Momento Turismo

Especialista ensina truques para deixar suas viagens mais baratas

Publicados

em


source

Muito se tem falado sobre a retomada do turismo, mas não podemos esquecer que a palavra segurança não pode sair da nossa mente em tempos de pandemia. Nada melhor que viajar com segurança e ainda saber os truques para economizar!  

Pesquisando e vendo os melhores preços.
Reprodução/Pinterest/Fabianascaranzi

undefined



Viajar é tudo de bom, mas se divertir e gastar menos é melhor ainda

Para ajudar a planejar sua próxima viagem com economia o iG Turismo conversou com Rodrigo Góes, autor do livro “O mapa para acumular 1 milhão de milhas”, separou os melhores truques para baratear sua viagem nessa retomada. 

  • 2020 é o melhor ano para acumular milhas 

De acordo com Rodrigo, as companhias aéreas estão com diversas promoções dentro do acúmulo de milhas. Isso serve para você juntar o máximo de milhas em 2020 e viajar barato em 2021. 

  • Hotéis em parcerias com programas de fidelidade

Rodrigo explica que o site hoteis.com está com parceria com a Tudo Azul, em que para cada R$1 gasto no hoteis.com você ganha 5 milhas da Tudo Azul. Então, você pode usar as milhas para uma passagem áerea ou utilizá-las para vender e usar o dinheiro para abater na reserva do hotel. 

  • Benefícios do cartão de crédito 
Leia Também:  Destino dos famosos: as águas cristalinas de Cancún

Há cartões de crédito que oferecem alguns benefícios que ajudam na economia da viagem. Seguro viagem gratuito e seguro do aluguel de carro são alguns dos benefícios que podemos utilizar, reduzindo ainda mais o custo da viagem. 

  • APP The Fork

A última dica do Rodrigo é o aplicativo de restaurantes The Fork. Ele oferece boa variedade de pratos e as reservas são feitas com vários descontos no pagamento final. É uma dica para saborear muitas coisas boas e comer bem viajando sem gastar muito. 

Prefira visitar lugares mais abertos e com muita natureza

No quesito segurança, Rodrigo nos alerta que cidades com uma natureza ampla são sempre a melhor opção. “Procurar lugares mais abertos, com mais natureza. Durante o momento do voo e antes do voo evitar aglomeração. As próprias companhias aéreas estão chamando por partes justamente para evitar as filas na hora do voo. No desembarque, a saída do voo é por fileira. E sempre manter a máscara e utilizar o álcool em gel”, diz o especialista. 

Top 3 dos destinos mais interessantes

Antes de tudo, é necessário saber quais os países que estão com fronteiras abertas e os que estão para abrir. Existem vários sites para acompanhar em tempo real as restrições de cada país.

Leia Também:  Destino dos famosos: as águas cristalinas de Cancún

Segundo Rodrigo, os melhores destinos que já estão com fronteiras abertas são:

1 –  Ilhas maldivas

Lugar paradisíaco com ilhas privadas. Não é um destino barato, mas é possível reduzir os custos da viagem usando as dicas anteriores. No entanto, “é um destino exclusivo, onde você consegue curtir muito e ainda ficar isolado num lindo lugar”, diz Rodrigo. 

Ilhas Maldivas
Reprodução/Pinterest/Viajali.com.br

Ilhas Maldivas



 2 – Egito

Nesse destino, você vive tanto a história do egito, que é muito interessante, quanto desfruta de belíssimas paisagens. Ao mesmo tempo que aprende, você conhece uma das 7 maravilhas do mundo: a Pirâmide de Gizé.

Pirâmide de Gizé
Reprodução/Pinterest/Cultura10.org

Pirâmide de Gizé



3- México 

Outra oportunidade para conhecer uma das 7 maravilhas do mundo, a Pirâmide de Chichén Itzá, na Península de Yucatán. Além, é claro, de passar pelos badalados Cancún, Playa Del Carmen e Tulum. 

Pirâmide de Chichén Itzá
Reprodução/Pinterest/Vivadecora.com.br

Pirâmide de Chichén Itzá







Fonte: IG Turismo

Propaganda

Momento Turismo

Destino dos famosos: as águas cristalinas de Cancún

Publicados

em


source
Mirella, Simone e Nadine Gonçalves estiveram em Cancún
Reprodução/Instagram

Mirella, Simone e Nadine Gonçalves estiveram em Cancún



Localizada na costa mexicana do Mar do Caribe, Cancún tem uma extensa faixa litorânea repleta de resorts, hotéis e bares. Por ter praias deslumbrantes e diversas atrações para relaxar e aproveitar, famosos como MC Mirella, a mãe de Neymar, Nadine Gonçalves, e Simone Mendes, da dupla com Simaria, se encantaram pelo local. 

Como o país está na zona tropical, Cancún é sempre quente, mas o viajante deve tomar cuidado com o clima de chuvas, que ocorre entre agosto e novembro. Por isso, as melhores épocas são no clima mais seco, entre fevereiro e abril. Outro ponto a prestar atenção é na época de sargaço, quando as águas ficam infestadas de algas, que aparecem entre junho e agosto. 

Para brasileiros, o México é o melhor país para visitar durante a pandemia, já que não é necessário teste PCR ou documentos que comprovem a vacinação. O necessário é preencher um questionário eletrônico de saúde e outros documentos básicos para viagens internacionais. A maioria dos resorts têm planos de contingência para a Covid-19 e caso tenha seguro-viagem, o turista pode ficar tranquilo quanto a possíveis infecções. 

Leia Também:  Destino dos famosos: as águas cristalinas de Cancún

Como chegar em Cancún?

Cancún é repleto de praias
Unsplash

Cancún é repleto de praias

Mesmo sendo um destino repleto de praias, o acesso a Cancún não é complicado. Há um aeroporto internacional e é possível chegar ao local sem escalas. Saindo de São Paulo, com parada em Miami, a passagem tem preço médio de R$ 3435. Agora, se prefere sem escalas, há passagens com preço médio de R$ 5135.

(Continue a leitura logo abaixo)

Leia Também

Onde se hospedar em Cancún?

Cancún tem diversos tipos de hospedagem
Unsplash

Cancún tem diversos tipos de hospedagem

A maioria dos resorts fica pelo Boulevard Kukulcán, na Zona Hotelera. Ao escolher uma hospedagem, é preciso entender que os primeiros 9 km têm praia mais calma e vida noturna agitada. Do 14º km para frente, o mar é mais agitado e há mais comércio. 

Como boa parte dos hotéis é all-inclusive, com refeições e bebidas inclusas no pacote, o preço é mais caro que o comum, mas vale a pena por conta do conforto. Se quiser ficar em locais de três estrelas, o preço médio é de R$ 280, já os de cinco estrelas têm preço médio de R$ 1,5 mil.

Leia Também:  Destino dos famosos: as águas cristalinas de Cancún

O que fazer em Cancún?

Resort & Spa Nuzic, em Cancún - MEX
Reprodução/ Site oficial

Resort & Spa Nuzic, em Cancún – MEX

Se a preferência é ficar em um resort, não faltam opções de atrações na hospedagem. Praias privativas, vida noturna e spas são grandes procuras dos viajantes no destino. Se quer aproveitar o local, procure explorar praias e tours por regiões diferentes de Cancún. 

A 10 km ao norte de Cancún, Isla Mujeres é um dos locais mais procurados para quem quer águas calmas, parques com esportes, atividades de barco e mergulho e claro, restaurantes. Outra ilha agradável é a Isla Contoy, com águas claras, areia branca e perfeito para os que querem aproveitar a natureza, já que a ilha é a casa de pelicanos e outros pássaros. 

O viajante que quer mergulhar pode visitar Cozumel, que é a grande atração, com corais de encher os olhos. Playa del Carmen e Tulum são locais menores, mas superconvidativos. Playa tem diversos beach clubs divertidos e Tulum tem os famosos cenotes. Cancún também reúne os sítios arqueológicos de Chichén Itzá, a 200 km do centro. 

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA