Momento +

Fogo que atinge Parque Estadual Encontro das Águas em Porto Jofre no Pantanal de Mato Grosso já destruiu cerca de 85% da área

Publicados

em

O fogo que atingiu o Parque Estadual Encontro das Águas, localizado na região de Porto Jofre, na cidade de Poconé ,em Mato Grosso, destruiu 85% do parque.

Segundo o Instituto Centro Vida (ICV), os incêndios destruíram uma área de 92 mil hectares do parque, que tem 108 mil hectares.

Em  vídeo divulgado pelo instituto, é possível visualizar como as áreas do Parque Encontro das Águas foram e estão sendo afetadas pelos incêndios.

Ainda não se sabe quantos animais já morreram em consequência dos incêndios. O governo decretou situação de emergência em Mato Grosso por causa dos incêndios florestais O decreto irá valer por 90 dias, podendo ser prorrogado.

O incêndio, que começou há semanas, era combatido por funcionários de pousadas e moradores locais e na semana passada foi combatido por bombeiros.

Ela foi resgatada e transferida para o Instituto de Preservação e Defesa dos Felídeos da Fauna Silvestre do Brasil em Processo de Extinção (NEX), em Corumbá de Goiás, na região nordeste do estado. Outra onça pintada adulta foi resgatada na região de Porto Jofre com ferimentos e sinais de queimaduras na ultima sexta-feira(11). Diversos outros animais também já foram resgatados e medicados. Muitos não resistiram e morreram.

Leia Também:  Sem o zagueiro Benvenuto Botafogo viaja para Goiânia para enfrentar neste domingo(27) o Atlético GO pela 12ª rodada do Brasileirão

O Parque Estadual Encontro das Águas fica no encontro dos rios Cuiabá e Piquiri, na região de Porto Jofre, entre Poconé e Barão de Melgaço, municípios a 104 e 121 km de Cuiabá. A reserva tem 108 mil hectares onde é possível ver a exuberância do Pantanal bem de perto.

O melhor período para observar a onça é entre julho e final de setembro, período da seca. Nesses meses as onças ficam mais próximas das margens dos rios em busca de água e caça, então, é mais fácil de deparar com o animal.

Otavio Ventureli(da redação)

Momento +

Com a expulsão de Zé Gabriel no inicio do segundo tempo Inter consegue segurar empate contra o São Paulo neste sábado no Beira-Rio

Publicados

em

Inter e São Paulo empataram por 1 a 1 na noite deste sábado(26), no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Colorado saiu na frente, com gol de Galhardo, mas o Tricolor empatou na sequência com Luciano. Os gols foram na etapa inicial.

No segundo tempo, com a expulsão de Zé Gabriel, o jogo virou ataque do São Paulo contra defesa do Inter. Mas os donos da casa conseguiram se segurar, ao mesmo tempo que faltou competência ao time visitante para fazer valer a superioridade numérica.

Inter e São Paulo começaram a partida com muita intensidade. Logo aos dois minutos, o Tricolor, sem aprender com os erros diante da LDU, no meio de semana, errou na saída de bola com Daniel Alves. Galhardo, o artilheiro do Brasileirão, cabeceou após cruzamento da direita, e Volpi defendeu.

O lance, porém, não valeria. Foi marcado impedimento. Aos poucos, o Colorado foi chegando até abrir o placar, aos 19. Moisés acertou lindo cruzamento na cabeça de Galhardo. O atacante subiu entre os zagueiros são-paulinos e cabeceou, sem chance para Volpi.

Leia Também:  Pura maldade: Casal que matou idoso de 81 anos para roubar um televisor de 32 polegadas confessa crime é preso pela PC e colocado no cadeião

Num primeiro momento, o São Paulo sentiu o gol e pareceu assustado em campo. Mas logo se reencontrou e, aos 25, após cobrança de falta de Reinaldo, Pablo desviou, e Luciano, oportunista, empatou em toque na pequena área. Depois de um período do jogo sem criatividade, o São Paulo volto a levar perigo com Pablo, mas o atacante errou o arremate. O Inter, por sua vez, tentou encaixar contra-ataques. Sem sucesso.

A segunda etapa começou com grande chance desperdiçada pelo São Paulo. Após boa troca de passes entre Reinaldo e Luciano, o atacante achou Tchê Tchê em boa condição. Mas o volante parou na boa defesa de Marcelo Lomba. Com maior volume de jogo, o Tricolor chegou bem de novo aos dez, mas Brenner cabeceou fraco demais o cruzamento de Reinaldo.

O Inter, que já encontrava dificuldade no jogo, ficou em pior condição aos 14 minutos, quando Zé Gabriel levou cartão vermelho por falta dura em Igor Gomes. Nos minutos seguintes à expulsão, o Tricolor teve duas boas chances. Ambas desperdiçadas. Aos 18, Tchê Tchê chutou por cima do gol de fora da área. E, aos 21, em falta perigosa, Daniel Alves mandou na barreira.

Leia Também:  Trio heróico da PM de MT salva bebê sufocado por leite materno diante do desespero da mãe que chora até os policiais terminarem a ação . Bravura!

Sem conseguir atacar com perigo, o Inter passou a se fechar na defesa para segurar o empate. E o São Paulo, sem criatividade, não conseguiu fazer valer a superioridade numérica. Nos acréscimos na base da pressão, Marcelo Lomba salvou o Inter da derrota ao fazer grande defesa em cabeçada de Daniel Alves.

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA