Momento Turismo

Hotéis e agências oferecem promoções para os feriados de 2020

Publicados

em


source

A Semana Brasil 2020 foi criada com o objetivo de aquecer a economia, aproveitando o feriado de 7 de setembro, quando é comemorado o Dia da independência do Brasil. Participam diversos setores do varejo, oferecendo promoções até o dia 13. A iniciativa foi articulada pela Secretaria de Comunicação do governo federal (Secom), em parceria com o Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV).

casal viajando
Freepik/reprodução

Empresas estão disponibilizando promoções que vão até o Natal por conta da Semana Brasil 2020


O setor do turismo não ficou de fora dessa, diversas agências de viagem hotéis estão oferecendo pacotes com preços especiais para o feriado. Para destinos próximos a São Paulo, a CVC está oferecendo estadias nas cidades de Campos do Jordão e Ilhabela por diárias a partir de R$ 100 e também passagens aéreas para destinos como Gramado, Porto de Galinhas e Rio de Janeiro por preços abaixo de R$ 1.000.

Leia Também:  Ator de "Malhação" largou vida de galã e vive há dois anos em um barco

Hotéis da rede GJP Hotels & Resorts em todo o Brasil também aderiram à Semana Brasil e estão oferecendo pacotes promocionais para os feriados de 2 de outubro (Dia das Crianças), 2 de novembro (Finados) e 20 de novembro (Consciência Negra) em que na compra de duas diárias, o cliente ganha terceira. Para o Natal, terá a promoção “fique 4 e pague 3”, em que o hóspede compra três diárias e ganha uma. 

Os hotéis e as aeronaves estão todas com políticas de higiene e isolamento para oferecem mais segurança aos turistas, mas, apesar disso, o risco de contaminação —  mesmo em um bate e volta — existe. Portanto, os profissionais ainda não recomendam que as atividades turísticas sejam retomadas e, caso seja necessário, o  uso correto das máscaras de proteção e o cuidado com a higiene das mãos são imprescindíveis.

Fonte: IG Turismo

Propaganda

Momento Turismo

Ator de “Malhação” largou vida de galã e vive há dois anos em um barco

Publicados

em


source
Max Fercondini
Reprodução Instagram

Max Fercondini

Max Fercondini  resolveu pausar a carreira artística para se dedicar inteiramente a expedições pelo mundo. Atualmente, ele está em sua terceira – a primeria pela água. Já são dois anos e meio nesta aventura.

Antes de arrumar as malas e seguir o sonho de desbravar o mundo, Max Fercondini fez muito sucesso na TV. O paulista de São Vicente, litoral de São Paulo, atuou em várias novelas, como ” Malhação “, “Laços de Família” (2000), “Começar de Novo” (2004), ” Páginas da Vida ” (2006), “Ciranda de Pedra” (2008) e entre outras. 

“Um dia pretendo voltar a atuar, mas por ora estou mais realizado fazendo as expedições”, comentou ele sobre a pausa na carreira. 

Antes de se lançar no oceano , Max cruzou os ares em um avião monomotor e, depois, terras distantes em um motorhome. Ele conheceu geleiras, sítios de Machu Picchu e viu as estrelas do Atacama. 

Leia Também:  Campistas pagam R$ 2 mil por uma noite pendurados em um penhasco. Você toparia?

“Viajei pelo Pantanal , Amazônia, pampas, cerrado. Pousei em tribos indígenas, ribeirinhos, comunidades quilombolas. Escalei um vulcão ativo e ajudei paleontólogos a escavarem um dinossauro de 90 milhões de anos” relatou.

“Estudei para tirar todas as carteiras necessárias e, no período de preparação de apenas um ano, comprei meu veleiro em Barcelona . Nessa primeira fase do novo projeto, vou me manter pela Europa , velejando de Lisboa até Istambul, na Turquia”, disse ele, que completou. “Pretendo preparar o barco para dar a volta ao mundo”.

Todavia, engana-se que a vida no mar é fácil. “Viver a bordo é se forçar a levar uma vida mais simples, sem a necessidade de consumir e acumular coisas. Na bagagem ficam as experiências que eu vivo”, pontuou.

Questionado de onde tirou a ideia de velejar pelo mundo, ele cita um nome: Amyr Klink , um navegador conhecido por viajar ao redor do mundo com a família. “Tive o prazer dele [Amyr Klink] e sua família escreverem o prefácio do meu primeiro livro. Ele é um velejador solitário, assim como eu”, revelou. 

Leia Também:  Após seis meses, Índia reabre Taj Mahal para visitantes
Fonte: IG Turismo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA