Momento +

Casos de Covid 19 aumentam em Nova Xavantina MT e Prefeito decide proibir venda e consumo de bebidas alcoólicas desta terça a domingo(28)

Publicados

em

O prefeito do municipio de  Nova xavantina, em Mato Grosso,, João Bang , decidiu tomar uma medida extrema para conter o avanço da covid-19 na cidade: proibir a venda e o consumo de bebidas alcoólicas.

A “lei seca” municipal começa nesta terça-feira (23) e vai até domingo (28), podendo ser prorrogada.

Segundo o decreto 4.048/2021, a medida foi necessária por causa da aumento expressivo dos casos de covid-19, que deixaram o município com risco alto de contaminação. A prefeitura também foi alvo de uma notificação do Ministério Público do Estado (MPE), que recomendava a lei seca.

Além da restrição de bebidas alcoólicas, o decreto também restringe o horário de funcionamento do comércio das 5 às 22 horas, com exceção dos postos de combustíveis, hospitais, clínicas veterinárias e farmácias.

Também foi mantidas a suspensão das atividades presenciais no Centro de Convivência de Idosos e de cursos de capacitação promovidos pela prefeitura.

 

 

 

Otavio Ventureli(assessoria)

Leia Também:  Novos diretores apostam nos valores cívicos para ampliar aprendizagem

Momento +

Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra autor de homicídio ocorrido em Dom Aquino

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

O autor de um homicídio duplamente qualificado cometido em Dom Aquino (166 km ao sul de Cuiabá), e com mandado de prisão em aberto, foi preso pela Polícia Civil do município de Jaciara, também região sul do Estado, na manhã desta quarta-feira (24.02).

O suspeito de 44 anos estava com a ordem judicial de prisão temporária decretada, pela Justiça da Vara Única da Comarca de Dom Aquino pelo homicídio duplamente qualificado. Ele foi detido ao se apresentar na Delegacia de Polícia de Jaciara, acompanhado de seu advogado.

HOMICÍDIO

O crime contra a vida ocorreu na noite do dia 01 de novembro de 2020, em um balneário de cachoeira na cidade de Dom Aquino. A vítima, Adeusmar Messias Freitas de 54 anos, foi atingida por cinco disparos de arma de fogo.

Conforme apurado pela Polícia Civil o homicídio duplamente qualificado foi motivado por uma disputa antiga entre os envolvidos, em razão do turismo realizado na cachoeira e pelo valor econômico que era gerado no local.

Leia Também:  Associações e municípios debatem integração de forças para conclusão da MT-010 de São José a Guarantã do Norte

A vítima e o suspeito eram vizinhos pois as respectivas propriedades faziam divisa com o ponto turístico. Diante da desavença o crime foi premeditado e praticado por meio de emboscada e motivo torpe.

PRISÃO

Após cumprimento do mandado de prisão temporária, o suspeito foi ouvido pelo delegado de polícia de Jaciara, Ricardo de Oliveira Franco, e posteriormente colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA