Momento +

Em jogo de dois tempos distintos Fortaleza e Atlético GO empataram em 0 x 0 na noite deste domingo na Arena Castelão

Publicados

em

Em jogo de dois tempos distintos, Fortaleza e Atlético-GO empataram sem gols na noite deste domingo (4) na Arena Castelão, em jogo válido pela 13ª rodada do Brasileirão.

Depois de uma primeira etapa sem emoções, o Tricolor dominou nos 45 minutos finais e chegou a ter um gol anulado pelo VAR. Apesar do maior volume no ataque, o Leão não conseguiu balançar as redes de Jean e não evitou o empate jogando em casa.

Zero emoção. Os 45 minutos iniciais foram muito movimentados, mas sem efetividade ou perigo real. Com bastante obediência tática, os times recuavam muito as linhas quando não estavam com a bola e pouco arriscaram no ataque. A melhor chance veio apenas ao 20 minutos, em cabeçada de Paulão defendida por Jean.

O Atlético-GO tentou infiltrar com Chico e Ferrareis, sem sucesso. Aos 40 minutos, na bola parada, David finalizou e o goleiro do Dragão deu a sobra, mas a zaga goiana impediu que o Fortaleza abrisse o placar.

As emoções ficaram reservadas para o segundo tempo. Com domínio maciço do Fortaleza, Romarinho carimbou a trave aos três minutos. Aos 10, David finalizou e bola poderia ter entrado se não fosse o desvio com a ponta dos dedos de Jean.

Leia Também:  Copa do Brasil: Athletico paranaense amarga sua quarta derrota cosecutiva na Arena da Baixada ao perder para o Flamengo nesta quarta

O gol saiu aos 17 minutos: após bate-rebate na área, Tinga estufou as redes, mas o VAR anulou após toque no braço de Carlinhos. O Tricolor tentou e investiu em substituições ofensivas: WP9, Fragapane e Osvaldo entraram. Ao Atlético-GO, restou se fechar na defesa.

Com maior volume, faltou capricho na última bola ao Leão. Nos acréscimos, Matheuzinho mandou uma bola rasteira tirando tinta do gol de Felipe Alves, e no último minuto, Wellington Paulista mandou um voleio por cima da meta de Jean. Apesar das tentativas, o placar permaneceu inalterado.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com GE)

 

Momento +

Até o inicio da noite desta quinta(29) foram notificados 143.047 casos confirmados de Covid 19 em Mato Grosso segundo Secretaria de Saúde

Publicados

em

Mato Grosso ultrapassou 143 mil casos de Covid-19 no inicio da noite desta quinta-feira (29). A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) informou que foram notificados 143.047 casos confirmados da doença, sendo registrados 3.841 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 701 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 143.047 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 5.389 estão em isolamento domiciliar e 133.333 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 151 internações em UTIs públicas e 136 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 37,47% para UTIs adulto e em 16% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios do Estado com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (29.054), Rondonópolis (10.593), Várzea Grande (10.027), Sinop (7.097), Sorriso (6.329), Lucas do Rio Verde (5.886), Tangará da Serra (5.684), Primavera do Leste (4.940), Cáceres (3.471) e Campo Novo do Parecis (2.887).

O documento ainda aponta que um total de 115.258 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 586 amostras em análise laboratorial.

Leia Também:  Alegando ser "empresário, pessoa íntegra e de bons antecendentes" ex-mister Cuiabá que aprontou "bafão" em Boate pede liberdade

Cenário nacional

Na última quarta-feira (28), o Governo Federal confirmou o total de 5.468.270 casos da Covid-19 no Brasil e 158.456 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 5.439.641 casos da Covid-19 no Brasil e 157.946 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de quinta-feira (29).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

Leia Também:  Presidente Bolsonaro revoga Decreto de uma possível privatização do SUS que estaria na mira de programa de privatização do Governo

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com ascom)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA