Momento +

Chapada dos Guimarães comemora aniversário beneficiada com investimentos superiores a R$ 100 milhões

Publicados

em

 

Um dos principais destinos turísticos mato-grossense, Chapada dos Guimarães, distante 65 quilômetros da capital Cuiabá, comemora neste sábado, 31 de julho, 68 anos como município (a fundação de seu núcleo original foi em 1751) com investimentos, do Governo do Estado, superiores a R$ 100 milhões em obras rodoviárias e de saneamento básico em benefício do município, atualmente com 19.453 habitantes.

Entre pavimentação e revitalização de rodovias, são mais de 250 quilômetros entregues, em execução ou com edital publicado para início das obras e três pontes de concreto, além da ampliação da Estação de Tratamento de Água e Esgoto e entrega de maquinário para manutenção de estradas de terra. Houve também ações nas áreas de agricultura familiar e assistência social.

Infraestrutura

Na atual gestão, foi concluída a revitalização de 61 quilômetros da MT 251, no trecho entre Chapada dos Guimarães e entroncamento da MT 140, em Gardes, e a pavimentação de 23 quilômetros da MT 020 entre entroncamento da MT 251 e Água Fria/Lago do Manso. Os investimentos foram, respectivamente, de R$ 11,441 milhões e R$ 18,145 milhões.

Quatro outras obras estão em andamento, entre restauração e pavimentação. No primeiro caso, estão 44 quilômetros da MT-251, entre Trevo do Manso e Chapada dos Guimarães, cujos investimentos somam R$ 27,147 milhões, e 78,2 km da MT 351, entre entroncamento da MT 251 (trevo do Manso) e Lago do Manso.

Restauração da MT 251 de 44 quilômetros da MT-251, entre Trevo do Manso e Chapada dos Guimarães – Foto Tchelo Figueiredo

No segundo, um trecho de 28 quilômetros da MT 140, entre o município ao entroncamento Campo Verde/Nova Brasilândia, com investimentos de R$ 26,96 milhões.

Seis projetos beneficiando Chapada dos Guimarães estão em elaboração na Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística(Sinfra-MT) – três de pavimentação e três de construção de pontes de concreto.

São 22,54 quilômetros da MT 246, entre Água Fria e divisa de Chapada dos Guimarães com Cuiabá; 7,63 quilômetros, entre o condomínio Paraíso e divisa Chapada dos Guimarães/Rosário Oeste; e 6,82 quilômetros da MT 241, entre as divisas de Nova Brasilândia/Chapada dos Guimarães e Chapada dos Guimarães/Rosário Oeste.

Leia Também:  Em sessões em grupo, pessoas de variadas idades e histórias buscam parar de fumar

Entre as pontes de concreto a serem construídas, duas serão sobre o Rio da Casca, com 24 metros de extensão cada, e uma sobre o Rio Manso, com 118 metros de comprimento.

Aguarda liberação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o projeto de reforma e revitalização da Praça Dom Wunibaldo e entorno, no centro da cidade, elaborado em conjunto por Sinfra/MT e Sedec (Secretaria de Desenvolvimento Econômico).

Após a autorização, será aberta licitação para execução das obras – espaços multiuso, com área de alimentação e artesanato, pintura das fachadas dos prédios, bancos de madeira e concreto, com encaixe para estacionar bicicletas e faixas elevadas para pedestres, entre outras melhorias.

Projeto de reforma e revitalização da Praça Dom Wunibaldo foi elaborado em conjunto por Sinfra/MT e Sedec – Divulgação

Para auxiliar na manutenção de rodovias não pavimentadas, a Prefeitura de Chapada dos Guimarães recebeu do Governo do Estado uma motoniveladora, complementando o maquinário municipal.

Abastecimento de água

Foi concluída em 2020, a ampliação da Estação de Tratamento de Água e Esgoto, que atenderá outros municípios além de Chapada dos Guimarães, expandindo sua capacidade de fornecimento de 30 para 100 litros por segundo. Investimentos de R$ 15 milhões.

Foi concluída em 2020, a ampliação da Estação de Tratamento de Água e Esgoto – Foto Christiano Antonucci

Assistência Social

Por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setasc), além da entrega de 1.256 cartões do Ser Família Emergencial, foram doados a famílias carentes do município 1.300 cestas básicas entre 2020 e 2021 pelo programa Vem Ser Mais Solidário e 1.625 cobertores, pelo Aconchego.

Agricultura familiar

Para atendimento a agricultores familiares, o município recebeu, no início deste ano, uma patrulha mecanizada composta por um trator agrícola 4×4 com potência de 110 CV, uma carreta basculante com capacidade para seis toneladas e uma grade aradora com 18 discos de 28 polegadas.

Por meio da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Empaer-MT), estão em teste, por agricultores familiares de Chapada dos Guimarães, quatro cultivares de grão-de-bico. Iniciado em maio de 2020, o estudo têm como meta identificar quais se adaptam melhor às condições de cultivo na região.

Leia Também:  Ação de Acolhimento em Poconé realiza 100 atendimentos; clima de alegria, acolhimento e satisfação

Empaer/MT mantém cultivares de grão de bico com agricultores familiares no município – Foto Empaer/MT   

Saúde e repasses

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) repassou ao município 1.675 testes rápidos para detecção do coronavírus e medicamentos para combatê-lo, num total de 72.292 comprimidos, entre azitromicina (8.888), ivermectina (7.111) e dipirona (56.293), também distribuído em gotas, com 1.383 frascos.

Entre 2020 e 2021, o Governo do Estado repassou R$ 24,9 milhões aos cofres municipais em ICMS, IPVA e Fethab; R$ 2,5 milhões em assistência social, transporte escolar e emendas parlamentares entre 2019 e 2020; e R$ 1,113 milhão em fundos de saúde entre 2019, 2020 e 2021.

Economia

Liderado pela produção de algodão, milho e soja, o setor agropecuário, com R$ 269,7 milhões, responde por mais de um terço do Produto Interno Bruto (PIB) Municipal avaliado em R$ 742,8 milhões em 2018, segundo o IBGE.

Serviços (R$ 168,8 milhões), indústria (R$ 146,9 milhões), administração pública (R$ 121,9 milhões) e impostos (R$ 35,3 milhões) fecham a soma. O PIB per capita é R$ 37.922,51.

Em 2019, R$ 74,222 milhões, entre salários e outras remunerações, foram pagos por 462 empresas ou organizações ativas a 2.781 pessoas ocupadas (14,1% da população), das quais 2.308 assalariadas, com média mensal de 2,4 salários mínimos.

Além das commodities, Chapada dos Guimarães produz ainda abacaxi, banana, limão, mamão, manga, melancia, tangerina, tomate, cana-de-açúcar e mandioca.

Na pecuária, detém um rebanho bovino com 139,227 cabeças, das quais 1.379 vacas ordenhadas, com 1.360 milhão de litros de leite; rebanho galináceo, com  173,734 cabeças, das quais 11.096 galinhas com 110 mil dúzias de ovos; além de 7.407 suínos (186 matrizes), 4.491 equinos, 2.938 ovinos, 391 caprinos e uma produção de 56,5 toneladas de peixes em cativeiro e 450 quilos de mel de abelha.

Fonte: GOV MT

Momento +

PL que cria regulamenta a existência de ‘animais comunitários’ em MT é aprovada na Assembleia Legislativa

Publicados

em

Foto: Fernanda Trindade

Foi aprovado na sessão ordinária desta quarta-feira (22), em segunda votação, o Projeto de Lei nº 726/2019 do deputado Ulysses Moraes que estabelece a existência do animal comunitário em Mato Grosso. Serão considerados tutores de um animal comunitário os responsáveis, os tratadores e os membros da comunidade que com ele tenham estabelecido vínculos de afeto e dependência e que se disponham voluntariamente a cuidar e respeitar os direitos desse animal.

“Ficamos muitos felizes com essa aprovação, porque os animais abandonados nas ruas são da nossa responsabilidade. Estamos na luta pela causa animal e esse projeto ajuda também no combate aos maus-tratos. E essa é uma forma de aliviar o problema de animais abandonados no nosso estado”, disse Moraes.

Além disso, a matéria cria casas para o abrigo desses pets. De acordo com a proposta, esses locais terão placas com a identificação ‘Animais Comunitários’. “Para abrigar esses animais, ficará permitida a colocação de casas em vias públicas, escolas públicas e privadas, órgãos públicos e empresas tanto públicas quanto privadas, com a autorização, é claro, do responsável pelo local”, destacou o parlamentar.

Leia Também:  Governo transfere para outubro entrega de máquinas e equipamentos para uso na agricultura familiar

Só o município de Cuiabá, por exemplo, tem mais de 14 mil animais de rua e a quantidade está crescendo com a pandemia. Um balanço da Diretoria de Bem-estar Animal, da Prefeitura de Cuiabá, indica que, em média, 10% dos animais domésticos foram abandonados e perambulam pela cidade. “Por isso, precisamos dar mais atenção a esse problema e a criação dos animais comunitários pode amparar esses cães e gatos abandonados”, afirma o parlamentar.

Vale destacar que os tutores deverão providenciar a identificação dos animais comunitários sob sua responsabilidade. “E para fazer a ideia funcionar, o poder público precisa fazer campanhas de conscientização do projeto, promover orientação técnica aos adotantes, registrar os dados do animal por meio de cadastro informatizado, dentre outros incentivos”, disse o deputado.

Ulysses Moraes está atuando na causa animal desde o início do mandato. O parlamentar tem mais projetos de leis com essa temática e em maio deste ano lançou o disque-denúncia animal. Após o pedido de ajuda de várias organizações não-governamentais (ONGs), o parlamentar criou essa plataforma com o objetivo de fazer a interlocução com os órgãos competentes. “Já fizemos o resgate de um animal e a plataforma está funcionando muito bem no papel de interlocução com os órgãos responsáveis por fazer o resgate. Agora essa aprovação do PL dos animais comunitários já é um grande avanço para o Estado de Mato Grosso”, finalizou o deputado.

Leia Também:  "Vai ter mais serviço, mais renda, tudo vai se encaixar aqui", afirma morador de Lucas do Rio Verde com a 1ª Ferrovia Estadual

Tem denúncia de maus-tratos?

Se você tiver alguma denúncia, o canal de atendimento do disque-denúncia animal é via telefone (65) 99967-8310 ou pelo link: ulyssesmoraes.com.br/resgateanimal. E mesmo com a existência do número, em casos urgentes, as pessoas podem comunicar também à Polícia Militar pelos 190.

Fonte: ALMT

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA