Momento +

Dengue: Boletim da Vigilância Sanitária divulgado esta semana aponta que Mato Grosso já notificou mais de 7000 casos de dengue até março

Publicados

em

De janeiro a março deste ano, Mato Grosso notificou 7.207 casos de dengue, o que representa uma redução de 70,4%, se comparado ao primeiro trimestre de 2020, quando foram registradas 24.373 ocorrências da doença.

No mesmo período de 2021, foram confirmados quatro óbitos e outros dois seguem em investigação. No ano passado, foram 13 mortes.

Os dados constam em novo boletim epidemiológico da Superintendência de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde, divulgado no início desta semana.

Segundo o informe, 34 dos 141 municípios mato-grossenses apresentam alto risco de contaminação para a dengue, arbovirose urbana provocada pelo mosquito Aedes aegypti assim como a zika e a chikungunya.

Nessa lista estão Chapada dos Guimarães, Nova Brasilândia, Glória d’Oeste, Indiavaí, Mirassol d’Oeste, Gaúcha do Norte, Alta Floresta, Paranaíta, Confresa, Campo Verde, Dom Aquino, Juscimeira, Araguaiana, Novo São Joaquim, Juína, Tabaporã, Conquista, Figueirópolis d’Oeste, Jauru, Nova Lacerda, Cláudia, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Nova Mutum, Nova Ubiratã, Santa Carmem, Sorriso, União do Sul, Colíder, Itaúba, Marcelândia, Nova Canaã do Norte, Nova Guarita e Nova Santa Helena.

Leia Também:  Novos papiloscopistas da Politec iniciam curso de formação para o desempenho das atribuições

Em Cuiabá, são 154 casos, com uma incidência de 25,4 por 100 mil habitantes, o que deixa a Capital com baixo risco de contaminação para a dengue.

Em Várzea Grande, são 25 registros, em Rondonópolis são 134 casos e, em Sinop, 289 notificações.

Já quanto à zika, o Estado apresenta baixo risco com 62 registros do agravo contabilizados até o momento. O mesmo cenário se repete em relação a chikungunya com 77 casos.

Conforme a Superintendência de Vigilância em Saúde, essas doenças são de notificação compulsória e todos os casos suspeitos e óbitos devem ser notificados e investigados, bem como comunicados imediatamente à Secretaria de Saúde em até 24 horas, para acompanhamento e auxílio na conduta dos casos.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Momento +

Espaço Cidadania da ALMT mantém atendimento suspenso devido à situação epidemiológica atual

Publicados

em

Quando retomados, os atendimentos presenciais serão realizados mediante agendamento prévio

Foto: Ronaldo Mazza

Como forma preventiva no enfrentamento da situação epidemiológica atual, os atendimentos e agendamentos para serviços disponibilizados pelo Espaço Cidadania da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) seguem suspensos. Segundo a ouvidora-geral da Assembleia Legislativa, Uecileny Fernandes, a Leninha, a medida é temporária e leva em consideração o aumento da média móvel de casos da covid-19 no país e na cidade, bem como o surto de gripe ocasionado pelo vírus Influenza. “Logo que possível os atendimentos serão retomados mediante agendamento prévio”, adiantou.

A decisão, ela explica, foi tomada pensando no bem-estar e na saúde dos cidadãos e dos servidores da Casa. “O sistema de saúde tem enfrentado novamente uma superlotação, sendo assim, a suspensão dos atendimentos é necessária para ajudar conter a disseminação destas doenças”, avalia.

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso havia retomado os atendimentos ao público no Espaço Cidadania em outubro do ano passado, com restrições de acesso e cumprindo protocolos de biossegurança. O setor conta com posto da Politec, para confecção de carteiras de identidade, além da Defensoria Pública, do Procon e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT). Para todos eles o atendimento vinha sendo realizado mediante agendamento prévio. “Assim que forem retomados os atendimentos presencias essa medida ainda será mantida”, adiantou a ouvidora-geral. O uso de máscaras e o distanciamento social também deverão ser observados. “O objetivo é garantir a organização e o respeito às medidas de biossegurança necessárias para evitar a proliferação dos vírus”.

Leia Também:  Rotam prende homem com caminhão furtado na Capital

O único serviço disponível é a entrega dos documentos que já estão prontos. Para isso basta comparecer com comprovante em mãos para retirada dos mesmos.

Agendamentos Espaço Cidadania – Conforme estabelece a Resolução Administrativa nº 48/2021, os atendimentos ao público externo ocorrerão das 7h às 17h. No caso da confecção de carteira de identidade e Defensoria Pública, o agendamento deve ser feito pelo telefone (65) 3313-6529, com limite de até 100 atendimentos diários. Os interessados nos serviços do Procon devem ligar para (65) 3313-6528. Para o Detran, o agendamento deve ser feito pelo site oficial do órgão, para acessar clique aqui.

Para mais informações para sobre os serviços oferecidos e documentos necessários para emissão de RG clique aqui.

Fonte: ALMT

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA