Momento +

Deputado que gravou reunião do PSL queria “blindar” Bolsonaro

Publicados

em

Daniel Sliveira falando ao microfone da Câmara dos Deputados arrow-options
Câmara dos Deputados

Daniel Silveira se “infiltrou” em reunião para “blindar” o presidente Jair Bolsonaro

O deputado e ex-policial militar Daniel Silveira  (PSL-RJ) admitiu que gravou a reunião da bancada do PSL em que o líder do partido, Delegado Waldir (GO), chama o presidente Jair Bolsonaro  de “vagabundo” e fala que vai “implodir o presidente”. Ao jornal O Estado de São Paulo , Silveira disse que tinha o “blindar” Bolsonaro na guerra declarada contra o presidente do PSL, deputado Luciano Bivar (PE).

Segundo o parlamentar, a estratégia foi pensada em reunião de Bolsonaro com 20 deputados da qual participou nesta quarta-feira (16) no Palácio do Planalto. A ideia era montar um plano de infiltração no grupo de parlamentares ligados a Bivar.

Leia também: Líder do PSL diz que vai implodir Bolsonaro: “Sou o mais fiel a esse vagabundo”

Para conseguir fazer a gravação, Silveira e outros dois deputados foram para a reunião no gabinete da liderança do PSL. Ele convenceu que do lado de Waldir ao assinar a lista na qual era pedido que o parlamentar continuasse na liderança do governo na Câmara. Após gravar a conversa, Silveira voltou ao Planalto e mostrou a Bolsonaro a gravação. “Ele ficou p… da vida”, disse Silveira.

Leia Também:  Policia holandesa prendeu neste domingo(24) o chefão da "The Company" que movimenta 380 bilhões de reais por ano no tráfico de drogas

Ex-membro da PM, Silveira tem experiência em trabalhar disfarçado. Ele já trabalhou na área do Serviço de Inteligência, unidade especializada em atuar disfarçado em organizações criminosas.

Propaganda

Momento +

Polícia encontra homem de 35 anos na rodovia dos Imigrantes em MT sequestrado e feito refém desde a última sexta-feira por três bandidos

Publicados

em

Um homem de 35 anos foi liberado de um cativeiro após 3 dias refém de dois bandidos, na região da Rodovia dos Imigrantes, em Várzea Grande, na noite desta segunda-feira (25).

A Vítima contou que durante o tempo que ficou em posse dos bandidos, ouvia conversas sobre roubos de caminhonete. O carro dele também foi recuperado.

De acordo com as informações, por volta das 22h45, polícia foi acionada assim que a vítima começou a pedir ajuda na rodovia. Quando chegaram, o rapaz contou que foi abordado na madrugada de sexta-feira (22), por dois bandidos armados.

Eles tomaram seu dinheiro, aliança, carteira com documentos e o veículo, um Fiat Toro. Depois, ele foi amarrado e levado para uma casa não identificada, onde ficou o tempo todo vendado.

Durante o tempo que ficou refém, ouviu os bandidos conversando com “Moranguinho” e “Laranjinha”, sobre roubos de caminhonetes. Mas, sem saber o motivo, acabou sendo liberado na noite desta segunda-feira na rodovia.

O caso foi registrado pela PM e será encaminhado para a Polícia Civil. O veículo também foi abandonado pelos bandidos e entregue à vítima, já que não consta nenhum registro contra.

Leia Também:  Gilberto Figueiredo afirma que funcionários públicos flagrados furando fila para tomar vacina contra a Covid 19 poderão ser afastados

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA