Momento Turismo

Jornalista atravessa as Américas a cavalo e ensina a gastar pouco em viagens

Publicados

em


source
Felipe Masetti, jornalista brasileiro que cruzou as Américas a cavalo, ensina a viajar sem gastar muito
Divulgação

Felipe Masetti, jornalista brasileiro que cruzou as Américas a cavalo, ensina a viajar sem gastar muito



Uma pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) indica que o principal desejo dos  brasileiros depois da pandemia do novo coronavírus é fazer viagens. Mesmo que ainda leve tempo para que o cenário global se organize, muitos turistas já estão se preparando e querem viajar sem gastar muito .


De acordo com Filipe Masetti, jornalista brasileiro que cruzou as Américas a cavalo , é possível planejar uma viagem sem ter muito dinheiro seguindo cinco passos.

Leia Também:  Destino dos famosos: as águas cristalinas de Cancún

Você viu?

1- Comece a planejar agora

Masetti afirma que quanto mais tempo de planejamento uma viagem tem, menos gastos o viajante terá. Por esse motivo, é importante começar a pesquisar todo seu itinerário e preparar o roteiro com antecedência.

O jornalista explica que é importante ficar de olho nos trechos de ida e volta com passagens mais baratas . É muito mais fácil viajar sem gastar muito fora de alta temporada, optando por trajetos na madrugada. Dessa forma, além de economizar no transporte, o turista economiza um dia de hospedagem.

2- Se hospede de graça

A acomodação é uma das partes mais custosas na hora de viajar. Mas Masetti explica que é possível se hospedar de graça em alguns locais. Ele recomenda o uso do site CouchSurfing, que conecta turistas a pessoas que estão dispostas a recebê-los. Caso use esse site, o jornalista indica que o viajante pesquise sobre o anfitrião, veja as avaliações e tente conversar com outras pessoas que se hospedaram lá. Se for mais confortável ficar em um hotel, opte por hostels . Alguns deles chegam a oferecer cafés da manhã e quartos privados.

Leia Também:  Destino dos famosos: as águas cristalinas de Cancún

3- Atenção ao se locomover

Para baratear ainda mais a viagem, evite ficar usando o transporte público ou pedindo táxi. Por que não optar por pedalar pela cidade ou conhecer os arredores caminhando? Dessa forma, o turista aproveita mais ainda a cidade e economiza uma graninha.

4- Torne-se voluntário

Vai passar muitos meses na estrada mas não quer gastar? Uma opção para conseguir acomodação e alimentação gratuita é se tornar um voluntário . Alguns  hostels aceitam hóspedes que trabalhem na organização do local e, em troca, podem ficar nas instalações sem nenhum custo. É uma boa opção para quem pretende fazer um mochilão.

5- Quando precisar, peça ajuda

Masetti explica que uma das principais dicas para viajar sem gastar muito é não ter medo ou vergonha de pedir ajuda. Lembrou de um amigo que mora no local para onde vai viajar? Ligue para perguntar se pode se hospedar por alguns dias. Em troca, o turista pode oferecer serviços em casa, fazer compras ou prestar algum auxílio. Coloque na ponta do lápis e verá que pedir ajuda pode ser a chave para economizar.

Fonte: IG Turismo

Propaganda

Momento Turismo

Destino dos famosos: as águas cristalinas de Cancún

Publicados

em


source
Mirella, Simone e Nadine Gonçalves estiveram em Cancún
Reprodução/Instagram

Mirella, Simone e Nadine Gonçalves estiveram em Cancún



Localizada na costa mexicana do Mar do Caribe, Cancún tem uma extensa faixa litorânea repleta de resorts, hotéis e bares. Por ter praias deslumbrantes e diversas atrações para relaxar e aproveitar, famosos como MC Mirella, a mãe de Neymar, Nadine Gonçalves, e Simone Mendes, da dupla com Simaria, se encantaram pelo local. 

Como o país está na zona tropical, Cancún é sempre quente, mas o viajante deve tomar cuidado com o clima de chuvas, que ocorre entre agosto e novembro. Por isso, as melhores épocas são no clima mais seco, entre fevereiro e abril. Outro ponto a prestar atenção é na época de sargaço, quando as águas ficam infestadas de algas, que aparecem entre junho e agosto. 

Para brasileiros, o México é o melhor país para visitar durante a pandemia, já que não é necessário teste PCR ou documentos que comprovem a vacinação. O necessário é preencher um questionário eletrônico de saúde e outros documentos básicos para viagens internacionais. A maioria dos resorts têm planos de contingência para a Covid-19 e caso tenha seguro-viagem, o turista pode ficar tranquilo quanto a possíveis infecções. 

Leia Também:  Destino dos famosos: as águas cristalinas de Cancún

Como chegar em Cancún?

Cancún é repleto de praias
Unsplash

Cancún é repleto de praias

Mesmo sendo um destino repleto de praias, o acesso a Cancún não é complicado. Há um aeroporto internacional e é possível chegar ao local sem escalas. Saindo de São Paulo, com parada em Miami, a passagem tem preço médio de R$ 3435. Agora, se prefere sem escalas, há passagens com preço médio de R$ 5135.

(Continue a leitura logo abaixo)

Leia Também

Onde se hospedar em Cancún?

Cancún tem diversos tipos de hospedagem
Unsplash

Cancún tem diversos tipos de hospedagem

A maioria dos resorts fica pelo Boulevard Kukulcán, na Zona Hotelera. Ao escolher uma hospedagem, é preciso entender que os primeiros 9 km têm praia mais calma e vida noturna agitada. Do 14º km para frente, o mar é mais agitado e há mais comércio. 

Como boa parte dos hotéis é all-inclusive, com refeições e bebidas inclusas no pacote, o preço é mais caro que o comum, mas vale a pena por conta do conforto. Se quiser ficar em locais de três estrelas, o preço médio é de R$ 280, já os de cinco estrelas têm preço médio de R$ 1,5 mil.

Leia Também:  Destino dos famosos: as águas cristalinas de Cancún

O que fazer em Cancún?

Resort & Spa Nuzic, em Cancún - MEX
Reprodução/ Site oficial

Resort & Spa Nuzic, em Cancún – MEX

Se a preferência é ficar em um resort, não faltam opções de atrações na hospedagem. Praias privativas, vida noturna e spas são grandes procuras dos viajantes no destino. Se quer aproveitar o local, procure explorar praias e tours por regiões diferentes de Cancún. 

A 10 km ao norte de Cancún, Isla Mujeres é um dos locais mais procurados para quem quer águas calmas, parques com esportes, atividades de barco e mergulho e claro, restaurantes. Outra ilha agradável é a Isla Contoy, com águas claras, areia branca e perfeito para os que querem aproveitar a natureza, já que a ilha é a casa de pelicanos e outros pássaros. 

O viajante que quer mergulhar pode visitar Cozumel, que é a grande atração, com corais de encher os olhos. Playa del Carmen e Tulum são locais menores, mas superconvidativos. Playa tem diversos beach clubs divertidos e Tulum tem os famosos cenotes. Cancún também reúne os sítios arqueológicos de Chichén Itzá, a 200 km do centro. 

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA