Momento +

Deputado cobra transparência em processo seletivo da Seduc

Publicados

em

Foto: Ronaldo Mazza

No cumprimento da missão de fiscalizar os atos do Poder Executivo, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) protocolou ofício na Secretaria de Educação de Mato Grosso (Seduc), no dia 26 de janeiro, para que seja esclarecida a falta de transparência nos trâmites de chamamento dos aprovados no processo seletivo simplificado, conforme edital de n.° 08/2021, para contratações temporárias com diferentes cargos.

O parlamentar reivindica que a pasta divulgue a convocação dos classificados para as reuniões junto às Diretorias Regionais de Ensino (DRE), bem como os  respectivos resultados nos sítios eletrônicos oficiais da gestão estadual, para que os interessados possam acompanhar a tramitação, com a devida publicidade e transparência que exigem todos os atos públicos.

“Esse nosso pedido deve-se ao comunicado no site da Seduc, em que os classificados são informados somente através dos e-mails cadastrados na inscrição do seletivo, com o envio dos links para as reuniões onde serão ofertadas as aulas e cargos disponíveis para a contratação temporária. Isso inviabiliza o acesso aos demais aprovados do processo seletivo. É preciso transparência total para todos os interessados”, afirma Claudinei.

Leia Também:  Susto no Rio: Jogador do Fluminense Felipe Mélo e família são assaltados por bandidos na Av. Brasil minutos após deixar o Maracanã

Ele espera ter um posicionamento urgente por parte da Seduc, pois há muitos aprovados que estão preocupados com essa situação. “Esperamos que seja respeitada a ordem classificatória do processo seletivo da Seduc. Tem algumas informações desencontradas e está faltando transparência, por isso precisamos ter uma resposta rápida deste processo seletivo”, diz o deputado.

Processo – A Seduc promoveu o processo seletivo n° 08/2021, no período de 30 de outubro a 23 de novembro de 2021, para formar cadastro de reserva para vários cargos temporários – de níveis fundamental, médio e superior – a serem efetivados em 2022.

Fonte: ALMT

Momento +

Grupos de pais, crianças e adolescentes participam dinâmicas que tratam dos problemas sociais

Publicados

em

A ação faz parte do programa de atendimento às famílias em estado de vulnerabilidade social e integra os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Município.

Por Kátia Passos
Da Secom-VG
Com o intuito de promover o debate sobre caminhos e soluções para a construção de uma sociedade melhor, mais justa e humana, técnicas de referência e orientadoras da Secretaria Municipal de Assistência Social de Várzea Grande trabalharam, neste mês de junho, rodas de conversa e dinâmicas sobre a preservação do meio ambiente, o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, além do trabalho infantil. A ação é voltada aos grupos de pais, crianças e adolescentes que integram os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

O trabalho visa envolver os pais, que participam de palestras e rodas de conversa. Já as crianças, que também participam dos diálogos, se envolvem nas dinâmicas como pinturas e brincadeiras, destacando os temas de forma singular e de fácil entendimento, valendo-se de linguagem acessível à cada faixa etária. “O objetivo deste trabalho é chamar a atenção da população para as questões que afetam toda sociedade, promovendo a conscientização sobre tais problemas”, pontuou a secretária Municipal de Assistência Social, Ana Cristina Vieira.

Leia Também:  Comissão de ética da Câmara de Vereadores de Cuiabá esteve reunida na manhã desta segunda tratando do caso Paccola

De acordo com a gestora, os temas estão vinculados diretamente às datas alusivas ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado no último dia 18 de maio; Meio Ambiente, comemorado no dia 05 de junho; e do Combate ao Trabalho Infantil, dia 12 deste mês. Ana Cristina explica que cada Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) tem a liberdade de tratar de um tema específico e, a partir daí, elaborar seu cronograma de atuação e a sua dinâmica, incluindo palestras, rodas de diálogo, plantio de árvores, jogos e brincadeiras.

No CRAS da unidade São Mateus, por exemplo, as orientadoras realizaram rodas de conversa e diversas dinâmicas no sentido de alertar às crianças sobre a necessidade de estarem atentas sobre qualquer situação que envolva toques em partes do seu corpo. Já na unidade do bairro Jardim Glória, as orientadoras, além da acolhida e roda de conversa, aplicaram atividades como caça-palavras, pintura da flor símbolo do programa ‘FAÇA BONITO’, de combate ao abuso de exploração sexual de menores de idade. Além disso, estão promovendo uma dinâmica do “diga sim” para palavras como: respeito, direito, proteção, liberdade e confiança.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre prisão de homem investigado por agredir a esposa em Rondonópolis

“O Município tem um Rede de Proteção atuante nas questões que envolvem a violência contra a mulher, idoso e a criança. As ações desenvolvidas pelo Conselho Tutelar, aliado aos trabalhos promovidos nos bairros por meio dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, além da atuação das escolas com dinâmicas e palestras sobre temas importantes, fazem da nossa Rede uma teia de resistência às mazelas que assolam nossa sociedade”, apontou a primeira-dama, Kika Dorilêo Baracat, ao concluir que diante de tantos problemas sociais existentes no Brasil, só a união de esforços é capaz de romper esses estigmas.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI