Momento +

Covid-19: apenas uma das quatro vacinas em teste no Brasil está no calendário de imunização do Ministério da Saúde a partir de 2021

Publicados

em

Mesmo com quatro vacinas autorizadas para a realização de estudos no Brasil,  apenas a candidata da farmacêutica AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, entrou para o cronograma de imunização contra a covid 19 do Ministério da Saúde.

A pasta apresentou,  nesta quarta(14) o Programa Nacional de Imunização aos secretários de saúde dos estados, que sentiram falta das outras iniciativas não previstas no calendário.

Até o imunizante Coronavac, produção da chinesa Sinovac, tão avançado quanto o britânico e cujo acordo também prevê transferência de tecnologia, ficou de fora.

Fontes ouvidas pelo Correio e que participaram da reunião afirmam que a decisão do governo federal abriu uma nova brecha de discordância com os representantes estaduais, depois de uma breve pacificação dos ânimos trazida pela interlocução do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

A previsão do governo é distribuir 100 milhões de doses da candidata de Oxford ainda no primeiro semestre de 2021; as vacinas devem vir prontas para a aplicação.

Enquanto isso, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) trabalhará na produção de mais imunizantes, já que a parceria prevê a transferência de tecnologia para confecção em território brasileiro. Assim, para o segundo semestre, a expectativa é de distribuir mais 165 milhões de doses.

Leia Também:  Levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Púbica indica que Mato Grosso ocupa o 1º lugar em casos de racismo no ranking nacional

A notícia, apresentada pelo secretário-executivo da pasta, Elcio Franco, foi considerada promissora. Mas não o suficiente para apaziguar a insatisfação sobre a exclusão da Coronavac no Programa Nacional de Imunização. O desconforto começou já na última semana quando, em coletiva de imprensa, o secretário afirmou não ser possível “comprar o que não existe”, se referindo ao imunizante chinês.

 

Otavio Ventureli(de Brasilia)

Momento +

Policial do GOE de Mato Grosso brilha no “Brasileirão” de Jiu-Jitsu em Caieiras SP e é Campeão Brasileiro da modalidade com muito talento

Publicados

em

O policial Leandro Furtado Rezende, lotado na Gerência de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil de Mato Grosso, conquistou o primeiro lugar na categoria Master 4, peso meio pesado, no Campeonato Brasileiro de Jiu-jitsu Esportivo 2020.

O evento nacional ocorreu no fim de semana, em Caieiras, região metropolitana da grande São Paulo (SP), e reuniu atletas competidores de vários estados.

Durante os três dias de torneio, o investigador de polícia demonstrou o seu talento em  artes marciais, derrotando adversários também treinados para disputar o campeonato brasileiro de Jiu-jitsu deste ano.

Leandro Rezende pratica artes marciais na modalidade Jiu-jitsu há 31 anos, sendo que há 22 anos foi batizado na categoria faixa preta.

Condecorado com a medalha de ouro pelo primeiro lugar na categoria Master 4, peso meio pesado, Leandro falou da felicidade pela vitória obtida com dedicação, comprometimento, além do esforço físico e suor. Perdendo na luta final de sete a zero, e faltando apenas 15 segundos, o investigador de polícia finalizou o oponente.

“Iniciei o dia de quinta-feira (22), participando de uma operação policial e trabalhando até as 21 horas na GOE. Na madrugada de sexta-feira(23) embarquei para São Paulo. Consegui algumas horas para descansar e logo às 13 horas fui para a cidade de Caieiras, onde mesmo cansado e ainda exausto, competi saindo como campeão”, completou ele.

Leia Também:  Policial do GOE de Mato Grosso brilha no "Brasileirão" de Jiu-Jitsu em Caieiras SP e é Campeão Brasileiro da modalidade com muito talento

O policial civil agradeceu os colegas da GOE pelo incentivo, em especial ao delegado da unidade Ramiro Mathias Queiroz e o chefe de operação EdCarlos da Silva Campos por acreditar na sua capacidade e, principalmente, por apoiar as participações em campeonatos fora do estado.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com GD)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA