Momento +

Inaugurada nesta terça-feira(08) na capital a Delegacia de Polícia 24 horas para atendimento as mulheres vitimas de violência

Publicados

em

Mato Grosso passa a contar com uma delegacia com funcionamento diuturnamente para atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica e sexual.

Inaugurada nesta terça (08), a Delegacia da Mulher 24 horas é uma das medidas adotadas pela Polícia Civil e Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) para ampliar o acolhimento, de forma ininterrupta às vítimas de violência doméstica em Cuiabá, cidade que concentra o maior índice estatístico de crimes contra esse público vulnerável.

Atualmente, as vítimas precisam buscar o plantão comum para registrar a ocorrência, sendo que aproximadamente 40% dos crimes acontecem o horário noturno. Daí a necessidade da instalação de uma unidade aberta 24 horas e aos fins de semana.

No local, também serão atendidos adolescentes e crianças vítimas de crimes sexuais. A inauguração ocorreu, ontem, à tarde com a presença da primeira-dama do País, Dona Michele Bolsonaro.

“Essa foi a primeira bandeira que assumi quando iniciamos a gestão, fiz questão de me envolver pessoalmente em tudo, pois sei que o combate à violência doméstica é algo essencial. E este governo está empenhado em garantir os direitos das mulheres. Agradeço ao governador que sempre me apoiou e a todos os que somaram forças conosco”, ressaltou a primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes.

Leia Também:  Com suspeita de super faturamento Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso suspende licitação de Prefeitura do interior

Para se ter ideia da importância da unidade, em 2019, a Delegacia da Mulher de Cuiabá instaurou 2.600 inquéritos e, neste ano, já são mais de 330 prisões em flagrante. A unidade está instalada no Bairro Planalto, anexo ao prédio da 2ª Delegacia da Capital.

Virginia Mendes encabeçou voluntariamente inúmeras ações para arrecadar recursos, equipar e proporcionar melhorias garantindo um local acolhedor e com a estrutura necessária de atendimento às mulheres, acompanhantes e demais públicos que precisarem do serviço. Por meio de suas ações foram arrecadados mais de R$ 200 mil para investimento na obra.

Serão atendidas no “Plantão da Mulher” ocorrências envolvendo mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, conforme a Lei 11.340/2016, conhecida como Maria da Penha, além de vítimas de crimes contra a dignidade sexual conforme a Lei 12.015/2009 e as mudanças trazidas com as leis 3718/2018 e 3772/2018 (importunação sexual e violação da intimidade da mulher).

Também serão realizados procedimentos de prisão em flagrante, além de requerimento de medida protetivas, entre outras providências de urgência necessárias, conforme os casos. Para o funcionamento do espaço foram necessárias obras de reforma e adequações internas para abrigar o atendimento, com salas apropriadas para acolhimento das vítimas, cartórios, salas de atendimento às vítimas, para as equipes que atuarão no local, além de uma brinquedoteca e playground para crianças. A obra teve um custo estimado de R$ 420 mil.

Leia Também:  Polícia investiga morte de empresário paulista assassinado em Mato Grosso cujo corpo foi encontrado em terreno baldio com várias facadas

As equipes que atuarão no plantão passaram por capacitação e orientações coordenadas pela Polícia Civil sobre fluxo de atendimento a mulheres vítimas de violência, Sistema de Garantias dos Direitos da Criança e do Adolescente, redes de acolhimento e proteção para as vítimas. A equipe do plantão será formada por cinco delegadas e mais as equipes de escrivães, investigadores, assistentes sociais e psicólogas, no total de 50 servidores da Polícia Civil.

Atualmente, no interior do Estado, há cinco Delegacias da Mulher com funcionamento em horário comercial, além de duas na região metropolitana. Agora, a oitava unidade especializada com atendimento 24 horas e estão criadas salas exclusivas para atendimento às vítimas, como Poconé, Lucas do Rio Verde e Barra do Bugres.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessorias)

Momento +

Palmeiras cria pouco empata com Guaraní no Defensores Del Chaco em Assunção e adia classificação às oitavas da Libertadores

Publicados

em

O Palmeiras terá de esperar mais um pouco para confirmar sua classificação às oitavas de final da Copa Libertadores.

O Verdão empatou em 0 a 0 com o Guaraní do Paraguai, nesta quarta-feira(23), em Assunção, e só precisa de um ponto nos dois próximos jogos para avançar na competição.

O duelo disputado no Defensores Del Chaco foi de poucas chances, muito físico e com menos técnica do que o time de Vanderlei Luxemburgo poderia oferecer. Valeu, porém, para manter a invencibilidade na Libertadores e dar mais um passo rumo à vaga.

O empate leva o Palmeiras aos 10 pontos, na liderança do Grupo B. O Guaraní vai a sete, em segundo lugar. O Verdão abriu seis pontos do Bolívar, que tem quatro, e também tem vantagem no saldo de gols (5 dos brasileiros, -1 dos bolivianos).

Jogando no “quintal de casa”, o paraguaio Gustavo Gómez foi mais uma vez destaque por sua segurança na defesa. Ele travou um chute de Florentín que poderia terminar em gol do Guaraní, no primeiro tempo, e outro de Merlini na segunda etapa, também em lance perigoso. O zagueiro continua em grande fase.

Leia Também:  Com o inicio da primavera nesta terça-feira(22) a expectativa é de que as primeiras chuvas comecem a cair no Estado diminuindo o forte calor

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA