Momento +

35º Festival de Inverno: Oficinas gratuitas de dança do ventre serão realizadas nos dias 6 e 7 de agosto

Publicados

em

 

Aulas serão ministradas pela renomada artista Najmah al Nureen, proporcionando diversos benefícios ao público praticante.

Fortalecimento muscular de uma forma geral, alinhamento postural, flexibilidade e coordenação motora são alguns dos benefícios da arte milenar da dança do ventre. E para incentivar o público, nos dias 6 e 7 de agosto, às 9 horas, estarão sendo promovidas oficinas gratuitas no Palco Sicoob do 35º Festival de Inverno de Chapada dos Guimarães.

As aulas serão ministradas pela reconhecida artista Najmah al Nureen, com histórico de 23 anos dedicados ao estudo e pesquisa das danças do Oriente Médio.

Najmah al Nureen é uma das grandes artistas brasileira da dança do ventre que representa o Brasil e o MT desde 2015 no mais tradicional Festival de danças do Egito Ahlan wa Sahlan.

“Essa dança milenar proporciona autoconhecimento, eleva a auto-estima e contribuiu com o processo de empoderamento, além de trabalhar os sentidos com a musicalidade, de forma estimulante aliviando também o stress diário”, pontuou Najmah, que atualmente reside e trabalha em Chapada dos Guimarães.

Leia Também:  Propaganda eleitoral gratuita no rádio e TV começa no dia 26 de agosto

SERVIÇO:

Oficinas gratuitas de dança do ventre, ministradas pela artista Najmah al Nureen.
Dias 06 e 07 de agosto, a partir das 9h, no Palco do Sicoob, 35º Festival de Inverno.

Mais informações: (65) 98113-4340.

Momento +

ELA NÃO NOS REPRESENTA: Queremos MT representado por inteiro e não uma “chapa da Prefeitura de Cuiabá”, afirma Ane Borges

Publicados

em

 

 

A candidata ao cargo de deputada federal Ane Borges (UB), da região norte do estado, afirmou que a chapa de Márcia Pinheiro (PV), que disputa o cargo de governadora de Mato Grosso, não representa o interior do Estado.

“Queremos ser representados por inteiro, porque o interior do Estado também quer ter representantes, e não uma ‘chapa da Prefeitura de Cuiabá’, em que a candidata é a esposa do prefeito e o vice é ex-secretário da capital. Não estamos em uma eleição municipal e sim estadual. Isso é um desrespeito com o que as cidades de Mato Grosso representam ao Estado”, destacou a candidata.

Para Ane, que é uma defensora da cidade de Sorriso e dos municípios vizinhos, a falta de uma representatividade demonstra que essa chapa irá governar para grupos e está fechada apenas com a capital.

“Nossa bandeira é por Mato Grosso, por inteiro, um Mato Grosso em que todos os seus cidadãos sejam valorizados e respeitados. Não podemos regredir os avanços que conquistamos”, ressaltou, ponderando que como candidata a Câmara Federal, espera poder representar o Estado, junto com presidente Bolsonaro, e ter ao lado um governo que mantenha as políticas “olhando para todas as regiões”.

Leia Também:  Dados da SES MT indicam que quatro pessoas morreram no Estado nas ultimas 24 horas vítimas da Covid 19

“Vou ser parceira de quem defendo todos os mato-grossenses e não de quem acha que o Governo de Mato Grosso é um puxadinho da prefeitura. Lá em Brasília estarei junto com Bolsonaro lutando pelo nosso Estado e não podemos voltar ao passado, em que as salas do Palácio Paiaguás eram usadas para fins nada democráticos e que viraram manchete nacional, com pessoas colocando dinheiro no paletó”, afirmou.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI