Carros e Motos

Opção por final de placa é um fator decisivo na compra de um seminovo

Publicados

em

source


Com o sistema híbrido de trabalho, escolha do final de placa passou a ter mais relevância no mercado de usados
Divulgação

Com o sistema híbrido de trabalho, escolha do final de placa passou a ter mais relevância no mercado de usados

Mais do que um simples número para alguns e que pode até soar como superstição, o final da placa é um fator importante na decisão de compra. Pelo menos esse é um levantamento realizado pela Webmotors, site de classificados de compra e venda de veículos.

De acordo com a pesquisa , foram 2.250 consumidores de todo o Brasil que deram a suas opiniões a respeito desse detalhe que influencia na decisão de fechar a compra de um seminovo e usado.

“Com a pandemia e trabalhos remotos, o final da placa ganhou mais relevância. Optei por uma placa que coincidisse com o dia em que trabalho de casa. Ganho mais comodidade e não fico sem o carro nos dias em que preciso sair”, analisa Cris Rother, CMO da Webmotors.

Leia Também:  Max Verstappen é garoto propaganda de carro elétrico da Honda

Rother também aponta a preferência pelas placas com final 1 e 2 , que “leva o dono a pagar a taxa de licenciamento em julho, o que lhe dá um respiro estratégico entre as muitas contas do início de ano e uma certa folga até as despesas tradicionais de dezembro”.

O estudo apontou que 35% das pessoas escolhem o final da placa de olho nos dias de rodízio, e 31% delas com foco na quitação do licenciamento. Já 29% faz os cálculos para que as despesas com os finais 9 e 0 não fiquem próximas ao vencimento do IPVA.

Entre as questões de perguntas de múltipla escolha, 26% dos participantes responderam que a solução encontrada para se locomover em dias de rodízio é se enquadrar nos horários permitidos para transitar com o veículo.

Do total, 26% também revelaram ter um segundo carro com final de placa diferente. Dentro das opções, a locomoção por aplicativos é feita por 15% dos entrevistados e apenas 5% preferem utilizar outros meios de transporte como bicicletas ou carona.

Leia Também:  Nova geração do Kia Sportage já aparece no site da marca no Brasil
Fonte: IG CARROS

Propaganda

Carros e Motos

Testamos o hidratante específico Hidrata Couro da Finisher

Publicados

em


Comercializado por um preço médio de R$ 20, o Hidrata Couro da Finisher hidrata o couro, revelando a cor original
Divulgação

Comercializado por um preço médio de R$ 20, o Hidrata Couro da Finisher hidrata o couro, revelando a cor original

Nem sempre os produtos para hidratar bancos de couro, courvin ou partes plásticas de acabamento dão conta do recado: alguns podem deixar lambuzados podendo manchar roupas, outros dão mais trabalho na hora da aplicação.

Mas um que me chamou a atenção é o da Finisher. Vendido em bisnaga de 150 gramas, seu aspecto é denso em forma de creme e essa consistência garante que não escorra pela esponja aplicadora, que não vem com o produto.

Sua ação desenvolvedora de maciez e flexibilidade hidrata o couro, seja ele sintético ou natural, sem deixar aquele aspecto lambuzado , o que é de vital importância para impedir o surgimento de manchas na roupa, principalmente se estas forem claras.

Leia Também:  Toyota mostra SUV Urban Cruiser Hyryder por completo

Para certificar de sua eficiência, aplicados o Hidrata Couro da Finisher em dois carros com bancos de couro de tonalidades diferentes: preto e cinza. É válido lembrar que é preciso fazer uma limpeza do material que deve estar completamente livre de sujeira e seco.

banco
Divulgação

Hidrata couro deve ser usado pelo menos uma vez a cada seis meses para funcionar com eficiência

Com a ajuda de uma esponja ou mesmo uma flanela , espalhamos cerca de 30 gramas aproximadamente do produto no aplicador em uma pequena área e esperamos alguns minutos para que a cura do composto polímero pudesse agir. Feito isso, demos o acabamento com uma flanela seca e limpa de microfibra.

O acabamento tanto no revestimento de cor preta quanto o cinza é notório, e deixa bem próximo ao original, com pouco brilho e protegido contra a ação do sol que pode até trincar o couro , em alguns casos.

Por isso, nesses casos, recomendo fazer pelo menos, uma aplicação a cada seis meses em todas as forrações de couro, incluindo o da porta e, principalmente em painéis, caso seja forrado com este material.

Leia Também:  Cresce serviço de compartilhamento de veículos em São Paulo

Uma dica para os bancos em couro com acabamento enrugado é aplicar o hidratante em um pincel para poder alcançar os cantinhos mais apertados, lembrando que essa regra vale também para as demais áreas de difícil acesso.

Comercializado por um preço médio de R$ 20 , o Hidrata Couro da Finisher hidrata o couro, revelando a cor original, elevando a maciez e evitando rachaduras no material, tal como as promessas na embalagem citam.

Hidrata Couro da Finisher

Valor médio: R$ 20

Mais informações: www.finisher.com.br


Fonte: IG CARROS

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI