a obra dos irmãos e artistas Otávio e Gustavo Pandolfo e conta com mais de mil itens, sendo que 50 são inéditos. A dupla é conhecida por suas instalações artísticas e murais no espaço urbano, inspirados pela cultura hip hop, pela cultura popular e pelas experimentações em grafitti. A estética e as obras questionadoras d’OSGEMEOS se tornou uma identidade artística conhecida no mundo todo

Leia Também:  Turistas vacinados com AstraZeneca da Fiocruz são aceitos na França

A Pinacoteca trabalha com 40% de sua capacidade e conta com medição de temperatura na porta. É obrigatório o uso de máscara e o distanciamento social de 1,5 metro. A bilheteria está fechada, por isso os ingressos são vendidos pela Internet e com horário marcado. Também é possível fazer o tour virtual pelo site da Pinacoteca de São Paulo .

Serviço Exposição OSGEMEOS: Segredos Local: Pinacoteca de São Paulo – Praça da Luz, 2 – Luz Horário de funcionamento: de quarta a segunda, das 10h às 18h Preço: R$25 inteira e R$12,50 meia. Entrada grátis aos sabados com ingressos agendados previamente.

Você viu?

ExFinito e Floresta de Números, no Farol Santander


A exposição ExFinito, em cartaz no Farol Santander , traz 14 obras inéditas do artista chileno Iván Navarro, que usa a arquitetura do local para criar obras poéticas e de ilusão dimensional e espacial. O resultado é uma exposição sensorial entre labirintos de luzes e espelhos e reflexões sobre os sentidos. As obras ocupam o 22º andar do Farol.

Também vale passar no 23º andar para conhecer a mostra “Floresta de Números”, primeira exposição da arquiteta francesa Emmanuelle Moureaux no Brasil. A exposição é inspirada no conceito shikiri, que divide espaços com cores e elementos tridimensionais, e possui mais de 15 mil peças de 0 a 9 feitas em papel. As duas exposições vão até dia 20 de junho.

O Farol Santander está funcionando com 45% de sua capacidade e o tempo máximo de permanência no prédio é de 1h45. Há medição de temperatura e tapetes sanitizantes na entrada e dispensers de álcool em gel em todos os ambientes. É obrigatório o uso de máscara e a manutenção do distanciamento social de 1,5 metro.

Serviço Mostra ExFinito e Mostra Floresta de Números Local: Farol Santander São Paulo – Rua João Brícola, 24 – Centro. Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 11h às 19h Preço: R$25 com direito a visitação completa ao Farol Santander. Entrada franca para crianças de até 2 anos e 11 meses. Meia entrada para estudantes e crianças a partir de 3 anos.

Última semana

Beatriz Milhazes: Avenida Paulista, no MASP


A exposição dedicada ao trabalho da artista Beatriz Milhazes vai até o próximo domingo (6) no  MASP e expõe mais de 170 obras baseadas em uma técnica de pintura sobre folhas de plástico e transferidas para a tela, chamada de monotransfer. A exposição sobre a artista, uma das maiores referências da arte contemporânea brasileira do século 21, reúne pinturas abstratas, colagens e gravuras multicoloridas. Milhazes tem como inspirações desde a arte barroca até a moda, além de referenciar Tarsila do Amaral, Iona Saldanha e Sonia Delaunay. A curadoria é de Adriano Pedrosa, Amanda Carneiro e Ivo Mesquita.

Leia Também:  Do luxo à ruína: hotéis luxuosos que foram completamente abandonados

Serviço Exposição Beatriz Milhazes: Avenida Paulista Local: MASP – Av. Paulista, 1578 – Bela Vista Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 19h Preço: R$45 inteira e R$22 meia. Entrada grátis às terças-feiras com ingressos agendados previamente.

Infinito Vão: 90 Anos de Arquitetura Brasileira, no Sesc 24 de Maio


Vai até o próximo sábado (5) a exposição “Infinito Vão: 90 Anos de Arquitetura Brasileira”, mostra que reúne obras e projetos de grandes arquitetos brasileiros. Estão incluídos na exposição nomes como Oscar Niemeyer, Lina Bo Bardi e Paulo Mendes da Rocha, que faleceu no último dia 23. A curadoria, feita por Fernando Serapião e Guilherme Wisnik, abarca projetos que ficaram marcados pela Semana de Arte Moderna de 1922 para frente e reflete sobre mais do que a clássica arquitetura, mas seu papel artístico e social.

Devido à pandemia do novo coronavírus, as visitas devem ser agendadas no portal do Sesc 24 de Maio e o tempo máximo de permanência é de 60 minutos. Todos os visitantes devem fazer a inscrição pelo site, ou a entrada não será permitida. É obrigatório o uso de máscara cobrindo o nariz e a boca durante toda visita. Há medição de temperatura na entrada do Sesc.

Serviço Exposição Infinito Vão: 90 Anos de Arquitetura Brasileira Local: Sesc 24 de Maio – Rua 24 de Maio, 109 – Centro Horário de funcionamento: de terças a sextas, das 12h às 20h. Sábados, das 10h às 17h. Agendamento de visitas:  sescsp.org.br/24demaio Preço: grátis

Exposição virtual

Ondas de Luz, na UP Time Art Gallery


Não quer sair de casa? Sem problemas! A galeria virtual e 3D da UP Time Art Gallery recebe a exposição “Ondas de Luz”, que reúne as obras da artista visual paulistana Carol Couri. Com curadoria de Marisa Melo, fundadora da galeria, a artista convida observadores a explorarem luzes, linhas e figuras que se mesclam e levam visões da natureza ao público. Assim, Couri busca trazer de volta a leveza e vibrações elevadas para amenizar as conturbações de dias difíceis. As obras foram produzidas de forma terapêutica durante os períodos mais rigorosos do isolamento social. A exposição fica em cartaz até o dia 20 de junho.

Serviço Exposição 3D Individual – Ondas de Luz Local: site oficial da galeria virtual da UP Time Gallery: uptimegallery.com . Preço: grátis

Fonte: IG Turismo

Propaganda

Momento Turismo

Destino dos famosos: Os parques de diversão em Orlando

Publicados

em


source
Larissa Manoela, Sabrina Sato e Dani Calabresa já visitaram Orlando
Reprodução

Larissa Manoela, Sabrina Sato e Dani Calabresa já visitaram Orlando

Considerado um dos  destinos mais procurados pelos brasileiros , a cidade de Orlando, na Flórida, na costa leste dos Estados Unidos, conquistou turistas do Brasil inteiro pela magia dos parques temáticos, pelo clima agradável e, claro, pelas compras sem imposto, a preços baixos e com qualidade. O destino não chama a atenção só de turistas comuns, como é queridinho de celebridades como Larissa Manoela, Sabrina Sato e Dani Calabresa. 

A região de Orlando é tão querida por famosos que só Larissa Manoela tem três casas na região. Dani Calabresa por sua vez, é apaixonada pelo parque Magic Kingdom, da Disney e até foi pedida em casamento pelo publicitário Richard Neuman em uma das visitas ao parque. 

Atualmente, a entrada nos Estados Unidos para turistas é restrita para quem tem visto vigente e teste PCR negativo para Covid-19. Se pensa em visitar Orlando futuramente, cada época tem seu charme. No verão, as temperaturas são bem altas e é alta temporada, no inverno, as temperaturas são mais amenas, como as do Brasil e também é alta temporada, por conta do Natal e Ano Novo. 

Agora, se quer algo mais tranquilo, visite Orlando na primavera ou outono, que as temperaturas são amenas e a chance de chuvas ou tufões são menores. Como os parques mudam de decoração, nessas épocas há festas de flores na primavera e o Halloween no outono. O ano inteiro é repleto de festas temáticas. 

Leia Também:  Viajantes mudam a rotina e compartilham vida a bordo de motorhome na web

Como chegar em Orlando?

Parque Universal
Divulgação

Parque Universal

Com aeroporto internacional próprio, é possível ir direto para o destino. Saindo de São Paulo, o preço médio atualmente é de R$ 1970, com voo pela United Airlines, já que outras companhias aéreas estão com voos restritos para os Estados Unidos e podem ser mais caros, como pela Latam, que está saindo a R$ 4260. 

Você viu?

Onde se hospedar em Orlando?

É possível se hospedar na região dos parques
Divugação

É possível se hospedar na região dos parques

Se o objetivo é visitar os parques, que tal se hospedar nos resorts temáticos? Assim o turista gasta menos com transporte e tem uma experiência Disney muito maior, a maioria tem pacotes com café da manhã e até ingressos para os parques. Atualmente, os hotéis “moderados” da Disney têm diária média de R$ 1.442, em alta temporada, e R$ 1056, na baixa. 

Agora, se quer luxo na Disney, na alta há diária que variam entre R$ 2,5 mil e R$ 3,6 mil, dependendo do hotel escolhido. Para economizar, o ideal é procurar hotéis na região de Orlando, cujos preços são menores e saem na média diária de R$ 345. Se o objetivo é se divertir nos parques, o turista precisará comprar os ingressos para os parques e alugar carros para passear. 

O que fazer em Orlando?

Jungle Cruise, que virou filme, é atração do Magic Kingdom'
Divulgação/Disney

Jungle Cruise, que virou filme, é atração do Magic Kingdom’

Como o destino é conhecido pelos parques, os mais conhecidos são os ‘da Disney’, como o Epcot, Magic Kingdom e Animal Kingdom. O Epcot é uma cidade utópica planejada por Walt Disney, dividido em duas áreas: Future World e World Showcase. É nesse parque que há o pavilhão internacional, com 11 países representados em lojas e restaurantes e também a ‘bola do Epcot’, a Spaceship Earth, atração que mostra avanços da humanidade. 

Leia Também:  Gramado recebe exposição sobre Antártica com fósseis de 50 milhões de anos

O Magic Kingdom, parque mais famoso do complexo da Disney, é o que traz a magia das princesas para a vida real. Com mais de 40 atrações, o parque tem o famoso castelo da Cinderela. Além das montanhas-russas famosas, atrações que viraram filmes, como Piratas do Caribe e Jungle Cruise  e passeios para conhecer princesas e personagens da Disney. 

Para conhecer animais e atrações radicais, o Animal Kingdom reúne montanha-russas radicais, o parque tem áreas com animais, safáris e o parque de Pandora, do mundo de Avatar. A atração virou a mais famosa do local porque os visitantes entram no ambiente de Pandora por completo.

Já para os amantes da saga Harry Potter, dos seriados “Simpsons” e “Friends”, o parque da Universal oferece atrações que fazem uma imersão total pelo universo de filmes e séries. É possível visitar o Beco Diagonal, Springfield e o Central Perk. Como é de outro estúdio, é preciso procurar ingressos a parte dos da Disney. 

Para os que adoram ciência, um pouco mais afastado do centro de Orlando e dos parques está o Kennedy Space Center, da Nasa. O museu interativo está no complexo da Nasa, onde foram lançados os principais projetos espaciais da história. É possível conhecer naves, cápsulas e tudo da história espacial norte-americana. 

Se quer visitar lojas e fazer aquela compra rentável, procure pela Church Street e pelas lojas Saks Fifth Avenue e os Outlets de Orlando, com direito a marcas famosas como Adidas, Nike, GAP e até Prada. As lojas mais recomendadas para brasileiros que amam comprar são Ross e Marshalls, com roupas a preço de custo. 

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA