Momento +

Bafão: Mulher é presa por defender acusado de tentativa de homicidio e feminicidio; “machão” conseguiu fugir antes da chegada da Polícia

Publicados

em

Uma mulher foi presa na noite de domingo (2), no bairro Santa Cruz, em Cuiabá, por defender acusado de tentativa de homicídio e feminicídio, bem como agredir vítima.

O homem conseguiu fugir e as vítimas estão sob proteção policial.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o crime foi registrado na comunidade Sucuri, em Cuiabá. A vítima chamou a polícia após o ex-marido tentar matar o funcionário da chacará em que mora e ameaçá-la de morte.

A vítima contou que há 10 dias está separada do acusado e que, na data, ele foi ao local armado, rendeu e atirou contra o trabalhador. Contudo, o homem conseguiu desviar e fugir. Na manhã do domingo, a mulher já havia ido à delegacia registrar queixa contra o ex-companheiro.

Após a fuga do trabalhador, o homem se voltou para a ex-mulher e colocou a arma de fogo na cabeça dela. Ele diz “sua cadela, por que você estáa com telefone na mão?”, ” você merece morrer, eu vou matar você e sua filha”. Logo após as ameaças o homem fugiu em uma caminhonete branca.

Leia Também:  Cattani debate melhorias para pequenos piscicultores

Desesperada, a mulher contou aos policiais que ainda havia na casa arma pertencente ao suspeito e indicou onde estava. O material foi apreendido.

A mulher e o trabalhador foram levados para a delegacia para prestar os esclarecimentos, mas antes indicaram local onde o homem poderia estar escondido, no bairro Santa Cruz. Os agentes foram ao endereço e o veículo do acusado não estava.

A dona da casa permitiu a entrada dos policiais e em revista nada de ilícito foi achado, nem o acusado. Enquanto os policiais faziam a vistoria, a moradora passou a xingar e empurrar a vítima, ex-esposa do acusado. Os policiais precisaram intervir e algemar a agressora.

Todos foram levados para a delegacia da mulher para as providências cabíveis e o suspeito segue solto.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria policial e GD)

Momento +

Brasil do “futuro”: Um dos Senadores mais sujos do País com dezenas de processos na Justiça Renan Calheiros ameaça pedir prisão de ex-Secretário da Presidência em CPI

Publicados

em

O ex-secretário de Comunicação da Presidência da República, Fábio Wajngarten, irritou o presidente e o relator da CPI da Covid durante seu depoimento nesta quarta-feira (12), ao ser questionado sobre frases do presidente Jair Bolsonaro contra as vacinas. Wajngarten respondeu: “Pergunte para ele”.

O relator, Renan Calheiros, queria saber se as declarações de Bolsonaro contrárias a vacinas causavam impacto na população. Renan, ameaçou pedir a pri~so do ex-Secetário da presidência.

Wajngarten evitou responder apenas “sim” ou “não”, o que fez o relator repetir a questão diversas vezes.”Você não pode dizer ‘pergunte a ele’. Você está aqui como testemunha. Sim ou não?”, disse o presidente da CPI, Omar Aziz.

“Você não pode dizer ‘pergunte a ele’. Você está aqui como testemunha. Sim ou não?”, disse o presidente da CPI, Omar Aziz.

Fabio Wajngarten deixou a Secretaria de Comunicação do governo em março deste ano, após quase dois anos no cargo..

Este é o quinto dia de depoimentos da comissão parlamentar de inquérito, que apura ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia de Covid e eventual desvio de verbas federais enviadas a estados e municípios.

Leia Também:  Mato Grosso registra da tarde de domingo à tarde desta segunda-feira(10) cerca de 68 mortes e 1 339 casos de Covid 19 segundo a SES

Na condição de testemunha, o depoente se compromete a dizer a verdade, sob o risco de incorrer no crime de falso testemunho.

Otavio Ventureli(da redação de Brasilia)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA