Momento Turismo

Cruzeiro em casa e voo fake: as melhores ideias para viajar sem sair do lugar

Publicados

em


source

A saudade de viajar está grande né, minha filha? Conhecer novos lugares, curtir novas experiências e até mesmo ficar deitados tomando sol em uma praia paradisíaca, mas os planos tiveram que ser adiados, por enquanto.

viajar
Divulgação/Taipei Songshan Airport

Uma empresa área de Taiwan ofereceu aos clientes a experiência de uma viagem de avião fake

Porém, algumas pessoas criativas tiveram ideias para matar a saudade de viajar e viralizaram na internet. Separamos as melhores para você curtir e quem sabe tentar fazer a mesma coisa na sua casa! Confira a lista:


 1. Cruzeiro na própria casa

O casal americano Dave e Norma Trill iria comemorar o 53º aniversário de casamento em um cruzeiro de 10 dias da Royal Caribbean . Contudo, a viagem foi cancelada por conta do coronavírus.

Mas o casal não se deixou abalar e recriou um cruzeiro na sala de estar deles. Para imitar o mar caribenho, os idosos colocaram vídeos de ondas na televisão. Eles ainda vestiram roupões e se espreguiçaram no sofá com uma boa taça de vinho. Até o neto deles entrou na brincadeira e fez os sons de vento para a gravação. Confira o vídeo.

Leia Também:  Única vinícola do Rio de Janeiro produz cinco rótulos e está recebe visitantes


2. Viagem de avião fake

viagem
Divulgação/Taipei Songshan Airport

Uma empresa área de Taiwan ofereceu aos clientes a experiência de uma viagem de avião fake


Um aeroporto em Taiwan criou uma experiência peculiar para as pessoas que sentem falta de viajar e queriam a sensação de decolar novamente. O aeroporto de Songshan, em Taipei, criou uma viagem de avião ‘fake’.

A experiência permite que as pessoas que querem participar sigam todos os trâmites para embarcar em um voo normal: elas têm que passar pelo check-in, pelo controle de segurança do passaporte e até embarcar no avião.

O primeiro voo fake foi feito no começo de junho e mais de 7 mil pessoas se inscreveram para participar dos próximos voos falsos.

3. Mundo mágico em casa

viajar
Reprodução/Facebook

Uma família americana não pode viajar até a Disney, então trouxe o mundo mágico para a casa


Nos Estados Unidos, a família Gubenko tinha uma viagem marcada para a Disney, mas teve de cancelar os planos. Vendo que as filhas do casal, Sadie e Summer, de oito e quatro anos respectivamente, estavam devastadas com a notícia, Jessica e Brett tiveram a ideia de trazer o mundo mágico para a casa.

Leia Também:  Pesquisa aponta que a maioria dos brasileiros acha essencial viagem sustentável

Eles recriam algumas das famosas atrações do parque temático , como o “Magic Carpet” e o “Splash Mountain” e, para finalizar essa experiência, os pais das meninas terminaram o dia com um jantar temático, onde até a mãe delas se fantasiou da princesa Bela, uma das mais famosas da Disney.

4. RoadTrip a um clique


Um estudante de Harvard de 19 anos chamado Uday Schultz decidiu que iria realizar um sonho de infância: fazer uma viagem de carro pelos Estados Unidos.

Mas, como ele não tinha um carro e estava no isolamento social, ele resolveu que iria fazer a viagem mesmo assim, só que virtualmente, dentro de sua casa no Brooklyn, Estados Unidos.

Uday está usando o Google Street View para fazer sua jornada. Ele colocou a localização em Seattle e começou a clicar até o caminho de volta para sua casa.

“Decidi dirigir de Seattle para NYC pelo Google Street View. Tenho pensado nisso desde que a quarentena começou, mas agora resolvi finalmente começar. Vou tentar passar 30 a 60 minutos por dia até chegar ao meu destino. Vou postar atualizações periódicas aqui. Esse é meu ponto de partida”, contou em seu Twitter.

Fonte: IG Turismo

Propaganda

Momento Turismo

Pesquisa aponta que a maioria dos brasileiros acha essencial viagem sustentável

Publicados

em


source
Viagem sustentável
Pixabay

96% dos brasileiros acreditam que as viagens sustentáveis são essenciais


Centenas de pessoas de 30 nacionalidades diferentes foram questionadas sobre a importância de fazer viagens sustentáveis e 96% delas acreditam que esse seja um fator muito importante na escolha do destino. Esse número coloca o Brasil na terceirta posição entre os viajantes que mais dão importância à questão, empatando com os mexicanos e colombianos e atrás apenas dos quenianos (98%) e dos vietnamitas (97%).

O Relatório de Viagens Sustentáveis 2021, divulgado pela Booking.com aponta ainda que, durante as férias dos últimos 12 meses, 49% dos viajantes brasileiros tomaram a decisão de desligar o ar-condicionado ou aquecedor da acomodação quando não estavam presentes, e 54% decidiram levar a sua própria garrafa d’água reutilizável durante a viagem ao invés de comprar garrafas descartáveis. 

Além disso, 64% dos viajantes brasileiros disseram que se sentem incomodados quando estão em alguma acomodação que os impede de ser sustentáveis, quando, por exemplo, não oferecem coleta de lixo reciclável. Paralelo a isso, 96% dos brasileiros dizem que desejam se hospedar em uma acomodação sustentável no próximo ano, um aumento considerável em relação a 2016 (80%), quando a empresa produziu pela primeira vez uma pesquisa voltada para as viagens sustentáveis. 

Para Marianne Gybels, diretora de sustentabilidade da Booking.com, “é muito inspirador ver como a conscientização sobre a importância das viagens sustentáveis cresceu de forma consistente”. Ela acrescenta ainda que mudanças pequenas, como deixar de usar plástico descartáveis ou usar lâmpadas LED podem parecer insignificantes isoladamente, mas “quando essas ações são multiplicadas por milhões de viajantes e propriedades em todo mundo, todos os pequenos passos começam a se somar e têm um potencial positivo de grande impacto”. 

Com relação à conscientização no que diz respeito à sustentabilidade, de acordo com a pesquisa, 82% dos parceiros de acomodações da empresa no mundo todo veem a sustentabilidade no setor de hospedaria como uma coisa importante. Porém, mesmo que 3 em cada 4 parceiros tenham dito que implementaram práticas sustentáveis em suas propriedades, apenas 31% deles comunicaram esses esforços ativamente para hóspedes em potencial, e muitos (59%) o fazem apenas no momento do check-in. 

Leia Também:  Serra Gaúcha: locais para curtir a região favorita do inverno

Em 2020, antes da pandemia, o número de brasileiros interessados em acomodações sustentáveis era de 94%. Contudo, ao analisar os 34% que disseram não ter se hospedado em uma acomodação sustentável no ano passado, 24% disseram que não sabiam que existia essa opção e mais da metade (51%) alegaram que não encontraram instalações nessa linha quando estavam viajando. De maneira geral, 47% dos brasileiros dizem que ainda não existem opções suficientes para viagens sustentáveis em 2021.

Você viu?

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA