Momento +

Botelho aparece com 4,5% das intenções de votos; Juca surpreende e alcança 3% para estadual, aponta PercentBrasil

Publicados

em

Faltando menos de cinco meses para o sufrágio, o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (União Brasil), assumiu a liderança na disputa pela reeleição com 4,5% das intenções de votos.

A pesquisa da PercentBrasil foi realizada em Cuiabá e Várzea Grande, principal base política de Botelho. Pelas projeções, o chefão do Legislativo deve conquistar cerca de 25 mil votos apenas na Baixada Cuiabana.

A deputada estadual, Janaina Riva (MDB), perdeu fôlego, ela liderava com folga em outubro do ano passado, mas ainda segurou 4,3% das citações nas duas maiores cidades de Mato Grosso. O ex-prefeito da Capital, Wilson Santos (PSD), segue tendência de crescimento e cravou 3,3% de preferência popular.

O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Juca do Guaraná Filho (MDB), foi a grande surpresa desta sondagem quantitativa. Ele abocanhou 3%, o que mostra boa capilaridade eleitoral. Com o desempenho em alta, Juca tende a ser o segundo candidato a deputado estadual mais bem votado do MDB.

Na mesma posição, também com 3%, o deputado estadual, Elizeu Nascimento (PL), mostra sinais evidentes de que vai se reeleger. Ele apareceu bem posicionado em todas as pesquisas realizadas até agora pela PercentBrasil.

Ronye Steffan Rosa Índio – Diretor da PercenBrasil

No pelotão intermediário, o primeiro-secretário da Casa de Leis, Max Russi (PSB), e o também deputado estadual, Faissal Calil (Cidadania), apareceram empatados numericamente com 2,5% das citações. Um pouco mais abaixo, com 2,3%, pontuo o médico Lúdio Cabral (PT).

Leia Também:  Dona Eracy de Campos de 71 anos encontrada morta em seu apartamento em Várzea Grande MT trabalhou 39 anos no PS de Cuiabá

Com exatos 2%, cinco nomes foram lembrados pelos entrevistados. São eles: Paulo Araújo (PP), Júlio Campos (União Brasil), Marcia Pinheiro (PV), Diogo Guimarães (Republicanos) e Dr. Luiz Fernando (Republicanos).

Outras 11 lideranças, pré-candidatos ou não, ainda pontuaram com 1%. Neste grupo, destaca-se o ex-secretário estadual de Fazenda, Eder Moraes (PV). Ele foi citado espontaneamente por 1% dos entrevistados, número que o projeta como nome consolidado na disputa por uma vaga à Assembleia Legislativa. Confira todos os nomes com 1%: João Batista, Wallace Guimarães, Dr. Daúde, Eder Moraes, Tião da Zaeli, Sargento Laudicério, Ridalva, Felipe Wellaton, Carlos Avallone, Gilberto Figueiredo e Fábio Tardin.

Confira o gráfico da pesquisa abaixo:

Metodologia

A PercentBrasil aplicou a técnica “survey de opinião” com 1.000 entrevistados por telefone em Cuiabá e Várzea Grande. A coleta de dados se deu entre os dias 27 de abril a 3 de maio. A margem de erro de é 3,10% para mais ou para menos. Seguindo os ditames da Lei Eleitoral, a pesquisa foi devidamente registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral sob o número MT-06721/2022.

Leia Também:  Comodoro soma mais de R$ 58 milhões em investimentos do Governo de MT

Momento +

Em ação conjunta PRF e PC/MT prendem donos de oficina que adulteravam veículos roubados

Publicados

em

Duas pessoas foram presas em flagrante na região metropolitana de Cuiabá pelos crimes de receptação qualificada e adulteração de sinal identificador de veículo, em ações conjuntas da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Civil.

Na última quinta-feira (26), no município de Várzea Grande, a Polícia Rodoviária Federal e a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) localizaram uma oficina de funilaria automotiva utilizada para realizar adulteração de sinais identificadores de veículos pesados (caminhões), produtos de crime.

Ação foi possível após a PRF apreender um caminhão adulterado no município de Barra do Garças. Os policiais apuraram que o veículo era produto de crime e havia sido adulterado nessa oficina.

As equipes policiais se deslocaram ao local e encontraram escondido dentro do galpão da empresa um caminhão que estava com uma placa fria. Feitas as devidas checagens, constatou-se que a numeração de chassi correspondia a outra placa veicular, de um automóvel furtado no dia 18 de maio em Cuiabá. O proprietário do local foi preso em flagrante por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Leia Também:  Mundo pára e aguarda ancioso a decisão da Liga dos Campeões neste sábado as 16 horas entre Liverpool x Real Madrid no Stade de France

Em outra ação conjunta realizada nessa sexta-feira (27), por equipes da PRF e Derfva, os policiais localizaram um semirreboque que foi roubado no município de Várzea Grande, no início deste mês.

O veículo estava escondido em um estabelecimento comercial de peças usadas, localizado em Cuiabá, na BR-364. O semirreboque estava em processo de adulteração, sendo que as etiquetas oficiais de identificação de numeração do chassi foram removidas e o número de identificação veicular adulterado.

O proprietário do local também foi conduzido para a Derfva e autuado em flagrante pelos crimes de receptação qualificada e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Do início deste ano até o dia de hoje, somente a Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso já recuperou 188 veículos com registro de roubo/furto nas rodovias e estradas federais do estado. Esse resultado advém de um planejamento realizado com base nas estatísticas das ocorrências, aumento da fiscalização em pontos críticos e atuações integradas com outros órgãos.

Outro fator que contribui com isso é o Sistema Nacional de Alarmes da PRF (SINAL), disponibilizado desde novembro de 2017, serve para registrar roubos e furtos de veículos. O sistema tem por objetivo divulgar, imediatamente após o registro, informações de ocorrências nas últimas 72 horas. A probabilidade de recuperação de um veículo é maior nas primeiras horas após a ocorrência do fato.

Leia Também:  MTI realiza live sobre "Estimular o perfil inovador e empreendedor dos servidores públicos"

Qualquer pessoa que tenha sofrido roubo ou furto de veículos dentro do Brasil pode efetuar o registro pelo site https://www.gov.br/prf/pt-br/servicos/sinal , como também pode ser feito por meio do número 191, central de emergência da Polícia Rodoviária Federal. Salienta-se a importância de que o registro na PRF não substitui o Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.

Fonte: PRF MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA