Momento +

4° Conferência Nacional da Juventude e realizada em Brasilia

Publicados

em

Conjuve

Os Conselhos Nacionais da Juventude, definem o planejamento da 4° Conferência Nacional da Juventude, durante a eleição do setor, que  ocorreu este mês, em Brasília.

Na ocasião, quantro jovens representaram o estado de Mato Grosso. Entres eles, Rafael Oliveira, que representou a Associação de Preservação de Cultura Matogrossense Flor do Cerrado, do munícipio de Lucas do Rio Verde.

Já os jovem Stella Rocanglia, Yuri Machado, participaram como representantes do Instituto Interação Social, e  Instituto Sociológico de Mato Grosso, respectivamente. Ambos são da capital.

O munícipio de Várzea Grande também  teve representação durante o evento Nacional, com o participação do jovem Felipe Neves, da Associação de Moradores do Bairro Ikaray.

Eleição

O jovem Rafael Oliveira, representou a Associação de Preservação de Cultura Matogrossense Flor do Cerrado, do munícipio de Lucas do Rio Verde, concorreu a uma cadeira no segmento regional, representando a região Centro Oeste

“Infelizmente não conseguimos nos eleger no segmento regional, mais a nossa participação foi muito importante, além de representar o Estado, tendo em vista que através de muito diálogo e articulacao, obtivemos um resultado satisfatório”, destaca o jovem.

Leia Também:  Propaganda eleitoral gratuita no rádio e TV começa no dia 26 de agosto

Yuri Machado participará do Fórum de Juventude da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP, através do Conselho Nacional da Juventude

Rafael Oliveira, ficou como representante regional do centro oeste da 4° Conferência Nacional da Juventude.

Espaço 4.0

No período vespertino, o grupo jovem de Mato Grosso participou de reunião com a representante da Secretaria Nacional da Juventude, Jayana Nicaretta da Silva. Na oportunidade foram abordados diversos assuntos.

Como: ID jovem, cursos de EAD, sobre a 4° conferente Nacional da Juventude, o Projeto Espaço 4.0, que município de Várzea Grande, não teve interesse em recebe o projeto.

O município de Guarantã do Norte receberá o Projeto Espaço 4.0, no valor de R$ 300.000,00. O município está localizado aproximadamente a 708 km da capital Cuiabá. Está ação foi consolidada através do trabalho do Prefeito Érico (DEM), e da vereadora Katia Brambilla (PSB). A vereadora foi responsável pela escolha do município e junto ao prefeito serão responsáveis pela execução do projeto.

“Foi preciso muito dialago com a Secretária, para que ela pudesse direcionar o projeto para outros municípios no Estado, graça a Deus conseguimos” Yuri Machado

Leia Também:  Campanha agosto lilás reforça o fim da violência contra às mulheres

Participaram da reunião Secretaria Nacional da Juventude Jayana Nicaretta, Rafael Oliveira presidente estadual da Juventude do Podemos de Mato Grosso, Yuri Machado de Cuiabá, Stella Roncaglia Poconé e Felipe Neves de Poconé.

“Agradecemos todos àqueles que ajudaram com custeio da nossa ida para Brasília e da nossa participação na eleição do (Conjuve). Agradecemos A Primeira Igreja Batista do bairro, Jardim Imperial, do município de Várzea Grande.
Isso demonstra que os jovens, não estão somente na margem da sociedade mato-grossense, hoje somamos também somos parte do crescimento do Estado”.
👆destacou Rafael Oliveira

 

Momento +

Sinal Vermelho em Lucas do Rio Verde: como usar o sinal diante de situações de violência doméstica

Publicados

em

 

Os casos de violência contra a mulheres e vulneráveis  têm chamado atenção nos últimos dias no municipio de Lucas do Rio Verde em Mato Grosso. Com objetivo de acabar com esse tipo de crime  a campanha nacional do Sinal Vermelho, a Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio da Secretaria de Assistência Social e Habitação, realizaram uma reunião na última quarta-feira (16)com comerciantes e forças de segurança para encontrar  maneiras de como agir e evitar as situações de violência contra a mulher.

Durante a  reunião para tratar da campanha Sinal Vermelho  a primeira-dama e secretária de Assistência Social e Habitação, Janice Ribeiro,  destacou a importância  de as empresas participarem da campanha e a  preparação dos colaboradores  para ajudar as vítimas quando necessário.A Campanha ensina que as mulheres devem fazer o sinal “X”  com batom vermelho, ou à lápis, ou riscar um X em qualquer  palma da mão ou em um pedaço de papel, o que for mais fácil, para que a pessoa treinada reconheça que aquela mulher foi vítima de violência doméstica e, assim, acione a Polícia Militar.

Leia Também:  Programa Sementes do Bem instituído pela Prefeitura de Várzea Grande MT incentiva população a colaborar com a arborização da Cidade

Em apenas uma semana já foram registrados 3 casos de estupro no munícipio de Lucas do rio Verde.   Na última quarta-feira um homem de 33 anos  foi preso  em Lucas do Rio Verde no bairro Jardim das Palmeiras em Mato Grosso  por suspeita de cometer o crime de estupro contra a enteada e uma sobrinha.   As investigações apontam que ele cometia o abuso contra a enteada de 16 anos,  desde os 12 anos e a sobrinha que tem 13 anos foi abusada uma vez pelo homem. O delegado Paulo Cesar Brambila Costa, responsável pelo Núcleo de Proteção a Mulher, Criança e Idosos explicou que foram realizados procedimentos necessários junto ao Poder Judiciário para o suspeito fique em prisão preventiva para a finalização das investigações. De acordo com a polícia  o suspeito teria feito ameaças contra os familiares das vítimas.  O homem não possui passagens pela polícia e foi conduzido à delegacia.

A campanha Sinal Vermelho é um meio alternativo e seguro de denunciar o agressor, e a proposta da campanha é a união de toda a sociedade para ajudar a combater esse tipo de crime que muitas vezes poderia ter outro final,  com um pequeno sinal a mulher pode conseguir salvar a vida.

Leia Também:  Em coletiva à Imprensa Delegado da Polícia Federal relata a origem da "carnificina" de facções em MT

Por Cássia Santos

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI