Momento Turismo

Litoral é destino mais desejado no pós-pandemia; veja cidades preferidas

Publicados

em


source

Após quatro meses de pandemia no Brasil, onde as limitações turísticas ainda são muito fortes, novos hábitos e preferências começam a aparecer nos planos dos turistas. De acordo com dados da pesquisa “Revitalize o seu bem-estar”, da Hoteis.com, as pessoas estão passando a dar preferência por destinos domésticos e com menos aglomeração e começaram a reavaliar a importância de viagens na rotina.


casal na praia
Freepik/reprodução

Florianópolis, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador estão no topo da lista de próximos destinos dos brasileiros


Realizada por meio de entrevistas online entre 15 e 24 de junho, a pesquisa revela que a maioria dos brasileiros (70%) passou a valorizar mais o hábito de viajar após a experiência de confinamento, enquanto metade (50%) afirma que pretende viajar com mais frequência após o afrouxamento das restrições.

Litoral brasileiro em alta

A pesquisa também aponta para um aumento das viagens nacionais no futuro próximo, 47% dos entrevistados escolheria fazer uma viagem pelo Brasil, enquanto 19% preferiria passear em outros países.

Leia Também:  Pesquisa aponta que a maioria dos brasileiros acha essencial viagem sustentável

Dentre os destinos nacionais, as cidades litorâneas foram as favoritas dos participantes da pesquisa, que disseram pretender viajar para Florianópolis (32%), Fortaleza (29%), Recife (23%), Rio de Janeiro (22%) e Salvador (20%) assim que puderem. Já para viagens internacionais, Estados Unidos (39%), Portugal (36%), Itália (24%) e França (19%) foram os países mais citados pelos brasileiros como próximo destino.

“À medida que o mundo se adapta a uma ‘nova normalidade’, observamos que o período de isolamento fez com que o desejo de viajar ficasse ainda mais forte. Os resultados da pesquisa vão ao encontro dos retornos que recebemos em comentários e mensagens em nossas redes sociais – todos estão ansiosos para fazer as malas, pegar a estrada e revitalizar o seu bem-estar “, comenta Josh Belkin, vice-presidente de brand da Hoteis.com.

Família e ar livre

Os viajantes também adaptarão os passeios no roteiro das próximas viagens, a pesquisa apontou que 53% dos turistas brasileiros disseram que vão priorizar passeios em família e entes queridos e 46% pretende fazer mais programas ao ar livre. Já quatro em cada vez entrevistados ainda disseram que pretendem evitar locais de grande aglomeração e pontos turísticos famosos na próxima viagem.

Leia Também:  Serra Gaúcha: locais para curtir a região favorita do inverno

A pesquisa também indicou que a maioria dos brasileiros (56%) está animada com a possibilidade de voltar a viajar, apesar de ainda estarem um pouco receosos, e 44% afirmaram que só se sentirão verdadeiramente plenamente confortáveis para uma nova excursão quando a vacina for desenvolvida.

Sobre a pesquisa

A pesquisa “Revitalize o seu bem-estar” foi encomendada pela Hoteis.com e realizada pelo instituto de pesquisas One Poll. As entrevistas aconteceram entre 15 e 26 de junho por meio de questionários online e tiveram a participação de 500 respondentes brasileiros, abrangendo todo o território nacional. Todos os entrevistados eram maiores de 18 anos e realizaram ao menos uma viagem no ano anterior.

Fonte: IG Turismo

Propaganda

Momento Turismo

Pesquisa aponta que a maioria dos brasileiros acha essencial viagem sustentável

Publicados

em


source
Viagem sustentável
Pixabay

96% dos brasileiros acreditam que as viagens sustentáveis são essenciais


Centenas de pessoas de 30 nacionalidades diferentes foram questionadas sobre a importância de fazer viagens sustentáveis e 96% delas acreditam que esse seja um fator muito importante na escolha do destino. Esse número coloca o Brasil na terceirta posição entre os viajantes que mais dão importância à questão, empatando com os mexicanos e colombianos e atrás apenas dos quenianos (98%) e dos vietnamitas (97%).

O Relatório de Viagens Sustentáveis 2021, divulgado pela Booking.com aponta ainda que, durante as férias dos últimos 12 meses, 49% dos viajantes brasileiros tomaram a decisão de desligar o ar-condicionado ou aquecedor da acomodação quando não estavam presentes, e 54% decidiram levar a sua própria garrafa d’água reutilizável durante a viagem ao invés de comprar garrafas descartáveis. 

Além disso, 64% dos viajantes brasileiros disseram que se sentem incomodados quando estão em alguma acomodação que os impede de ser sustentáveis, quando, por exemplo, não oferecem coleta de lixo reciclável. Paralelo a isso, 96% dos brasileiros dizem que desejam se hospedar em uma acomodação sustentável no próximo ano, um aumento considerável em relação a 2016 (80%), quando a empresa produziu pela primeira vez uma pesquisa voltada para as viagens sustentáveis. 

Para Marianne Gybels, diretora de sustentabilidade da Booking.com, “é muito inspirador ver como a conscientização sobre a importância das viagens sustentáveis cresceu de forma consistente”. Ela acrescenta ainda que mudanças pequenas, como deixar de usar plástico descartáveis ou usar lâmpadas LED podem parecer insignificantes isoladamente, mas “quando essas ações são multiplicadas por milhões de viajantes e propriedades em todo mundo, todos os pequenos passos começam a se somar e têm um potencial positivo de grande impacto”. 

Com relação à conscientização no que diz respeito à sustentabilidade, de acordo com a pesquisa, 82% dos parceiros de acomodações da empresa no mundo todo veem a sustentabilidade no setor de hospedaria como uma coisa importante. Porém, mesmo que 3 em cada 4 parceiros tenham dito que implementaram práticas sustentáveis em suas propriedades, apenas 31% deles comunicaram esses esforços ativamente para hóspedes em potencial, e muitos (59%) o fazem apenas no momento do check-in. 

Leia Também:  Pesquisa aponta que a maioria dos brasileiros acha essencial viagem sustentável

Em 2020, antes da pandemia, o número de brasileiros interessados em acomodações sustentáveis era de 94%. Contudo, ao analisar os 34% que disseram não ter se hospedado em uma acomodação sustentável no ano passado, 24% disseram que não sabiam que existia essa opção e mais da metade (51%) alegaram que não encontraram instalações nessa linha quando estavam viajando. De maneira geral, 47% dos brasileiros dizem que ainda não existem opções suficientes para viagens sustentáveis em 2021.

Você viu?

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA