Momento +

Copa do Brasil: Athletico paranaense amarga sua quarta derrota cosecutiva na Arena da Baixada ao perder para o Flamengo nesta quarta

Publicados

em

O Flamengo venceu o Athletico-PR nesta quarta-feira, na Arena da Baixada, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

O gol da partida foi marcado por Bruno Henrique, aos 19 minutos de jogo. O time visitante jogou melhor na primeira etapa, chegou ao gol e conseguiu controlar a partida até o intervalo.

No segundo tempo, o Athletico foi para cima e conseguiu pressionar, mas parou na boa marcação adversária e principalmente no jovem goleiro Hugo Souza, que entre outras boas defesas, pegou um pênalti cobrado por Walter.

Com a vitória por 1 a 0, o Flamengo pode se classificar com um empate no jogo de volta, na próxima quarta-feira, no Maracanã.

Em caso de qualquer vitória por um gol de diferença do Athletico-PR no Rio, a decisão será nos pênaltis. O gol fora de casa, assim como nas últimas duas temporadas, não é mais critério de desempate na Copa do Brasil.

Em sua décima partida como profissional do Flamengo, o goleiro de 21 anos novamente foi importante para a equipe rubro-negra. Além de ter feito pelo menos três boas defesas com a bola rolando, o menino pegou pênalti cobrado por Walter aos 31 minutos do segundo tempo, num momento de pressão do Athletico-PR.

Leia Também:  Abílio cita fakes em derrota nas eleições e diz que toda sujeira do Paletó foi encaminhada ao TSE e ninguem tomou as providências

 

 

Otavio Ventureli(da redação com GE)

Momento +

PF deflagra 2ª fase da Operação Seguro Fake para apurar fraudes em benefícios de seguro desemprego cumprindo 16 mandados de busca

Publicados

em

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira, (1/12) a Operação Seguro Fake II, que visa apurar esquema de fraudes ao seguro desemprego, e outros benefícios sociais, no Pará.

Foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 4ª Vara Federal da Seção Judiciária de Belém, a maioria deles relacionados a alvos localizados na cidade de Redenção/PA, sendo um dos  mandados cumprido em Palmas/TO.

A Justiça determinou também a indisponibilidade de bens de quatro alvos, para fins de ressarcimento dos prejuízos causados à Fazenda Pública, que comprovadamente já ultrapassam o valor um milhão de reais.

Os crimes investigados são o estelionato previdenciário (art.171, parágrafo 3, do Código Penal), inserção de dados falsos em sistema de informação (art.313-A do Código Penal) e organização criminosa (art.2, caput, da Lei n° 12850/2013).

 

 

Otavio Ventureli(da redação com ascom)

 

 

Leia Também:  Comitiva do "Vem Ser Mais Solidário" da primeira-dama de MT Dona Virgínia Mendes visita nesta terça(1º/12) aldeias indígenas
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA