Momento +

Em pronunciamento à Nação Presidente do TSE afirma que o “vírus” das Fake news nas eleições é “capaz de comprometer, a própria democracia”

Publicados

em

Na véspera do início da campanha eleitoral, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso(foto), pediu aos 148 milhões eleitores brasileiros cuidados para evitar a contaminação por covid-19 e disse que existe um “outro vírus que ronda as eleições”.

“Trata-se das notícias falsas, das campanhas de desinformação e de difamação”, disse Barroso, em pronunciamento transmitido na rede nacional de televisão e rádio na noite deste sábado(26)

Segundo Barroso, o “vírus” das fake news é “capaz de comprometer, não a saúde pública, mas a própria democracia”. “Uma causa que precise de mentiras, de ódio ou de agressões não pode ser boa. Pense nisso. Não faça aos outros o que não gostaria que fizessem com você. O mal faz mal mesmo é a quem o pratica”, disse o ministro, que também integra o Supremo Tribunal Federal (STF).

O presidente do TSE reforçou a importância dos cuidados com a saúde nos dias de votação – 15 de novembro, em todo o País, e 29 de novembro nas cidades em que houver segundo turno. “Sempre que possível lave as mãos ou utilize álcool gel após ter contato com alguém ou com algum objeto”, disse.

Leia Também:  Ministério da Justiça, Governo de MT e Força Nacional, lamentam morte de piloto do helicóptero que caiu no Pantanal transferido para o Rio

“A principal forma de transmissão da doença ocorre quando uma pessoa fala ou respira próxima da outra. Por essa razão, as recomendações mais importantes são: evitar aglomerações, manter distância mínima de um metro das outras pessoas e sempre utilizar máscara”, acrescentou.

Barroso também defendeu evitar a distribuição de material impresso e recomendou que as reuniões sejam feitas em lugares abertos.

Em tempos de polarização, o ministro disse que é necessário fazer uma campanha com debate público de qualidade, mas sem deixar de lado o respeito e consideração pelas pessoas e por suas ideias. “Mesmo que diferentes das nossas.”

 

 

Otavio Ventureli(de Brasilia)

Momento +

Polícia Civil de MT intensifica investigações para esclarecer o desaparecimento de estudante de direto ocorrido em maio deste ano

Publicados

em

O Núcleo de Pessoas Desaparecidas, da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), de Cuiabá, cumpriu dois mandados de busca e apreensão domiciliar na manhã desta quarta-feira (28), para esclarecer o desparecimento da estudante de Direito, Lucimar Fernandes Aragão de 40 anos(em destaque na foto), ocorrido em maio deste ano. Ela foi vista pela última vez com o namorado, que é o principal suspeito.

Os dois mandados de busca e apreensão domiciliar tinham como alvos duas residências de propriedade do principal suspeito (namorado) do desaparecimento da vítima. Uma casa está localizada no bairro Parque Geórgia, na Capital, e a outra situada na Cohab Cristo Rei, em Várzea Grande.

Conforme o delegado da DHPP, Anderson Veiga, que conduz as investigações, a ação é apenas umas das diligências que estão sendo realizadas pelos policiais civis para esclarecer o desaparecimento.

“Nos imóveis foram apreendidos objetos que serão analisados e submetidos a perícia. O trabalho investigativo prossegue de forma interrupta no sentido de localizar a desaparecida, a qual acredita-se que esteja morta e o cadáver ocultado”.

Leia Também:  ex-Presidente da Aprosoja classifica de "uma arbitrariedade tremenda" decisão da atual Presidência de impedir reunião

Desaparecimento

Lucimar desapareceu no mês de maio e somente no dia 10 de agosto, a mãe da vítima procurou a polícia em razão da filha estar um pouco afastada da família.

A comunicante informou que desde maio não falava com a filha, que estava com o celular desligado. A mãe foi até a residência de Lucimar e encontrou a casa e o carro dela com aspecto de abandono.

Na ocasião, ela conseguiu informação da casa onde sua filha estava morando com o namorado. No endereço do namorado, ele foi perguntado sobre o paradeiro de Lucimar, informando que teve uma briga com a namorada e ela teria sumido.

Ainda de acordo com algumas testemunhas, por diversas vezes o casal foi avistado brigando.

 

 

Otavio Ventureli(com ascom)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA