A volta poderá ocorrer a partir de:

  • 10/5 – Centros/escolas de educação infantil, escola de idiomas, escolas técnicas, escolas de música e autoescolas;
  • 18/5 – Estabelecimento de ensino de rede privada;
  • 25/5 – Ensino superior.

Segundo a prefeitura, o pedido para o retorno das atividades partiu dos próprios representantes das instituições. Uma Câmara Temática foi formada para decidir sobre o retorno.
Porém, a instituição de ensino que optar pela volta terá que seguir criteriosamente as exigências do plano estratégico de retomada gradativa e segura das atividades dos estabelecimentos de ensino privado de Sorriso.