Momento Turismo

Casal abandona vida convencional para viver em motorhome na Europa

Publicados

em


source

Os caminhos de Lucas Miguel, 33, e Eve Leoncio, 26, se cruzaram na Europa em 2017, quando ambos tinham ido para Dublin, estudar e trabalhar. Depois de alguns meses de relacionamento, eles começaram a notar que a ânsia que os levou do Brasil para a Irlanda ainda não havia cessado. Apesar da rotina confortável, eles começaram a conversar sobre novas possibilidades. 

casal motorhome
Instagram/@rotaalternativarv

O casal, que já viajou grande parte da Europa com seu parceiro Rogeirinho, compartilha essa experiência no Instagram @rotaalternativarv


“Até que um dia a gente assistiu um vídeo no Youtube de um ônibus convertido e de uma galera que viajava nele. Daí caímos em outros vídeos de vans e motorhome e de repente clicou: é isso, faz todo sentido morar em um carro que tem uma certa estrutura e poder viajar e ser totalmente móvel”, conta Lucas.

O casal então incluiu um novo membro na relação: Rogerinho, o motorhome. O nome no diminutivo faz jus ao tamanho do automóvel, que além de pequeno é um modelo bem antigo, de 1992, o que facilitou a pechincha. O preço também indicava que algumas coisas não funcionavam, o que fez com que Lucas e Eve tivessem que mexer no carro. Eles instalaram um painel solar e uma bateria para que eles pudessem recarregar os equipamentos eletrônicos. Mas aquecedor de água, por exemplo, eles ainda não têm.

Leia Também:  Hopi Hari reabre neste sábado

Os brasileiros estão há dois anos viajando pela Europa. Nesse tempo eles já conheceram a Holanda, Alemanha, Áustria, Eslovênia, Portugal, Grécia, Macedônia, Sérvia, Hungria. “A intenção esse ano era viajar pela Escandinávia, Noruega, Dinamarca e Suécia, mas veio a pandemia do coronavírus, então a gente passou 2020 inteiro trabalhando. Atualmente estamos na Holanda, trabalhando em uma fazenda”, diz Lucas, que trabalhava em um estúdio de animação 3D no Brasil.

casal praia
Instagram/@rotaalternativarv

Lucas e Eve tiveram a oportunidade de conhecer diversos destinos paradisíacos da Europa, entre eles a pequena ilha Lefkada, na Grécia


Eve reitera que apesar da possibilidade de viajar bastante e conhecer diversos lugares ser atrativa, o objetivo principal ao adotarem a vida nômade não era esse, mas sim buscar um estilo de vida mais simples e que saísse da mesmice da rotina de trabalhar de segunda a sexta. Para isso, o casal economizou €12.000 para comprar o motorhome e conseguir viajar por seis meses com mais tranquilidade. Em geral, eles mantêm esse esquema de trabalhar e economizar por um período para poderem viajar sem preocupações.

O casal se adaptou muito bem à vida na estrada e aprecia muito a liberdade que esse modelo proporciona, mas toda escolha traz consequências e dificuldades. “A questão do planejamento pega muito para mim, eu tô descontruindo isso, mas sempre precisei saber o que fazer amanhã. Tanto que sempre fizemos roteiros, nunca foi ‘hoje a gente dorme aqui e amanhã a gente vê’, isso nunca funcionou para mim”, diz Eve.

Leia Também:  Halloween em Orlando: parques da Universal apresentam novas atrações

Lucas diz que mais sente falta da vida “normal” é poder estar perto dos amigos e das pessoas queridas, especialmente nos últimos meses. “Nunca fui tão apegado. A gente sente saudade, claro, mas sempre soube lidar. Ultimamente, depois de algum tempo longe, comecei a dar mais valor para isso”, diz.

Quando eles compraram o Rogerinho, não tinham muitos planos, pretendiam ficar um ano viajando para entender se realmente gostariam desse estilo de vida para depois ver o que fariam. Hoje, especialmente após os últimos meses trabalhando em uma fazenda, já estão começando a planejar um futuro mais distante, onde pretendem ter um pedaço de terra em algum lugar da Europa para construir uma casa simples onde eles possam plantar o próprio alimento e, claro, ainda ter um motorhome na garagem para quando quiserem viajar.


Fonte: IG Turismo

Propaganda

Momento Turismo

Ainda não sabe o que fazer o ano novo? Veja dicas de como planejar a virada

Publicados

em


source

 Com menos de três meses para 2020 acabar, muitos estão esperançosos de poderem programar alguma viagem para o réveillon. Claro que assim como qualquer viagem, alguns cuidados devem ser tomados, como a compra antecipada de passagens, fazer o roteiro. Porém, por conta do coronavírus, é necessário também ver se o destino está seguindo os protocolos de segurança contra a doença. 


fogos de artíficio
PixabayReprodução

Confira os melhores destinos para você passar o ano novo


Gustavo Mariotto, gerente de marketing da Viajanet,  em entrevista ao IG Turismo deu algumas dicas de melhores destinos para você passar o ano novo. Confira. 

Quais são os destinos que são mais viáveis nesse momento?

Ainda é preciso tomar muitos cuidados nesse momento de retomada, por isso é preciso pensar bem na hora de escolher o destino. O ecoturismo pode ser uma opção viável, devido a menor quantidade de contato com outras pessoas e o amplo espaço ao ar livre. 

“Alguns lugares que se destacam são: Bonito (MS), Brotas (SP), Chapada dos Veadeiros (GO) e Ilha do Mel (PR)”, sugere o especialista. 

E se quiser ir para a praia?

Tradicionalmente o brasileiro gosta de virar o ano nas praias. O principal problema de viajar para esses destinos durante a pandemia é devido a aglomeração, quefacilitar a propagação do coronavírus.

Leia Também:  Hopi Hari reabre neste sábado

Pensando nisso, Mariotto dá algumas dicas de lugares que você pode escolher se quiser passar o ano novo com maior tranquilidade: 

Búzios – Rio de Janeiro

A Armação de Búzios é uma antiga vila de pescadores que, apesar de pequena, traz muitos atrativos para os visitantes.  O lugar ganhou fama mundial com a presença da musa francesa Brigitte Bardot em suas areias nos anos 60. O turista tem as condições ideais para curtir as mais de 20 praias e escolher as que mais se ajustam ao seu perfil. 

Ilha de Boipeba – Bahia

Localizada a 170 km de Salvador, em uma região que foi reconhecida pela UNESCO como Reserva da Biosfera e Patrimônio da Humanidade, a Ilha de Boipeba atrai turistas de todas as partes do Brasil que procuram se distanciar da vida moderna. Sua costa protegida por recifes de corais garantem o mar tranquilo em suas praias de areia clara e com vários coqueiros. 

São Miguel dos Milagres – Alagoas 

Praia praticamente intocada, poucos destinos são tão indicados quanto São Miguel dos Milagres. A 100 km de Maceió, a cidadezinha tem praias de águas mornas e verdes. Suas piscinas naturais tornam o local ideal para atividades como nadar, praticar mergulho ou passear de jangada. Com tanta beleza, se esticar em suas areias clarinhas para contemplar o visual também é um excelente programa.

E quais os melhores destinos pra quem quer ir pra serra? 

Você quer passar o ano novo em um lugar mais tranquilo e com a família? Também tem opções para você, confira.

Leia Também:  Como acessar uma sala vip de aeroporto? Especialista dá dicas infalíveis!

Gramado- Rio Grande do Sul 

A cidade de Gramado, localizada na Serra Gaúcha, está a apenas 115 km de Porto Alegre. Além de ser um dos lugares com melhor infraestrutura do país para atender aos turistas, Gramado proporciona uma diversificada gastronomia – seja ela italiana, alemã ou suíça -, chocolates artesanais, belíssimas paisagens em parques, mirantes e vales. Isso pode ser conferido em um charmoso passeio de Maria Fumaça, que passa pelo Vale dos Vinhedos.

Em Gramado, há ainda outras opções de passeios, como ao bucólico Lago Negro, a cidade-miniatura chamada de Mini Mundo e o museu de cera Dreamland. O visitante também pode aproveitar para conhecer a sua vizinha Canela, acessível até a pé ou de bicicleta. Entre as atrações destaca-se a Catedral de Pedra. Para melhorar, o período é de baixa temporada na cidade, o que reduz substancialmente os custos envolvidos na viagem.

Campos do Jordão – São Paulo 

Campos do Jordão é uma cidade montanhosa localizada no interior de São Paulo que recebe milhares de turistas atraídos pelas baixas temperaturas. Inspirada na arquitetura alemã, há diversos pontos especiais, como chalés e restaurantes com comidas deliciosas, como fondues. Outro passeio que você deve realizar é a viagem de trem de Campos do Jordão até Santo Antônio do Pinhal.

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA