Momento +

Ecoarts Amazônia promove projeto Floresta de Alimentos no Mato Grosso

Publicados

em

PLANTAÇÃO DE MATRIZES FRUTÍFERAS COM RISCO DE EXTINÇÃO EM PARQUES, ESCOLAS E ÁREAS PÚBLICAS DO MUNICÍPIO DE SINOP RESGATARÃO MAIS DE 70 TONELADAS DE CO2 EM 20 ANOS.

Também conhecido como gás carbônico, o dióxido de carbono, o famoso CO2, é um composto químico gasoso, um do gases que pode desequilibrar o efeito estufa. Essencial para a vida no planeta (pois é um dos principais compostos usados para a fotossíntese), o carbono é encontrado na atmosfera na forma de dióxido de carbono. Por outro lado, vários organismos liberam CO2 para a atmosfera mediante o processo de respiração, inclusive as plantas e árvores (conhecidas como compensadoras de CO2) que, em condições de calor e seca, fecham seus poros para impedir a perda de água e mudam para o processo de respiração noturno, denominado de fotorrespiração, ou seja, consomem oxigênio e produzem dióxido de carbono.

Fonte:https://www.ecycle.com.br/

 

 

Nos dias 24 e 25 de janeiro de 2020 na cidade de Sinop no Mato Grosso, iniciará o projeto Floresta de alimentos, pioneiro na restauração florestal com o plantio de arvores frutíferas amazônicas com risco de extinção.

Leia Também:  Prefeito Kalil Baracat aproveita o Dia do Estudante nesta quinta(11) para visitar obras em Várzea Grande MT

Nesta primeira fase, serão 300 frutíferas que serão monitoradas com pesquisa cientifica e tecnológica, através de parceria com a universidade local e EMBRAPA Agrosilvipastoril.

O projeto Floresta de Alimentos visa criar unidades de restauração florestal em cidades, áreas rurais e comunidades tradicionais e indígenas dentro da Amazônia Brasileira. O objetivo é evitar a erosão genética promovendo a propagação das espécies, a biodiversidade e a recuperação ambiental.

Árvores  como Bacuri, Muruci e Camu, num rol de 14 espécies que se encontram em risco de extinção, serão monitoradas através de tecnologia QR code, que permite o acompanhamento do desenvolvimento da muda.

Os cidadãos poderão através do celular se informar sobre a planta, compartilhar dados ajudando, assim  na sua conversação. “O estado do Mato Grosso é o nosso lar, e dali atuamos para implantar e multiplicar ações de preservação, recuperação e educação ambiental em cidades, áreas rurais e comunidades tradicionais e indígenas dentro do perímetro da Amazônia Legal. Nossa visão de preservação é sistêmica e integrada e nossa rede de parceiros inclui governos, produtores rurais, ONGs, instituições públicas e privadas e a população local.” Diz Marcia Martins, co-fundadora da entidade.

Leia Também:  MP aciona envolvidos em contratação de cooperados fantasmas em Sorriso

Fotos: Arquivo Internet

Texto: Aline Viana

Momento +

Assaltante que levou malotes de dinheiro da Caixa do Boa Esperança em Cuiabá é morto a tiros na Bolívia

Publicados

em

A Polícia da cidade de San Matías, na Bolívia, investiga e tenta localizar criminosos que mataram  o  cuiabano Vinicius Bernardinelli Dacache, de 36 anos, assassinado com 11 tiros  na última quarta-feira (12).

Em 2006, ele foi condenado a 16 anos e oito meses de prisão por envolvimento em um roubo na agência da Caixa Econômica Federal ocorrido no dia 4 de junho do ano anterior.

Na ocasião, foram roubados R$ 195 mil de malotes que chegavam à agência, localizada no bairro Boa Esperança.

Vinicius também já havia sido preso por roubo em Tangará da Serra MT.

De acordo com informações de sites locais da Bolívia, Vinicius atuava no ramo de tratores e máquinas e três dos tiros foram na cabeça dele.

Consta ainda que ele não estava com o celular ou as chaves de um carro que estava próximo ao corpo dele.

Os familiares do foragido da Justiça foram até San Matias e realizaram o translado do corpo dele para Cuiabá.

Leia Também:  Enxugar gelo: Mauro Mendes pede ao Congresso leis mais rígidas para combater o Estado Paralelo do crime organizado

O sepultamento dele aconteceu na manhã desta sexta-feira (12). Ainda conforme informações locais, não foram identificados os responsáveis pela morte de Vinicius.

 

Otavio Ventureli(da redação com hiper)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI