Momento +

Ações da Assistência Social são discutidas em IV Reunião Ordinária

Publicados

em

 

Cursos de qualificação profissional que serão disponibilizados à população de todas as regiões do Estado de Mato Grosso, entrega de cestas natalinas e brinquedos às famílias carentes foram os principais temas no início da fala da secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Rosamaria Carvalho, na IV Reunião Ordinária da Comissão Intergestores Bipartite do Sistema Único de Assistência Social (CIB/SUAS/MT) nesta quinta-feira (25.11).

O evento realizado através da secretaria adjunta de Assistência Social (Saas), no Hotel Fazenda Mato Grosso, contou com a participação de gestores e técnicos dos municípios do Estado.

Para a coordenadora geral da CIB e titular da Setasc, Rosamaria Carvalho, as reuniões são de importância ímpar porque nesses encontros é que se pactuam os recursos das ações a serem executadas. “Apesar do contexto que assistência social vive, todas as vezes que os municípios são solicitados se fazem presentes. Isso mostra o comprometimento dos profissionais em buscar estratégias por meio de trocas de conhecimento”, destacou.

A secretária adjunta de Assistência Social da Setasc, Leicy Vitório, que conduziu a reunião, enfatizou que é indispensável para o bom funcionamento da Assistência Social do Estado, oportunidades que possibilitem a discussão de estratégias e o aprendizado sobre os programas e políticas públicas existentes. “Queremos trazer em cada reunião uma discussão, promover diálogo e usar esse espaço para alinhar e conhecer a realidade dos municípios”, disse.

Leia Também:  Ações da Empaer impulsionam produção de leite e aumentam renda de produtor familiar

A CIB consiste na instância estadual destinada à interlocução de gestores, constituídas por representantes do Estado, indicados pela Setasc e por representantes dos municípios, indicado pelo Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social (Coegemas) que representam os interesses e as necessidades do Estado, referentes à Assistência Social.

Neste contexto, a CIB tem como missão negociar, buscando consenso entre Estado e municípios, pactuando as decisões em prol do desenvolvimento da Política de Assistência Social em âmbito estadual.

Para Fábio Silveira, secretário de Assistência Social em Mirassol D’Oeste, a realização da primeira CIB presencial foi muito gratificante, principalmente pela troca de informações e experiências. “É um espaço humano onde somos informados das ações importantes feitas pelo Estado, bem como também é um espaço onde todos os municípios de Mato Grosso podemos entregar nossas demandas específicas para o Governo do Estado”, finalizou.

Juliana Kolankiewicz, primeira-dama e secretária de Assistência Social do município de Água Boa, parabenizou e agradeceu o empenho que a Setasc tem dado aos municípios, principalmente em meio a pandemia. “Temos que reconhecer o trabalho que vem sendo feito. Quero parabenizar a Setasc que sempre deu todo o suporte e se reinventou para poder atender a população da melhor maneira com ações sociais. Agradeço a secretária Rosamaria e a primeira-dama, Virginia Mendes pelo esforço em atender os municípios, principalmente com o programa SER Família Emergencial, que tem dado um suporte muito grande e a quantidade de cestas básicas doada”, concluiu.

Leia Também:  Governo paga salários dos servidores estaduais com acréscimo da RGA nesta sexta-feira (28)

Estiveram ainda presentes a superintendente de Serviços Socioassistencias, Cristina Setsuco Siqueira Saito, Coordenadora de Gestão de Benefícios, Lucienne Alves Correa e a primeira-dama e secretária de Assistência Social de Sorriso, Jucélia Ferro, presidente do Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social do Estado de Mato Grosso (Coegemas – MT).

Fonte: GOV MT

Momento +

Oitenta famílias de Poconé ainda aguardam a entrega das casas do residencial Guatós II

Publicados

em

 

Foto: ROBSON FRAGA / ASSESSORIA DE GABINETE

Cerca de 80 famílias de Poconé (100 km de Cuiabá) ainda aguardam a entrega das casas do residencial Guatós II. Os imóveis fazem parte de um conjunto de 200 habitações populares que começaram a ser construídas em 2012, com recursos (R$ 13 milhões) do programa Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal, em parceria com o Estado e a Prefeitura.
As primeiras 120 unidades, no Guatós I, foram entregues em janeiro de 2017, cinco anos após a assinatura do contrato, por intervenção do atual deputado estadual Wilson Santos (PSDB); na época, secretário de Estado de Cidades. De lá pra cá, as obras emperraram e as casas do Guatós II foram invadidas e depredadas. Agora, estão vazias aguardando apenas acabamento. Redes de água e energia já estão prontas.
Semana passada, durante as comemorações do aniversário de Poconé (21.01), Wilson Santos esteve no local. O deputado conversou com populares e autoridades e apurou que para concluir as obras são necessários R$ 500 mil.
“Quando cheguei à Secid as obras estavam paradas. Fui à Poconé e fiz o compromisso de entregar 120 imóveis até janeiro de 2017. O compromisso foi cumprido, mas com o fim do Governo da época as obras pararam. Estou retomando esta luta para que as últimas casas sejam entregues ainda este ano”, disse o parlamentar.
“Fiz indicação ao governador e já entrei em contato com a empreiteira e com a Caixa para tratar do financiamento. As 80 famílias já foram selecionadas pela prefeitura. Se não houver orçamento do governo para concluir o projeto ainda em 2022, ou impedimentos por ser um ano eleitoral, vou destinar os R$ 500 mil que faltam através de emenda parlamentar. Estas famílias não ficarão sem suas casas”, garantiu Wilson Santos.
Financiamento – Os 200 imóveis dos residenciais Guatós I e II fazem parte do Programa Minha Casa, Minha Vida que contemplou, em 2017, 120 famílias com renda de até R$ 1.800 por mês. O valor médio das prestações é de R$ 80 mensais, mas variam de R$ 25 a R$ 120 de acordo com a renda familiar. O prazo total do financiamento é de 10 anos.

Fonte: ALMT
Leia Também:  Agricultor recebe orientação técnica para impedir morte de aves na propriedade

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA